Batistão ganha mais segurança no dia do seu 35º aniversário

0

Um sonho que nasceu na Secretaria da Juventude e Esporte, na gestão Vovô Monteiro foi transformado em realidade na manhã desta sexta-feira (09). A criação de um batalhão para dar mais segurança ao estádio Lourival Batista. No dia em que comemorou o seu 35º aniversário, foi inaugurado naquela praça de esporte uma unidade do BESP – Batalhão Especial de Segurança Patrimonial, que tem à frente o Cel. José Tadeu Cruz. Segundo o Cel. Tadeu Cruz. A vinda do BESP para o Batistão é resultante de um contrato de comodato,firmado entre a Policia Militar do Estado de Sergipe e o governo do Estado, através da Secretaria da Juventude e do Esporte, que cede as instalações pelo período de 10 anos. Para o vereador Vovô Monteiro, ex-secretário da Juventude e do Esporte, o BESP no Batistão vem resolver um antigo problema de segurança daquela praça de esportes. “O problema era grave, junto com o Cel. Tadeu Cruz viabilizamos a solução com a instalação do BESP. Quero aqui publicamente, parabenizar a atuação de Tadeu Cruz, que com seu prestígio e conhecimentos, consegui em tempo recorde dotar as instalações do BESP de todo o material necessário ao seu funcionamento”, elogiou Vovô Monteiro. OBJETIVOS Com modernas instalações e um efetivo de quase 200 homens, a unidade militar terá como prioridade garantir a segurança do patrimônio do complexo esportivo, incluindo o ginásio Constâncio Vieira e o Parque Aquático. Além disso, os PMs vão melhorar a segurança da região adjacente à praça esportiva, atendendo a uma antiga reivindicação dos moradores, que vinham reclamando principalmente de assaltos, arrombamentos e furto de veículos. A solenidade foi aberta pelo comandante geral da Policia Militar, coronel Claudemir Mendonça, que estava acompanhado do chefe do Policiamento Militar da capital, coronel Gilson Vicente e do comandante do BESP, tenente-coronel Tadeu Cruz, além de oficiais e praças do Batalhão. “Hoje, o Batistão está completando 35 anos, e estou feliz em ver os policiais aqui 24 horas. Somente este ano, as Federações de Futebol de Areia, Handebol e Ciclismo foram arrombadas. As pessoas tinham medo de vir aqui. Com a presença dos PMs as federações estão tendo tranqüilidade para trabalhar”, disse Gualter Prudente, presidente da Federação Sergipana de Vôlei. O comandante da Polícia Militar informou durante a solenidade que os policiais permanecerão na região em regime de 24 horas, e farão rondas nas imediações de todo o complexo, além de atender aos moradores em situação de emergência.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais