Ciclistas abrem festejos de aniversário de Aracaju

0

Cerca de 2,5 mil ciclistas parabenizam Aracaju com passeio (Fotos: Cássia Santana/Portal Infonet)

A idade e o tamanho da bicicleta ficaram em segundo plano. Cerca de 2,5 mil ciclistas abriram neste domingo, 8, as comemorações alusivas ao 160º aniversário de Aracaju. O passeio ciclístico foi iniciado na Colina do Santo Antonio, e encerrado no Parque da Sementeira, em Aracaju, também com uma atenção às mulheres em decorrência da data dedicada ao Dia Internacional da Mulher.

O grupo entrou em sintonia e percorreu sem transtornos os 11 km utilizando bicicleta de variados tamanhos e modelos. O passeio ciclístico foi iniciado às 8h30 e teve duração exata de uma hora e dez minutos, segundo cálculos do capitão J. Luiz Ferreira, diretor de trânsito da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito da capital (SMTT). “Foi um passeio muito tranquilo, sem ocorrências, com vários pontos de hidratação”, enfatizou o capitão, ao final do percurso.

No Parque da Sementeira, a Prefeitura de Aracaju sorteou onze bicicletas e dois kits, contendo equipamentos de segurança utilizados por ciclistas profissionais. Segundo o capitão, a participação da mulher neste passeio foi marcante, com algo em torno de 40% dos cerca de 2,5 mil participantes.

Lucas Vinícius: percurso sem cansaço

Lucas Lopes: incentivo ao esporte

A criançada também aderiu. Alguns pegaram carona com o pai, mas outras optaram por pedalar mesmo e concluir todo o percurso, sem demonstrar cansaço. “Foi muito bom, gostei muito e não estou cansado”, reagiu Lucas Vinícius dos Santos, com 11 anos, sinalizando positivamente que não parou de pedalar no trajeto.

O passeio foi organizado pela SMTT com apoio de alguns segmentos da iniciativa privada, e contou com equipes de suporte do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e da Guarda Municipal, com 20 agentes de trânsito da SMTT, 12 motocicletas e outas cinco viaturas. “Isto representa o incentivo da prefeitura a este esporte que cada vez mais cresce no Estado de Sergipe”, analisou o jovem Lucas Lopes, 23, um dos participantes do passeio. “É uma maneira de fazer com que os jovens não caiam na dependência de drogas”, ressaltou.

Por Cássia Santana

Comentários