Paulista afunda a FPF, o juiz e o Verdão na lama

0

A culpa foi de quem? Do artilheiro do amor, Vágner Love, que ficou nas baladas da vida e não cuidou direito da contusão? Do técnico Jair Picerni, o homem especialista em vices e em querer bater em jornalistas? Ou do presidente Mustafá Contursi, insistindo na política do “bom e barato”, optando por um time sem estrelas? De qualquer jeito, o Paulista de Jundiaí chegou à final do Paulistão-2004 contra o São Caetano empatando no tempo normal por 3 a 3 e vencendo nos pênaltis por 4 a 3, em Araras. Resultado justíssimo. Principalmente pelo terceiro gol palestrino ter saído depois de quatro minutos de descontos, com Pedrinho, cobrando falta. Como diria Arnaldo Cézar Coelho, da Globo, “a regra é clara”: o juizão não deveria nem deixar bater a falta. O técnico Zetti “matou” qualquer iniciativa do nervoso Picerni. De cara, saíram 2 a 0 (gols de Galego e João Paulo). O Verdinho foi para frente e criou uma série de oportunidades, todas acabando nas mãos do goleirão Márcio (ainda do São Paulo), o conhecido “Homem Mola”. No finalzinho, Vágner Love fez o dele. Na etapa derradeira, Jair mandou a equipe para o “pau”. Love, Lúcio, Pedrinho e outros perdiam gols atrás de gols. Em um contra-ataque, o Paulista alcançou 3 a 1 (gol de Davi). E o Palmeiras já estava com um jogador a menos (Correa). Depois perdeu Magrão, enquanto Davi era expulso, mas chegou ao empate: Elson, de pênalti, e Pedrinho, de falta. Na loteria dos penais, Paulista na cabeça. Os “grandes” de São Paulo foram uma decepção no Paulistão-2004. O Corinthians caiu na fase classificatória (quase terminou rebaixado); o São Paulo tropeçou nas quartas-de-final; Santos e Palmeiras voaram nas semifinais. A Federação Paulista de Futebol precisa rever vários conceitos. Alguma coisa está errada. No Rio, o Cariocão-2004 será disputado entre Vasco e Flamengo. Em Minas, Cruzeiro e Atlético. São Caetano e Paulista, por mais justo que seja a classificação de ambos, cadê a camisa, a tradição, o espetáculo, vale a pena investir em grandes contratações? E assim caminham os maus cartolas e a mediocridade…

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais