Sergipão: Itabaiana vence e tira Confiança da decisão

0
João Pedro comemora: Itabaiana 1 a 1 (fotos: Igor Matheus/ Portal Infonet)

Uma virada incrível tirou do páreo um dos maiores favoritos ao título sergipano de 2019. Na tarde deste sábado, 6, pela última rodada do hexagonal do Sergipão, o Itabaiana bateu o Confiança por 3 a 1 em pleno estádio Lourival Baptista e eliminou o time azulino da decisão do campeonato. O Dragão saiu na frente no primeiro tempo, mas tomou três gols no segundo – dois deles de contra-ataque.

Com o resultado, o Confiança cai para a vice-liderança da tabela com oito pontos e zero de saldo de gols, mas cairá ainda mais de posição com a definição da situação de Itabaiana e Dorense. Já o Itabaiana soma agora cinco pontos na classificação – com um jogo ainda a ser analisado pelo Tribunal de Justiça Desportiva, a vitória Tricolor por 3 a 2 sobre o Dorense. Se a Justiça considerar a partida válida, o Itabaiana vai a oito pontos com dois gols de saldo e estará garantido na final. Caso contrário, uma nova partida deverá ser realizada entre Itabaiana e Dorense, e um dos dois clubes será o adversário do Frei Paulistano na final.

Rafael Villa abre o marcador: Confiança 1 a 0

O jogo
O Confiança entrou em campo consciente de que quem precisava do resultado era o Itabaiana. Já o Tricolor, nervoso, não conseguia articular jogada alguma. A falta de concentração também atingiu a defesa visitante, que em erro de saída de bola aos 15, originou o gol azulino. Após roubada de bola de Betinho, a bola chegou em Jussimar, que serviu Rafael Villa. Da entrada da área, o meia mandou um balaço sem chances para Adson: Confiança 1 a 0. A partir de então, a partida mergulhou na apatia, com poucas chances para cada lado. Aos 19, Ítalo arriscou de longe e mandou pra fora à esquerda. Aos 26, Macaíba aproveitou cruzamento e cabeceou quase que de peixinho para o gol, mas Jean espalmou.

Macaíba marca o terceiro: gol da eliminação do Confiança

Na segunda etapa, o panorama do jogo não mudou. O Confiança continuou mais articulado, e o Itabaiana, sem inspiração, empurrava a bola para o campo de defesa azulino. Mas um gol mudou tudo. Aos 9, pós escanteio para o Tricolor, João Pedro subiu sozinho na marca do pênalti para cabecear forte para as redes: 1 a 1. O empate incendiou a partida, que ficou aberta. Mesmo assim, as melhores chances foram do Confiança. Aos 12, Rafael Villa mandou a bola na trave. Aos 19, Betinho fez o pivô e mandou a bola de primeira para defesa de Adson. Aos 30, Radar cobrou uma falta da direita que foi direto para o gol e bateu no travessão.

Luis Carlos Cruz, técnico do Itabaiana, vai às lágrimas após o apito final

Mas além de resistir a essa blitz, o Itabaiana conseguiu marcar mais um. Após rápido contra-ataque pela direita, a bola foi cruzada rasteira para a área, e Paulinho Macaíba, após girar, tocou rasteiro para as redes: era o gol da virada – Itabaiana 2 a 1. O Confiança sentiu o gol, e o castigo pela apatia veio em seguida. Aos 41, após mais um contra-ataque, Igor Alves serviu na área e Macaíba, mais uma vez, fuzilou as redes de primeira: Itabaiana 3 a 1. O Confiança tentou responder aos 48, quando Marcelinho cruzou rasteiro na área, mas ninguém apareceu para completar. E nada mais alterou o placar até o apito final.

FICHA TÉCNICA
Confiança 1 x 3 Itabaiana
Gols: Rafael Villa [17’ 1t], João Pedro [9’ 2t], Macaíba [32’ 2t], Macaíba [41’ 2t]

CONFIANÇA
Jean, Marcelinho, Vinícius Simon, Anderson Jardel, Radar, Rafael Villa, Flávio [Juan], Betinho, Jussimar [Rafa Marcos], Ítalo [Jonatas]

ITABAIANA
Adson, Ramon [Jonas], João Pedro, Hugo, Ronald, Pablo, Alexon [Branco], Gaúcho [Fabiano], Macaíba, Igor Alves, Robério

Cartões amarelos: Vinícius Simon, Pablo, Igor Alves, Robério

Público Total: 2.322
Renda: R$ 30.105

Por Igor Matheus

Comentários