Simões comenta agressão à sua filha na PB

0

Simões falou sobre a agressão á sua filha na Paraíba
Em Aracaju, o técnico Maurício Simões comentou a confusão com torcida e dirigentes do Campinense (PB) após a partida ocorrida no último domingo, 9, em Campina Grande. Segundo Simões, sua filha de 15 anos acabou sendo agredida fisicamente quando saía do estádio Amigão.

“Achei lamentável. Deram um murro na minha filha, que creio eu, era para ter sido acertado em mim. Não tinha razão para isso, até porque eles ganharam o jogo”, contou. A garota, que atualmente mora na cidade do interior da Paraíba, fraturou o maxilar.

Autor do soco

O treinador do Confiança revelou que um dos membros da diretoria da Raposa paraibana teria sido o autor da agressividade. “Acho que toda essa raiva vem desde 2005, época que eu treinava o Treze [da Paraíba], e ganhamos deles em seis partidas seguidas. A rivalidade entre os times lá é muito grande”, falou.

Simões mostrou-se um pai receoso e já providenciou a transferência da filha para a capital sergipana. Segundo ele, a adolescente já foi até ameaçada de morte. “Mas já tomei todas as providências cabíveis”, finalizou.

Por Glauco Vinícius e Carla Sousa

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais