Suspeito de agredir atletas do Confiança depõe e nega acusação

0
O torcedor negou a acusação de agressão (Foto: Reprodução/YouTube)

O torcedor do Confiança, suspeito de agredir atletas do clube em confusão ocorrida durante um protesto no Aeroporto de Aracaju, prestou depoimento à Polícia Civil na última sexta-feira, 15.

De acordo com informações passadas pela Secretaria de Segurança Pública (SSP), em depoimento, o homem negou que bateu nos jogadores com capacete ou que tinha intenção de agredi-los.

As investigações continuam com a realização da análise das imagens referente ao incidente no Aeroporto de Aracaju.

Os atletas do Confiança, Ari Moura e Rafael Vila prestaram depoimento no dia 31 de dezembro na 4° Delegacia Metropolitana e passaram por perícia no Instituto Médico Legal.

Relembre

A chegada do Confiança em Aracaju no dia 29 de dezembro, foi marcada por uma confusão no Aeroporto Santa Maria e terminou com o jogador Ari Moura ferido. O time, que foi recebido com protesto por parte de torcedores, sofreu uma derrota para o Brasil-RS em uma partida disputada na noite do dia 28.

O Confiança emitiu nota informando que “repudia a atitude de um grupo de vândalos, que atingiu de forma violenta o atleta Ari Moura e amedrontou outras pessoas que estavam no aeroporto”. O time disse ainda que sua assessoria jurídica estava tomando todas as providências para identificar os responsáveis e executar as medidas cabíveis.

por Aisla Vasconcelos

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais