Torcedor poderá trocar notas fiscais por ingressos de jogos

0

Governador lançou programa “Esporte para todos” na manhã desta quarta

O torcedor sergipano poderá trocar suas notas fiscais por ingressos nas partidas desportivas. O incentivo faz parte do programa ‘Esporte para Todos’ lançado na manhã dessa quarta-feira, 27, pelo governador Marcelo Deda. O programa distribuirá inicialmente R$500 mil para o esporte, sendo R$300 mil para eventos de esporte amador, e R$200 mil para as federações profissionais.

A expectativa é de que a troca das notas fiscais por cupons já esteja pronta para a próxima rodada do campeonato sergipano, no dia 9 de março. No entanto o prazo ainda não é confirmado pois envolve negociações com a Federação Sergipana de Futebol. Durante os jogos também serão sorteados prêmios, que variam de automóveis a eletrodomésticos.

“Um dos objetivos fundamentais do programa é fortalecer a presença no torcedor no campo. Levar outra vez o sergipano a freqüentar a praça de esportes”, disse o governador Marcelo Deda em seu discurso durante o lançamento do programa.

Déda assina o protocolo de repasse de verbas
Déda ressaltou que o apoio ao esporte começou desde o ano passado, apesar de ter sido um ano ‘difícil’. “Fizemos uma pequena reforma no Batistão, financiamos alguns campeonatos, como os jogos da primavera, e os jogos abertos do interior. Foi uma presença forte, mesmo num ano difícil”, apontou.

O Secretário de Esporte e Lazer, Leó Filho, afirmou que os investimentos serão importantes para os campeonatos que estão previstos. A SEEL está com 160 campeonatos agendados para 2008. “Os R$300 mil para os eventos amadores são uma primeira parcela. Ainda será liberado mais. Só não tem apoio da secretaria aquele presidente inerte que não procura”, diz Leó.

Esportistas

A ciclista Viviane Lourenço viu com bons olhos o novo programa do governo
Para o presidente da Federação Sergipana de Tênis (FST), Edmilson Barreto, o programa deve beneficiar as federações esportivas mais atuantes “Acho que deve haver um critério para que as federações que tenham mais eventos e projetos nãoo sejam menos agraciadas do que as que não tem um planejamento”, acentuou. Segundo ele a FST tem aproximadamente 250 tenistas sergipanos cadastrados e ativos.

A ciclista Viviane Lourenço, que no ano passado conseguiu ficar em 11º lugar no ranking nacional, aprova a iniciativa do estado. “Acho que a partir de um valor alto como esse é um bom começo para o esporte amador ser visto com outros olhos. Ano passado eu corri metade das corridas oficiais e consegui ficar em uma boa colocação no ranking. Acho que consigo melhorar muito se tiver apoio para correr tudo”, explica.

Veja um trecho do discurso de Marcelo Déda

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais