Vasco da Gama – RJ pode voltar a jogar em Aracaju

0

A iniciativa de trazer um dos jogos do Vasco da Gama do Rio de Janeiro para Aracaju, pelo Campeonato Brasileiro de 2003 foi do empresário José Araújo, o Juca. “Como promoção para o estado de Sergipe e para o futebol sergipano, foi sem duvida alguma um grande empreendimento. Como resultado financeiro um verdadeiro fracasso, devido ao prejuízo. Mas isso não tira o nosso incentivo”, disse Juca, prometendo uma nova investida. Para os dirigentes do Vasco foi uma boa promoção. “O clube recebeu tudo o que foi acertado contratualmente, além do tratamento cordial, dispensado pelos dirigentes e torcedores sergipanos. “A prova de que cumprimos com o nosso compromisso é que acabamos de receber um belíssimo cartão, assinado pelo presidente Eurico Miranda, agradecendo a acolhida dada aos vascaínos em Aracaju, nos desejando um feliz ano novo e colocando a equipe do Vasco a nossa disposição, para fazer um jogo em Aracaju, quer seja pela Copa do Brasil, ou pelo Campeonato Brasileiro”, revelou o empresário Juca. Apesar de toda a prova de reconhecimento dos dirigentes vascaínos, Juca disse que precisa analisar calmamente essa proposta, por não achar viável trazer essa partida para Aracaju. Aqui existem alguns problemas, como a falta de apoio do empresariado e principalmente, a evasão de rendas, fatores que prejudicam e desestimulam qualquer promoção. Juca afirmou que devido a esses problemas é bem provável que leve a partida para Maceió. “Não se pode pensar em promoção em um estádio, que no jogo Vasco e Internacional apresentou 4.083 pessoas, que entraram sem pagar ingresso. Hoje seria mais vantagem levar essa partida para Maceió”, concluiu o empresário.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais