Abertura de comércio aos domingos volta a ser discutida

0

Reunião discute condições de trabalho dos comerciários/Foto: Ascom Câmara
O presidente da Câmara Municipal de Aracaju, Emmanuel Nascimento, esteve na manhã desta segunda-feira, 20, na sede da Federação dos Empregados no Comércio e Serviços do Estado de Sergipe (FECOMSE). O motivo da visita, seguida de uma reunião com o presidente da FECOMSE, Ronildo Almeida e outros representantes da categoria, foi verificar novamente as condições de trabalho dos comerciários e rever o projeto, de autoria do Legislativo Municipal, que regulariza o funcionamento do comércio aos domingos e feriados.

Durante a reunião foi apresentado pelos comerciários que os setores mais problemáticos continuam sendo as grandes redes de supermercados, devido aos salários baixos e a carga horária excessiva. Outro problema destacado foi à questão do desemprego que, segundo dados arrecadados pela FECOMSE, somente no primeiro semestre de 2009 cerca de 700 trabalhadores do comércio foram demitidos.

Há mais de dois anos que o “projeto dos comerciários”, como é referido, tem sido debatido pelos vereadores de Aracaju. No ano passado, a propositura foi à pauta de votação e chegou a ser aprovada em primeira discussão, mas depois acabou sendo adiada por conta de uma reunião entre comerciários e empresários, que acabou sem chegar a um acordo.

Para Ronildo Almeida, a votação do projeto dos comerciários é eminente, principalmente, por conta do momento de crise econômica. Ele argumenta que o fechamento dos grandes supermercados aos domingos contribuiria para fomentar os pequenos comerciantes de bairros.

Emmanuel Nascimento ouviu atentamente a todas as reclamações expostas e colocou a Câmara Municipal a disposição da Federação para o que for possível. Ao final da reunião foi acertado que o projeto deverá voltar a ser debatido pelo Legislativo Municipal na segunda semana do mês de Agosto.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais