Albano mantém candidatura independente e aliança com o PV

0

Albano lê a determinação do PSDB nacional
A comunicação da direção nacional do PSDB ao Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe, quanto ao cancelamento da convenção estadual do partido e a determinação para que haja a coligação com o DEM provocou o candidato ao Senado, Albano Franco [que fez aliança com o PV] a conceder uma entrevista de imprensa na tarde desta terça-feira, 6 na sede do partido. O tucano afirmou que o PSDB de Sergipe vai cumprir a decisão e que a aliança com o PV continua, sendo que todos os candidatos ao Senado, inclusive do DEM, deverão entrar na disputa de maneira independente.

De posse do documento assinado pelo presidente nacional do PSDB, Sérgio Guerra e datado de 5 de julho de 2010, Albano Franco disse que a decisão foi tomada por conta do horário da propaganda eleitoral. “É claro que o

Antes da coletiva, uma conversa com o representante do PV
DEM apelou junto ao PSDB para que isso acontecesse para que possa ampliar o horário na propaganda do rádio e da TV.

Nós fizemos uma aliança com o PV e uma ata retratando a decisão da convenção do dia 30. Registramos no TRE, por volta das 16h30 desta segunda-feira, 5 e às 18h a presidente estadual do PSDB, Míriam Ribeiro recebeu o documento de Brasília. Quando o documento chegou já tínhamos registrado a ata”, ressalta.

Albano disse ainda que o Tribunal Regional Eleitoral já recebeu uma cópia do documento cuja determinação será cumprida, mas somente integrando a coligaççao para cargo majoritário de governador entre o PSDB e o DEM. “Ontem à noite eu fui juntamente com o meu candidato a vice, Adierson Monteiro na residência de João Alves Filho, mostrar o documento”, ressalta lembrando que a aliança com o PV será mantida somente para os cargos proporcionais.

Reynaldo Nunes: “Estamos tranquilos”
Desprestígio

Indagado se sentiu-se desprestigiado com a decisão da direção nacional do PSDB, Albano Franco afirmou que “nada disso me aterrorizou. Não me senti desprestigiado ou fiquei surpreso. Tenho dito e repetido que sou candidato independente”.

Quanto aos palanques, Albano garantiu que o palanque da candidata à Presidência da República, Marina Silva será ocupado por candidatos do PV. “Eu subirei no palanque de José Serra e o PV fará palanque para Marina Silva”, destaca.

Tranquilidade

O representante do PV, Reynaldo Nunes, afirmou que: “nós estamos totalmente tranqüilos até porque o problema jurídico não foi com o Partido Verde, mas com o PSDB. O risco seria se tivéssemos uma intervenção, o que está descartada. Agora as candidaturas ao Senado pelo PV, serão independentes”.

Documento

O documento destaca que a presidência nacional do PSDB resolve anular a deliberação de não celebração de coligação para cargo majoritário de governador entre o PSDB e o DEM, realizada na Convenção Estadual do dia 30 de junho de 2010. Determinar que ao PSDB no Estado de Sergipe integre a coligação para o cargo majoritário de governador com o DEM, cujo candidato será João Alves Filho.

E determinar a comunicação da decisão a presidente do diretório estadual do PSDB para cumprimento imediato, bem como ao TRE.

Por Aldaci de Souza

 

Comentários