Assessores de Valdevan Noventa estão presos no Cadeião de Estância

0
Assessores foram encaminhados na tarde desta quarta-feira, 7, para Estância (Foto: Victor Ribeiro/arquivo ASN)

Os assessores do deputado federal Valdevan Noventa, identificados como João Henrique Alves dos Santos e Evilázio Ribeiro, que se apresentaram à Polícia Federal em Sergipe, em virtude de terem a prisão preventiva decretada pelo juízo da 2ª Zona Eleitoral, foram encaminhados na tarde desta quarta-feira, 7, para o Cadeião de Estância.

O advogado Rodrigo Campos já ajuizou um recurso para que o benefício de liberdade provisória concedido na noite desta terça-feira, 6, a Valdevan Noventa, também seja estendido aos assessores, conforme ocorrido em decisões anteriores. Até o julgamento deste recurso, os assessores permanecem presos.

A assessora parlamentar Karina Liberal, que também havia se apresentado à Polícia Federal, recebeu tornozeleira eletrônica e segue em prisão domiciliar (em virtude de ter filhos menores de idade) até nova decisão judicial.

Valdevan Noventa segue em liberdade porque foi beneficiado por uma nova decisão do ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), permitindo a sua liberdade provisória sem restrições.

Entenda o caso

O deputado federal Valdevan Noventa foi preso acusado de cercear a investigação da Polícia Federal que indica irregularidades na sua prestação de contas eleitorais. Conforme consta nos autos, o parlamentar teria orientado testemunhas a prestar depoimento que lhe beneficiasse e o livrasse do processo judicial.

O parlamentar e seus assessores são acusados de articular um esquema de doações irregulares feitas por eleitores de baixa renda em favor da campanha que o elegeu deputado federal em 2018.

por Verlane Estácio

Comentários