Audiência de custódia terá novo formato no interior no dia 16

0
O novo formato ocorre no interior (Foto: Bruno César/TJSE)

A reunião do Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário (GMF), do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJSE) teve a finalidade de discutir os últimos ajustes para a parametrização das audiências de custódia no interior do Estado. A intenção da reunião foi apresentar a juízes e autoridades policiais a nova instrução normativa que regulamentará, a partir do dia 16 de março, as audiências de custódias.

O Desembargador Diógenes Barreto, Supervisor do GMF; a Desembargadora Elvira Maria de Almeida Silva, Corregedora Geral de Justiça; a Juíza Auxiliar da Presidência, Ana Bernadete Leite de Carvalho e a Juíza Corregedora Brígida Declerc Fink receberam juízes e autoridades policiais das Comarcas de Estância, Itabaiana, Tobias Barreto e Nossa Senhora da Glória.

“Ajustamos a nova Instrução Normativa acerca da audiência de custódia, que deverá ser publicada nos próximos dias. Testaremos, a partir de 16 de março, novos formatos da audiência de custódia no interior do Estado, a fim de equacionarmos as eventuais dificuldades dos órgãos parceiros que compõem o Sistema de Justiça”, discorreu o Des. Diógenes Barreto.

Além da capital Aracaju, onde está localizada a Central de Plantão, serão realizadas audiências de custódias nos municípios de Estância, Itabaiana e Tobias Barreto. Estas Comarcas apenas realizarão as audiências de custódias dos flagrantes realizados em seus respectivos territórios. O outro modelo é o projeto experimental com o uso de videoconferências, que atenderá a oito municípios do Alto Sertão sergipano, utilizando como cidade-polo Nossa Senhora da Glória.

Fonte: TJSE

Comentários