Começa audiência para geração de mídias no TRE/SE

0
Servidores do TRE e técnicos contratados realizam os trabalhos (Fotos: Portal Infonet)

Teve início na manhã desta quarta-feira, 10, no Tribunal Regional Eleitoral (TRE/SE), a Audiência Pública para Geração de Mídias. O objetivo é preparar as urnas eletrônicas para as eleições 2014. O evento prossegue até a próxima sexta-feira, 12 por meio da Secretaria de Tecnologia da Informação (STI), tendo como presidente da Comissão, o juiz federal Fernando Escrivani Stefaniu. Serão geradas 11 mil 202 mídias.

“Os trabalhos realizados por servidores do quadro, além de técnicos contratados, consiste na gravação de todas as informações nas urnas a exemplo de candidatos, partidos políticos e eleitores, para que possam ser lacradas no período de 16 a 25 de setembro, ou seja, oito dias antes das eleições”, explica o secretário de Tecnologia da Informação, José Carvalho Peixoto.

José Peixoto explica o processo da geração de mídias

O secretário informou que serão geradas até a próxima sexta-feira, 11 mil 202 mídias. “Essas mídias serão distribuídas para preparar as urnas e outras para as zonas eleitorais por meio de kits que serão montados e tudo é feito por meio dessas audiências públicas. São mídias iguais para todas as cinco mil urnas e mídias nobres [de carga]”, destaca.

Serão gerados 10 tipos de mídias durante os trabalhos na Sala de Treinamento III. São 720 Mídias Flash de carga; 4.760 Flash de votação; 45 Flash para MRJ, 212 Flash de Contingência; 4.70 Mídias de Resultado (Seção); 45 Mídias de Resultado (MRJ); 360 Mídias de Resultado (Junta); 156 de Resultado (data e hora); 72 de Resultado (Red) e 72 Mídias de Resultado (SA).

 Juiz Fernando Escrivani acompanha a audiência

“Eu estou acompanhando os trabalhos e dando o toque oficial a esse trabalho que é público e pode ser acompanhado pela sociedade. É um trabalho confiável e vem sendo aprimorado ao longo do tempo no que diz respeito à tecnologia. O procedimento está muito tranquilo visando atender à demanda de uma forma rápida e tranquila”, complementa o juiz federal Fernando Escrivani Stefaniu.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais