CVV participa de sessão especial da Câmara

0

CVV foi criado em 1962. Em Sergipe ONG possui 40 voluntários
Com o intuito de divulgar o trabalho do Centro de Valorização da Vida (CVV) para que a população saiba como pode ser ajudada, o CVV foi convidado pela Câmara de Vereadores de Aracaju para  uma Tribuna Livre no próximo dia 18 de outubro, segunda –feira. O convite aconteceu depois de uma visita feita por representantes da instituição ao presidente da Câmara, Emanuel Nascimento, no dia 6 de outubro para solicitar ao Poder Legislativo Municipal a decretação de utilidade pública do Centro.

Sobre o CVV

O Centro, criado em 1962 no Estado de São Paulo, é um programa que presta serviços humanitários, através do apoio emocional direcionado às pessoas que sofrem de depressão, solidão ou as que perderam a vontade de viver. “Nós acolhemos as pessoas que estão precisando desabafar, sem descriminação, num trabalho sigiloso sendo assim um amigo provisório”, descreveu Silvia de Aquino, porta – voz do CVV.

Emmanuel Nascimento disse que a Câmara irá ajudar no que puder. “Todo mundo precisa ter alguém para ouvir os seus problemas”, afirmou, ressaltando a importância dos postos de atendimento. Segundo pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde em 2004, cidades em que há postos de atendimento do Centro de Valorização da Vida, o índice de suicídio cai.

Atualmente o Centro atua dentro de uma sala emprestada do quartel da Polícia Militar e conta com 40 voluntários que atendem em regime de plantão, inclusive aos sábados, domingos e feriados, a capital e o interior do Estado, através do telefone 0800 28 44 456.

Fonte: Ascom/CVV

Comentários