Delegada Danielle Garcia se filia ao Cidadania para disputar eleições

0
Filiação aconteceu na manhã desta sexta-feira, 13 (Foto: Assessoria de Comunicação)

A delegada Danielle Garcia, cedida ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, se filiou na manhã desta sexta-feira, 13, ao partido Cidadania em Sergipe. O partido é comandado pelo senador Alessandro Vieira, também delegado da polícia civil.

De acordo com o Cidadania, Danielle chega para somar forças ao grupo “Unidos por Aracaju” e agregar às ações que estão sendo planejadas para a cidade de Aracaju. “É um nome de peso, com certeza, que se soma a outros que nós temos dentro do grupo”, diz Alessandro Vieira, presidente do Cidadania/SE.

Nome forte para a sigla, Danielle já se colocou à disposição do partido para concorrer as eleições municipais de 2020, e é cogitada para disputar a Prefeitura de Aracaju. Senador Alessandro confirmou a disputa de um candidato da sigla às eleições de 2020 em Aracaju, mas não adiantou nenhum nome para a disputa. O líder do partido em Sergipe disse que a definição das candidaturas será feita ouvindo a sociedade.

Danielle Garcia é um dos nomes cogitados para disputar as eleições 2020 (Foto: Assessoria de Comunicação)

“ Não existe definição de candidatura ou montagem de chapa, existe Danielle, Emília Corrêa e outros personagens que vão participar da disputa, seja para a Câmara de Vereadores ou para Prefeitura Municipal. Nós temos grandes nomes e a certeza que isso vai funcionar bem”, diz Alessandro Vieira

Danielle ficou conhecida pelos sergipanos quando esteve a frente do Departamento de Crimes Contra a Ordem Tributária e a Administração Pública (Deotap), realizando várias operações contra possíveis esquemas de corrupção e desvios de recursos públicos, a exemplo do esquema das verbas de subvenções da Assembleia Legislativa. Danielle foi exonerada em 2017 pelo então governador Jackson Barreto.

por Karla Pinheiro
com informações do Cidadania 

Comentários