Deputados vão ao presidente do TJ

0

A sessão de ontem da Assembléia Legislativa, a primeira da auto-convocação deste recesso, só teve o pequeno expediente. Cada orador teve direito a cinco minutos, sem poder conceder aparte aos seus pares.

A convocação extraordinária da Assembléia se dá para apreciação de três projetos de lei. Um, é o aumento da Polícia Militar. Outro, é o projeto de reforma do Poder Judiciário. E o terceiro é o que concede reajuste aos servidores do Poder Judiciário. Esse projeto causou polêmica porque muitos servidores do Tribunal de Justiça não concorda com a criação de quarenta novos cargos em comissão, sem que se discuta o Plano de Cargos e Salários do Tribunal.

Uma comissão, composta por quatro deputados, a pedido dos servidores, foi conversar ontem a tarde com o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Roberto da Fonseca Porto. Mas não foi divulgado o resultado deste encontro.

Por Ivan Valença

Comentários