Em ato, servidores da UFS deflagram paralisação de 24h nesta terça

0
Em ato, servidores da UFS deflagram paralisação de 24h nesta terça (Foto: Sintufs)

Servidores do Sindicato dos Trabalhadores da UFS (Sintufs) voltaram a se reunir em uma mobilização no hall da reitoria na manhã desta terça-feira, 18. Na pauta de protesto, os trabalhadores cobraram reposição salarial, além de se posicionarem contra a PEC 32 (reforma administrativa) e o que eles chamaram de “desmonte do serviço público”.

Segundo uma das coordenadoras-gerais do Sintufs, Leina Santos, o ato também contou com a participação de outras entidades de classe, que estão apoiando a categoria em mais uma busca por direitos. Leina diz ainda que os trabalhadores já acumulam perdas inflacionárias de quase 20%, sendo que a categoria está há cinco anos sem reajuste linear.

“No ato de hoje demais sindicatos e entidades federais também estiveram presentes para prestar apoio a luta do Sintufs pela campanha salarial dos servidores da Educação e Saúde. Essa campanha pela reposição é fruto das grandes perdas inflacionárias que os servidores tiveram durante o período do atual Governo Federal”, afirma.

Para Gentil Melo, também um dos coordenadores-gerais do Sintufs, a manifestação desta terça pode abrir caminho para outra mobilização maior no futuro. “Um dos objetivos da manifestação de hoje é construirmos uma greve para o mês de março. Já que essa mobilização é parte de uma agenda nacional dos servidores públicos”, destaca.

Ainda segundo ele, é preciso intensificar a valorização do serviço público, bem como de seus servidores. “É importante também que a gente possa desmentir o discurso do governo de que os servidores são ineficientes. Isso é um mentira para jogar os trabalhadores contra o povo brasileiro. O serviço público é essencial para o funcionamento da sociedade”, reitera gentil.

UFS

Procurada, a Universidade Federal de Sergipe (UFS) destacou que as reinvindicações não envolvem diretamente a instituição de ensino, mas sim o Governo Federal.

por João Paulo Schneider 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais