Eunice Dantas posta em facebook contra desrespeito à lista tríplice

0
Eunice Dantas postou sua indignação nas redes sociais (Foto: Arquivo Portal Infonet)

A procuradora regional eleitoral, Eunice Dantas, expressou em uma das suas redes sociais sua insatisfação diante da indicação do subprocurador-geral da República Augusto Aras para o cargo de procurador-geral da República não ter atendido a lista tríplice. A indicação foi feita na tarde desta quinta-feira, 5, pelo atual presidente da República, Jair Bolsonaro.

Para Eunice, a decisão faz com que o Ministério Público Federal (MPF) entre em retrocesso. Ela afirma que, além de se tratar de uma escolha contraditória diante das promessas feitas pelo presidente, a sociedade não teve acesso aos diálogos decisivos entre Jair e Aras.

Publicação feita em rede social:

“E aí Jair??? Esqueceu que foi eleito com a bandeira de combater a corrupção? Esqueceu que dizia q iria “mudar isso tudo que tá aí? Realmente mudou, pra pior. RETROCESSO DE 20 ANOS.

Escolheu um PGR que não foi submetido a debates públicos, não apresentou propostas à vista da sociedade e da própria carreira. Não se sabe o que conversou em diálogos absolutamente reservados, desenvolvidos à margem da opinião pública. Não possui, ademais, qualquer liderança para comandar uma instituição com o peso e a importância do MPF.

O PGR não é uma “dama” no tabuleiro de xadrez, sendo o presidente, o rei.
É melhor “jairem” se acostumando com o retrocesso”

 

por Juliana Melo e Aisla Vasconcelos

Comentários