Fórum de Prefeitos de Sergipe ocorre nesta sexta-feira, 8

0

“Toinho” diz que evento vai melhorar o relacionamento de prefeitos (Foto: Marcos Rodrigues/ASN)
Os sucessivos cortes e contingenciamento de despesas feitas pelo Governo Federal obrigarão fatalmente os Governos dos Estados a seguir a mesma linha de ação, considerando que este ano terão menos recursos financeiros da União para administrar. Essa realidade tem causado grande inquietação junto aos prefeitos municipais, diante da escassez de recursos financeiros disponíveis para investimentos, contrapondo-se com a necessidade constante de apresentar à população soluções e respostas às demandas existentes, que não são poucas.

Diante desse quadro, será realizado nesta sexta-feira, 8, o “I Fórum de Prefeitos de Sergipe”, com o objetivo de elaborar de forma conjunta com o Governo de Sergipe uma pauta prioritária de ações no ano de 2011, obedecendo a um planejamento coerente, bem como o estabelecimento de uma agenda possível de ser concretizada.

O evento é uma realização da Federação das Associações de Municípios de Sergipe (Famuse), que tem a frente o prefeito de Nossa Senhora do Socorro, Fábio Henrique (PDT), com o apoio dos presidentes da Associação dos Municípios da Barra do Cotinguiba e Vale do Japaratuba (Ambarco) e da Associação dos Municípios da Região Centro-Sul (Amurces), Gilson dos Anjos (DEM) e Antônio da Fonseca Dórea (PSB), respectivamente.

O fórum acontecerá a partir das 9h, no Centro de Convenções do Hotel e Resort Dioro, na Barra dos Coqueiros. O governador do Estado, Marcelo Déda (PT), já confirmou presença e participará da reunião com os prefeitos sergipanos durante toda a manhã. Na oportunidade, será discutida a relação de pautas previamente repassada para o administrador estadual.

O prefeito Antônio Dórea, o ‘Toinho de Dorinha’ ressalta que o encontro vai melhorar ainda mais o relacionamento do governo com os prefeitos. “O governador participará dos debates e vai ouvir os nossos pleitos. Vamos discutir e encontrar soluções para os problemas que entravam o desenvolvimento das cidades”, afirma, estendendo o convite para todo o staff de secretários de Estado.

Fonte: Ascom/Famuse

Comentários