Jadiel acredita em esquema político

0

Jadiel Campos: “Estou convicto da minha inocência”
O juiz da comarca de São Cristóvão, Manoel Costa Neto, determinou na última sexta-feira, 17, a quebra do sigilo bancário, bloqueio das contas e indisponibilidade dos bens do ex-prefeito de São Cristóvão, Jadiel Campos.  “Para o acusado, não passa de um esquema político para tirar o foco do afastamento de Alex Rocha”.

Jadiel é acusado de desvio de verbas públicas, quando de sua administração à frente da Prefeitura de São Cristóvão, até 31 de dezembro de 2008. “A determinação foi feita com base nas provas trazidas pelo Ministério Público Estadual, instauradas no inquérito civil, por conta de denúncias de desvio de verbas públicas”, explica o juiz.

Quanto ao direito de ir e vir, Manoel Costa Neto informou que o acusado pode se ausentar do município em que reside. “Não houve determinação de suspensão do exercício de cargos públicos, inclusive Jadiel trabalha na Prefeitura de Itaporanga”, enfatiza acrescentando que agora, cabe ao acusado apresentar defesa.

“Esquema político”

Em entrevista ao Portal Infonet na tarde desta terça-feira, 21, Jadiel Campos afirmou estar muito tranqüilo. “Quem não deve não teme. Toda essa questão é um esquema político com o objetivo de tirar o foco do afastamento de Alex Rocha da Prefeitura de São Cristóvão”, acredita Jadiel.

Ele disse que ainda não foi citado pela Justiça. “Não recebi nenhuma citação e não vou recorrer até porque estou com a consciência tranqüila. Estou convicto da minha inocência. Já entreguei no último dia 30 de março, toda a documentação à Prefeitura de São Cristóvão e espero que a Justiça o obrigue a apresentar os documentos”, enfatiza o ex-prefeito.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais