João é o mentor intelectual da cassação, diz Déda

0

Déda está tranquilo e diz que confia na Justiça
Ao ser questionado pelos jornalistas na manhã desta segunda-feira, 24, sobre o processo de cassação que tramita no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o governador Marcelo Déda, foi bastante enfático e disse que “esse processo só tem um autor intelectual, que é o ex-governador João Alves Filho”. Déda contou que existe uma petição (confira no link abaixo) assinada por João Alves dentro do processo. “Caiu a máscara. Agora Sergipe pode comprovar quem está por trás desse golpe. É aquele que derrotado nas urnas tenta revogar a vontade soberana do povo”.

De acordo com o governador Marcelo Déda, “João gostaria de me derrotar em 2006 e não conseguiu, agora ele está tentando através de um golpe desrespeitar a vontade popular expressa nas urnas”. Já o ex-governador João Alves garantiu em entrevista a um jornal do Estado que não tem interessa na cassação, que quer “ganhar de Déda nas urnas”. Mas Déda explica que o discurso de João mudou recentemente.

“Se eu saísse João não ia entrar automaticamente, teria uma nova eleição é por isso agora que ele, tentando ser esperto, mudou o discurso e está tentando mudar a estratégia. Se a decisão fosse tomada dois anos antes de terminar o mandato o segundo lugar seria convocado, mas agora de acordo com as decisões que estão sendo tomadas no TSE deve ser convocada uma nova eleição”, declara Déda.

Por fim, Déda declarou que está tranqüilo com relação a esse processo.  “Estou confiante porque acredito no que faço. Tenho plena convicção de que não cometi nenhum crime. Estou sendo acusado de ter feito inaugurações quando eu era prefeito da cidade de Aracaju, eu não era nem candidato formalmente naquela época”.

Comentários