Maioria da bancada sergipana aprova terceirização

0
Regras da terceirização (Reprodução Agência Câmara dos Deputados)

O projeto de lei, que regulamenta a terceirização no serviço público no país, foi aprovado com apoio da maioria dos deputados federais da bancada sergipana. Votaram contra ao projeto apenas os deputados João Daniel (PT) e Jonny Marcos (PRB). A Câmara dos Deputados não computou o voto do deputado Valadares Filho (PSB), que tinha deixado Brasília no dia da votação devido à morte da avó, Josefa Valadares, a dona Caçula.

O projeto que tramitava na Câmara dos Deputados foi desarquivado pelo deputado Laércio Oliveira (SD/SE), um empresário do setor de asseio e conservação que detém o maior número de contratos terceirizados em Sergipe. Para o parlamentar, o projeto vai estimular a economia e considera falacioso o discurso daqueles que se posicionaram conta à aprovação na Câmara dos Deputados.

O deputado João Daniel, que seguiu o caminho contrário à aprovação do projeto de lei, analisa que a terceirização precariza a mão de obra.

Laércio Oliveira desarquivou o projeto (Foto: Assessoria Parlamentar)

Para João Daniel, a proposta atende aos interesses das grandes empresas, compromete a Consolidação das Leis Trabalhistas, estimula a exploração da classe trabalhadora e aumenta o lucro da classe empresarial.

Conheça quem votou pela aprovação do projeto

Adelson Barreto (PTB)
André Moura (PSC)
Fábio Mitidieri (PSD)
Fábio Reis (PMDB)
Laércio Oliveira (SD)

Por Cássia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais