Milhares de pessoas justificam o voto em Aracaju

0

Delegacia do Turismo ficou lotada durante todo o dia (Fotos: Portal Infonet)
Milhares de pessoas se dirigiram até as Zonas de Justificativa de voto em todo o Estado neste domingo, 3. Segundo a Justiça Eleitoral, somente na Delegacia Especial do Turismo na orla de Atalaia até as 15 horas cerca de 1200 pessoas haviam justificado seu voto.

O turista da cidade Uberlândia em Minas Gerais Maurício Ribeiro Pereira que veio acompanhado da esposa e da filha, passou mais de 40 minutos na fila para poder justificar. “Está muito quente, é uma prova de paciência ficar aqui nessa fila porque esse sol está castigando um pouco”, reclama.

Maurício disse que não se arrepende de ter que justificar. “Só tínhamos esses dias para aproveitar as férias em Aracaju que já conhecíamos e gostamos muito, então não me arrependo até porque não acho que tenha um candidato que mereça ser votado”,

Maurício não se arrepende de não ter votado
conta.

A turista paulista Sílvia Chinen veio acompanhada de mais dois amigos, ela chegou hoje em Aracaju e diz que ficou arrependida de não ter se programado para votar. “Viemos em três justificar, mas me arrependi de não ter me programado para votar, pois queria contribuir com meu candidato”, lamenta.

Consequências da não justificativa

A justificativa eleitoral pode ser apresentada no dia da eleição ou até 60 (sessenta) dias após o pleito. Vale lembrar que a ausência a cada turno da eleição deve ser justificada individualmente.

Sílvia conta que gostaria de ter participado das eleições com seu voto
Enquanto não regularizar sua situação com a Justiça Eleitoral, o eleitor não poderá: obter passaporte ou carteira de identidade; receber vencimentos, remuneração, salário ou proventos de função ou emprego público, autárquico ou paraestatal, bem como fundações governamentais, empresas, institutos e sociedades de qualquer natureza, mantidas ou subvencionadas pelo governo ou que exerçam serviço público delegado, correspondentes ao segundo mês subsequente ao da eleição; participar de concorrência pública ou administrativa da União, dos estados, dos territórios, do Distrito Federal ou dos municípios, ou das respectivas autarquias; obter empréstimos nas autarquias, sociedades de economia mista, caixas econômicas federais ou estaduais, nos institutos e caixas de previdência social, bem como em qualquer estabelecimento de crédito mantido pelo governo, ou de cuja administração este participe, e com essas entidades celebrar contratos; inscrever-se em concurso ou prova para cargo ou função pública, investir-se ou empossar-se neles; renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo; praticar qualquer ato para o qual se exija quitação do serviço militar ou imposto de renda; Além de obter certidão de quitação eleitoral, conforme disciplina a Res.-TSE nº 21.823/2004;

Clique aqui e acompanhe a cobertura completa das eleições federais através do Portal Infonet. A equipe de jornalismo está disponibilizando notícias minuto a minuto e a partir das 17h30, o internauta poderá conferir, em tempo real, a apuração dos votos de todo o Estado e no iDivulga, aplicativo para iPhones e iPods, o resultado de todos os Estados do Brasil.

Por Bruno Antunes

Comentários