Profissionais da Enfermagem fazem ato na Assembleia

0

Enfermeiros lotaram as galerias (Fotos: Portal Infonet)

Enfermeiros, técnicos e auxiliares realizaram um ato na porta da Assembleia Legislativa de Sergipe na tarde desta segunda-feira, 20 e lotaram as galerias. Na ocasião, a presidente do Sindicato dos Enfermeiros do Estado de Sergipe (Seese), Flávia Brasileiro, entregou aos deputados, cópias da proposta de Projeto de Lei que regulamenta a jornada de trabalho em 30h semanais.

“A gente veio entregar aos deputados um material, que é proposta nossa de projeto de lei para as 30 horas para os 13 mil profissionais da Enfermagem no Estado de Sergipe. Primeiro vamos sensibilizar os deputados para que tomem conhecimento da matéria e depois vamos levar o documento ao governador do Estado”, ressalta Flávia Brasileiro.

Flávia Brasileiro, presidente do Seese

Ela disse ainda que até a implantação das fundações de saúde, era garantido aos trabalhadores as 30 horas. “Nós pretendemos resgatar porque a Fundação Hospitalar de Saúde nos retirou. A gente vai poder discutir de uma forma mais aprofundada porque para a categoria, a Fundação Hospitalar não retroagiu apenas na assistência, mas no trato com os servidores”, entende.

Na ocasião, o deputado pastor Antônio dos Santos (PSC) destacou que o partido já defende as 30h para os enfermeiros, técnicos e auxiliares. “Nosso partido já defende as 30h para a Enfermagem não apenas em Sergipe, mas em todo o país. Quero dizer aos profissionais que têm o meu total apoio e o do partido e que solicitarei por meio de um requerimento ao Governo do Estado, que estabeleça as 30h para esses servidores”, ressalta lembrando que o projeto deve ser originado no Executivo.

Luta

Os trabalhadores lutam há 50 anos em todo o país para regulamentar a jornada e há 13 anos tramita no Congresso, o Projeto de Lei nº 2295/2000 nacionalmente debatido sem que seja aprovado.

“O projeto foi aprovado no Senado e em todas as Comissões necessárias da Câmara dos Deputados, mas ainda não foi para votação em plenário por manobra do Governo Federal, mesmo a presidente Dilma Rousseff tendo emitido e publicado uma Carta para a Enfermagem de todo o país se comprometendo com a aprovação do projeto durante a campanha eleitoral, até agora não aconteceu”, lamenta Flávia Brasileiro enfatizando que os profissionais trabalham diuturnamente sob a pressão de ter em suas mãos a vida e a integridade física das pessoas.

O ato aconteceu em comemoração ao Dia do Enfermeiro e Técnico de Enfermagem e como encerramento da Semana de Enfermagem.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais