Tranquilidade marca eleições no Ministério Público Estadual

0

Orlando, Moacyr, Euza, Creuza e Deijaniro acompanharam a votação (Fotos: Portal Infonet)
A tranquilidade está marcando as eleições para o cargo de Procurador Geral do Ministério Público Estadual (MPE) iniciadas às 8h desta segunda-feira, 25, prosseguindo até logo mais ao meio-dia. 121 eleitores estão aptos a escolher um entre os seis candidatos [os promotores Euza Missano, Elias Pinho, Deijaniro Jonas, Orlando Rochadel e os procuradores Moacyr Soares e Maria Creuza]. Os três mais votados irão compor a lista tríplice que será levada às 15h desta segunda-feira, ao governador Marcelo Déda (PT), que terá prazo de 15 dias para fazer a escolha do novo procurador  para gestão de dois anos.

“É um dia que marca do Ministério Público Estadual”. A afirmação foi feita durante o pleito pela procuradora Chistina Brandi. Ela lembrou que pela primeira vez os promotores estão

Elias Pinho deu boas vindas na portaria
na disputa pelo cargo de Procurador Geral do Ministério Público em Sergipe. [antes apenas os procuradores poderiam disputar o cargo].

“‘Foi uma vitória para os promotores, a exemplo do que já acontece em 80% dos estados e eu quero compartilhar com essa vitória. Acho que todos estão aptos e ficarei satisfeita com o que ganhar. O bom seria que tivéssemos conseguido que o processo fosse igual ao do Tribunal de Justiça e do Tribunal de Contas, ou seja, pelo sistema de rodízio. Mesmo assim já foi uma vitória”, acredita a Drª Chistina Brnadi.

Euza Missano e Moacyr Soares…
Processo

O presidente da Comissão Eleitoral, José Carlos Oliveira Filho informou que estão aptos a votar, 121 eleitores. Destes, 107 são promotores e 14 são procuradores. “Esses podem comparecer ao auditório do MPE até o meio-dia. A apuração será iniciada imediatamente e às 15h terei uma audiência com o governador Marcelo Déda no Palácio dos Despachos, quando informarei sobre o processo eleitoral e lhe passarei os nomes dos que formaram a lista tríplice”, destaca.

José Carlos Oliveira disse explicou ainda que o governador terá

… depositando votos na urna
um prazo de até 15 dias para nomear o novo Procurador Geral do Ministério Público Estadual. “Vale ressaltar que a escolha é pessoal. Agora se encerrar o prazo e o governador não nomear, deverá tomar posse o candidato mais votado. Quero lembrar, no entanto, que durante os 28 anos em que estou aqui, isso nunca aconteceu”, enfatiza o presidente da Comissão Eleitoral.

Confiança

Os seis candidatos mostraram-se confiantes na vitória, principalmente por conta do trabalho desenvolvido ao longo dos anos à frente do Ministério Público Estadual. Os promotores

José Carlos; “Apuração será imediata”
Euza Missano, Deijaniro Jonas e Orlando Rochadel, além dos procuradores Maria Creuza Figueiredo preferiram acompanhar o processo eleitoral, no auditório, dando as boas vindas aos eleitores e trocando idéias entre si. Já o promotor Elias Pinho optou por acolher os colegas na portaria do Ed. Walter Franco.

 

Por Aldaci de Souza

 


 

Comentários