Vereadores recusam aumento de parlamentares na Câmara de Itabaiana

0
Eleitores do município acompanham votação no plenário da Câmara Municipal (Foto: Silas Brito/Ascom Câmara Municipal)

A presidente da Câmara Municipal de Itabaiana, Ivoni Lima de Andrade (MDB), sofreu uma derrota no final da manhã desta terça-feira, 30. A parlamentar se mobilizou para aumentar o número de parlamentares do Poder Legislativo, mas a composição da Casa não será modificada. Por maioria, os parlamentares derrubaram o projeto e manteve a composição atual com 14 vereadores atuando no Legislativo Municipal.

Pelo projeto de emenda à Lei Orgânica do Município defendido pela presidente, a partir da próxima eleição os itabaianenses elegeriam 17 vereadores.

Mas a proposta foi vencida quando colocada para apreciação dos parlamentares em sessão plenária realizada na manhã desta terça-feira, 1o. Alguns vereadores que chegaram a subscrever o projeto de emenda à Lei Orgânica modificaram o entendimento para recusar a proposta.

O vereador Marcos Oliveira explicou que o fato do parlamentar subscrever o projeto não se traduz em apoio à iniciativa. “A assinatura serve apenas para fazer tramitar o projeto, para dar a oportunidade ao plenário decidir”, enalteceu o parlamentar.

O vereador Moisés Mendonça cobrou a realização de uma pesquisa para saber a opinião da população sobre o aumento no número dos parlamentares. “Qual foi a vontade do povo itabaianense?”, questionou. “Por que Vossa Excelência [fazendo referência à presidente do Poder Legislativo Municipal] não teve o cuidado de contratar um instituto de pesquisa para consultar o povo”, complementou.

Antes de colocar o projeto em votação, a vereadora Ivoni Lima informou que o aumento no número de vereadores não implicaria custos adicionais para o município e que a medida estaria beneficiando a comunidade porque aumentaria a representatividade da população no Poder Legislativo Municipal.

Mas os argumentos não foram convincentes e o projeto acabou rejeitado pela maioria. Os vereadores que derrotaram o projeto são do agrupamento do prefeito Valmir de Francisquinho, segundo explicações do assessor de imprensa da Câmara Municipal.

Por Cassia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais