Coronavírus: servidores do INSS restringem plantão ao telefone 135

0
Servidores ficarão em casa a partir de segunda-feira (Foto: Sindiprev/SE)

A partir de segunda-feira, 23, será completamente fechado o plantão que estava sendo realizado nas unidades do Instituto Nacional de Previdência Social (INSS) instaladas na avenida Ivo do Prado e no Siqueira Campos. A decisão foi tomada pelos servidores em assembleia geral realizada na manhã desta sexta-feira, 20, segundo informações do coordenador do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho e Previdência Social no Estado de Sergipe (Sindiprev/SE), Joaquim Antonio Ferreira.

Com a medida, o plantão do INSS está sendo prestado pelo telefone, através do número 135. Os outros serviços relativos relativos ao atendimento à previdência social dos segurados não serão interrompidos. De acordo com o sindicalista, os serviços estão sendo realizados pelos funcionários, que estão trabalhando em sistema de home office , realizando a análise e dando sequência aos processos em tramitação.

O sindicalista vê com preocupação a decisão de cúpula do INSS em permitir o afastamento das pessoas com idade igual ou superior a 60, entre outros que compõem o grupo de risco, e obrigar a presença dos demais servidores nas unidades, que funcionam como plantão. Com esse entendimento, os servidores se reuniram na própria sede do INSS, observando que esses aqueles que estão se deslocando para as unidades também estão correndo riscos. “As pessoas correm riscos quando se deslocam de ônibus de outros bairros de Aracaju e também há pessoas que vêm do outras cidades do interior para trabalhar na capital. Tudo isso é risco”, diz.

A situação permanecerá dessa forma enquanto tiver em vigência o decreto do governo do estado relativo às medidas para evitar a circulação e a aglomeração de pessoas, medida necessária como forma de evitar a proliferação e contaminação por coronavírus.

A assessoria de imprensa informou que o INSS em Sergipe não se manifestará a respeito dessa decisão dos servidores e que permanece aguardando os encaminhamentos que são feitos pelo órgão em nível nacional.

 

por Cassia Santana

 

 

Comentários