Depilação e isolamento: confira os cuidados para cada método caseiro

0
Dermatologista Michelle Pontes (Foto: Acervo pessoal)

O isolamento social interrompeu a rotina de quem estava acostumado a manter cuidados com o corpo em salões de beleza e clínicas de estética, mas quando o assunto é depilação, é importante seguir algumas recomendações antes de praticar o procedimento em casa. Pensando nisso, a dermatologista Michelle Pontes traz algumas orientações sobre a depilação caseira.

De acordo com a profissional, a cera fria é o método mais fácil de ser utilizado em casa, principalmente para regiões pequenas e de pelos finos, como o buço e sobrancelhas. “A pele deve estar limpa e seca antes da depilação, tendo atenção para puxar os pêlos sem quebrá-los”. Michelle ressalta ainda que não é recomendável se depilar no período menstrual, já que a sensibilidade do período causa mais dor.

Para quem deseja amenizar o desconforto da depilação, a dermatologista indica os cremes depilatórios como uma opção, desde que tomados os devidos cuidados. “Os cremes têm as vantagens de serem menos dolorosos que as ceras depilatórias. No entanto, é preciso ter mais cuidado com as peles sensíveis por terem mais risco de alergias, irritações e até queimaduras. O ideal é fazer um teste de sensibilidade no antebraço e aguardar 24 horas. Também deve-se ter cuidado com o sol e uso de cremes com ácidos nos dias após a depilação”, explica.

Já para quem busca praticidade, a depilação com lâmina é o método mais rápido, indolor e com menos riscos. Porém, a dermatologista explica que para evitar a foliculite e a pseudofoluculite, que são aquelas “bolinhas” inflamadas que aparecem após depilações, alguns cuidados devem ser tomados:

– Esfoliar a região 3 a 4 dias antes da depilação;
– Lavar bem a região antes de ser depilada;
– Utilizar espuma de barbear para reduzir o atrito e agressão;
– Não colocar muita força para evitar sangramentos e depilar em direção ao crescimento do pêlo;
– Lavar bem após a depilação e jogar fora a lâmina utilizada (reutilizar lâmina, mesmo bem lavada, aumenta o risco de pseudofoliculites);
– Aplicar hidratante calmante após a depilação receitado por seu dermatologista;

– Desodorantes e produtos alcoólicos só devem ser aplicados na região após 24h da depilação

por Juliana Melo e Aisla Vasconcelos

Comentários