Estado de Sergipe pode voltar a realizar transplantes renais

0
A tutoria dos profissionais é uma das fases do processo de habilitação exigidas pelo Ministério da Saúde (Foto: arquivo Portal Infonet)

Os profissionais do Hospital Universitário de Sergipe (HU) receberão tutoria (acompanhamento) no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, para implementação do transplante renal na unidade de saúde. A tutoria dos profissionais é uma das fases do processo de habilitação exigidas pelo Ministério da Saúde. Com isso, Sergipe pode voltar a realizar transplantes renais.

A tutoria é resultado de uma visita técnica realizada entre os dias 10 e 11 de setembro por técnicos do hospital Israelita Albert Einstein, à Central de Transplantes de Sergipe e de órgãos competentes para habilitação do HU/SE para implantação do serviço de transplante renal. O hospital foi considerado apto pelo Ministério da Saúde.

De acordo com o médico Antônio Alves Júnior, presidente da Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes (Cihdott) do HU/SE, a relação com os nomes dos profissionais já foi encaminhada ao Ministério da Saúde. “A primeira fase da habilitação é o envio do nome dos nossos profissionais, isso nós já fizemos, estamos aguardando que o Ministério da Saúde nos passe o cronograma e as datas da tutoria”, explica.

Cobrança

Vereador Seu Marcos ao lado do promotor de justiça Manoel Machado (Foto: Assessoria do Parlamentar)

Na terça-feira, 8, o vereador Seu Marcos esteve no Ministério Público, na promotoria de saúde, cobrando do órgão respostas sobre o envio da lista dos funcionários do HU para treinamento. O vereador entende que é inadmissível Sergipe ter um hospital apto a realizar os transplantes e perder a oportunidade de voltar a realizar o procedimento em Sergipe.

Já são sete anos sem realizar um transplante em Sergipe. Aracaju é a única capital do país que não realiza transplantes e são muitas pessoas fazendo hemodiálise, precisando fazer um transplante de rim. Estivemos no Ministério Público, que já tem ações ajuizadas para que o Estado volte realizar os transplantes, para pedir que o promotor Manoel Machado cobre essa demanda do HU, porque nosso receio é que o prazo dado pelo Ministério da Saúde seja finalizado e pela segunda vez Sergipe perca essa oportunidade”, explica o parlamentar.

O HU/UFS, ratifica que não há pendências, por parte do hospital, referentes ao início da tutoria no Hospital Israelita Albert Einstein visando à implementação do transplante renal no HU/UFS, e afirma que todos os trâmites que dependem da unidade de saúde foram cumpridos. Para confirmar a informação, o HU-UFS esclarece que no último dia 8 recebeu do hospital Albert Einstein comunicado oficial, cujo trecho segue abaixo:

“Prezados candidatos ao projeto de tutoria de rim do Hospital Universitário de Sergipe, é com grande satisfação que informamos que vocês foram contemplados para realização da tutoria de transplante de rim, via indicação pela Secretaria de Saúde do Estado e Central Estadual de Transplantes de Sergipe em parceria com Programa de Transplantes do Hospital Albert Einstein, via  PROADI-SUS”.

Por Karla Pinheiro

*matéria alterada às 11h11 do dia 10/10 para acréscimo de informações do HU/UFS 
Comentários