Maternidade abordará a atenção humanizada ao recém-nascido

0
O evento acontece no auditório da unidade das 7h às 19h, com uma carga horária de 30 horas (Foto Flávia Pacheco)

A Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL), Unidade gerenciada pela Secretária de Estado da Saúde (SES), referência no atendimento às gestantes de alto risco e bebês prematuros vai realizar durante os dias 26, 27 e 28 de Agosto Dourado  o Curso de Sensibilização em Atenção Humanizada ao Recém-Nascido de Baixo Peso – Método Canguru.

O evento acontecerá no auditório da Instituição, das 7h às 19h, com carga horária de 30 horas, certificado, participação de 30 servidores do corpo clínico da maternidade e ministrado pelos  tutores estaduais e matriciais da própria MNSL.

Conhecido como modelo de assistência ao recém-nascido (RN) de baixo peso, o Método Canguru é voltado para o cuidado humanizado, que visa o reforço do vínculo afetivo entre a mãe e o bebê através do contato pele a pele, o estímulo ao aleitamento materno e o melhor amparo ao RN.

O instrutor e neonatologista da MNSL, Alex Santana, comentou que o treinamento tem como objetivo conscientizar e sensibilizar os funcionários da unidade quanto à importância da participação no método canguru. “A capacitação da metodologia canguru acontece todos os anos na ‘Lourdinha’ com o intuito de rever e melhorar a forma de atender ao RN”, falou Alex.

O curso contará com a participação de 30 servidores, entre eles: neonatologistas, pediatras, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais, enfermeiros, técnicos de enfermagem, auxiliares de enfermagem, psicólogos, assistentes sociais, biomédicos e nutricionistas, que receberão aulas interligadas, com teorias e dinâmicas.

Aulas

“Chamar atenção para ensinar aos novos profissionais e relembrar a quem já participou do curso sobre a importância do cuidado ao recém-nascido”, ressaltou o instrutor e neonatologista da MNSL, Paulo Menezes.

De acordo com Paulo serão ofertadas oficinas, como a prática de cuidados. “A turma irá ser dividida em três fases, uma estação será sobre aleitamento materno, outra a respeito dos cuidados de enfermagem e a terceira sobre posicionamento canguru. Em outro momento o grupo será dividido em duas equipes, nesse instante iremos discutir textos psicológicos, os quais retratarão sobre perdas e rotina de trabalho”, concluiu Menezes.

Fonte: SES

Comentários