Nestor Piva: SMS prevê retomar atendimento geral neste sábado, 29

0
Prefeitura de Aracaju atua para reestabelecer atendimento após incêndio no Nestor Piva (Foto: André Moreira)

O atendimento geral na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Nestor Piva, que registrou incêndio na manhã desta sexta-feira, 28, pode ser retomado neste sábado, 29. A possibilidade foi informada pela secretária da saúde de Aracaju,  Waneska de Souza Barbosa.

De acordo com a secretária, uma equipe da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) esteve no hospital junto com a empresa que administra o local trabalhando para que o atendimento geral possa ser normalizado.

A secretária salienta que o atendimento para pacientes com covid-19 será o único que permanecerá suspenso. “O atendimento covid-19 dependerá do estudo que está sendo feito com os engenheiros para ver o prazo da recuperação do local que foi atingido pelo fogo”, declara.

Ainda de acordo com Waneska, a Secretaria Municipal da Assistência Social, organizou uma força-tarefa para prestar atendimento aos pacientes, familiares e profissionais que estavam no Nestor Piva no momento do incêndio.

“Uma equipe está trabalhando para dar informações sobre os pacientes e para acolher as famílias dos pacientes que foram a óbito. A Rede de Atenção Psicossocial, em parceria com a Secretaria Municipal de Planejamento (Seplog), montou uma estratégia de atendimento para todos aqueles que estavam no local no momento do incêndio e que ficaram abalados psicologicamente com essa tragédia”, detalha Waneska.

Sobre o incêndio

O incêndio no Nestor Piva teve início na sala de prescrição médica da ala covid, e não no setor de internamento, como foi informado inicialmente. No momento do incêndio, havia 41 pacientes na unidade, sendo 24 internados na ala covid, 14 na ala de internação geral e três em observação.

Por causa do incêndio, foi necessário evacuar e isolar toda a UPA, sendo necessário remover 35 pacientes e 37 profissionais que trabalhavam na unidade. Quatro pacientes foram a óbito, todas mulheres, com idade entre 49 e 77 anos. Três delas faleceram no local e uma durante a transferência.

Os pacientes que necessitaram de transferência foram acolhidos pelos hospitais de Urgência (Huse), da Polícia Militar (HPM), Cirurgia, Santa Isabel, Senhor dos Passos, Primavera, Hapvida, Fernando Franco e leitos do Caps Jael Patrício. Demais usuários do SUS que recebiam atendimento porta aberta e funcionários que inalaram fuligem também foram transferidos pelo SAMU.

Com informações da SMS

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais