PF cumpre mandados por suspeita de fraude no Hospital de Campanha

0
Segundo a Polícia Federal, estão sendo cumpridos três mandados de busca e apreensão em Aracaju (Foto: Sérgio Silva/PMA)

A Polícia Federal (PF) deflagra nesta sexta-feira, 02, a Operação Raio-X, com o objetivo de obter provas para investigação que apura possíveis desvios de verbas públicas e fraude na contratação de empresa para realizar exames de diagnóstico por radiologia em pacientes do Hospital de Campanha de Aracaju.

Segundo a Polícia Federal, estão sendo cumpridos três mandados de busca e apreensão em Aracaju, expedidos pela 1ª Vara da Justiça Federal de Sergipe. A Operação Raio-X é um desdobramento da Operação Serôdio e conta com análises técnicas da Controladoria-Geral da União (CGU/SE).

De acordo com a PF, a empresa investigada foi contratada por R$ 387.582,00 pela Secretaria Municipal de Saúde de Aracaju, porém não possui empregados registrados, seu endereço é inconsistente e o proprietário está recebendo auxílio emergencial.

Durante a investigação, foram constatadas irregularidades na contratação e indícios de
favorecimento. De acordo com a PF, a empresa foi contratada sem preencher diversos requisitos e com proposta em desacordo com o termo de referência. Também foram identificados indícios de inexecução
contratual.

PMA

A assessoria de comunicação da Prefeitura Municipal de Aracaju encaminhou um vídeo com o esclarecimento da secretária da Saúde de Aracaju, Waneska Barbosa, sobre a operação deflagrada pela Polícia Federal.

Confira:

Fonte: Polícia Federal em Sergipe

*A matéria foi alterada às 13h51 para acréscimo de vídeo da secretária com o esclarecimento
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais