Prefeitura de Aracaju retoma consultas presencias com psicólogos

0
No entanto, nesse período, os pacientes não deixaram de ser assistidos porque foi criado o Serviço de Apoio Psicológico (Sapsi) Remoto, com acesso pelo telefone pelo 0800 729 3534 (opção 2) (Foto: PMA)

A partir do dia 1º de setembro, a Prefeitura de Aracaju, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), retoma as consultas presenciais com os psicólogos das Referências de Saúde Mental na Atenção Básica. O serviço presencial estava suspenso desde o começo da pandemia da covid-19, obedecendo aos critérios das medidas de isolamento social instituídos em decretos do Município e do Estado.

No entanto, nesse período, os pacientes não deixaram de ser assistidos porque foi criado o Serviço de Apoio Psicológico (Sapsi) Remoto, com acesso pelo telefone pelo 0800 729 3534 (opção 2). De acordo com a coordenadora da Rede de Atenção Psicossocial (Reaps), Chenya Coutinho, na próxima terça-feira, serão retomadas as consultas presencias, com os psicólogos na Atenção Básica.
“As agendas já estão abertas, e a população que tenha encaminhamento para atendimento com psicólogo, é só ir até a Unidade Básica de Saúde [UBS] mais próxima de sua residência e dar entrada no sistema. As vagas são reguladas pelo Núcleo de Controle, Avaliação e Regulação (Nucar), que realiza o agendamento da consulta para o psicólogo disponível e mais próximo da Unidade do usuário”, explica.
Serviço de Apoio Psicológico Remoto
Ainda segundo a coordenadora, devido às medidas restritivas de distanciamento social e orientações do Conselho Federal de Psicologia, os psicólogos estavam trabalhando de maneira remota, através do Serviço de Apoio Psicológico (Sapsi). Mesmo com a retomada dos atendimentos presenciais, a SMS continuará com o Sapsi, que precisou ser remodelado, para garantir o atendimento presencial, bem como sua manutenção.
“A partir de setembro, o atendimento pelo 0800 729 3534 (opção 2), será disponibilizado de segunda a sexta, sempre das 8h às 20h. Ao ligar, o cidadão tem sua chamada repassada para um dos quatro psicólogos por turno, que compõem a Rede de Atenção Psicossocial. Não teremos mais o atendimento aos sábados, porque já tínhamos percebido que a procura dos usuários era muito pequena, e não estavam justificando manter estes profissionais disponíveis”, enfatiza.

 

Fonte: PMA 

Comentários