Profissionais do Huse reivindicam 40% de insalubridade e podem parar

0

Técnicos e auxiliares de enfermagem que trabalham no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) realizaram uma manifestação na manhã desta sexta-feira, 29. O objetivo foi cobrar 40% de insalubridade e caso o pagamento não seja efetuado, uma paralisação não está descartada.

Eles fazem um apelo aos órgãos competentes para que possam ser atendidos, já que segundo a categoria, os funcionários estão há oito anos sem aumento salarial.

O Governo do Estado informa que em relação aos 40% de insalubridade, a Secretaria de Estado da Saúde informa que está realizando estudos técnicos acerca do assunto e tratando o pleito junto à Procuradoria Geral do Estado.

por Aisla Vasconcelos

Comentários