Secretário promete inaugurar maternidade Hildete Falcão em 60 dias

0
Secretário de Saúde estipula novo prazo para inauguração da maternidade Hildete Falcão (Foto: Arquivo Infonet)

O secretário de Estado da Saúde, Valberto Oliveira, garantiu, durante visita a Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) nesta quarta-feira, 2, que a Maternidade Hildete Falcão será inaugurada em até 60 dias. De acordo com o gestor, tratativas com a Universidade Federal de Sergipe (UFS), que manifestou interesse em utilizar o prédio com seus profissionais e alunos, estão sendo feitas, mas ainda não há nenhuma definição.

O gestor explicou que a UFS manifestou interesse em utilizar a maternidade para que profissionais fizessem residência em obstetrícia, mas nada ainda foi definido. “ A obra da maternidade já está praticamente concluída, falta apenas o forro e a parte elétrica, então devemos inaugurar em 60 dias. A UFS manifestou interesse no prédio, faríamos um contrato de comodato onde a SES entraria com os equipamentos e a UFS com o material e os recursos humanos. Houve o interesse, mas não avançamos nas conversas. Vamos procurar novamente a UFS e saber se ainda há interesse”, diz o secretário.

Já o Banco de Leite que fica anexo ao prédio da Maternidade Hildete Falcão, deve ser inaugurado no dia 15 de outubro. O Ambulatório de Retorno, Follow Up, que também fica num anexo da maternidade Hildete Falcão, também será inaugurado até o final de outubro, ambos funcionarão com profissionais da SES. “Se não inauguramos até o dia 15 de outubro, inauguramos o Banco de Leite até o dia 30 deste mês. Poderemos ter em Sergipe um dos melhores Bancos de Leite do país”, destaca o gestor.

As obras da maternidade Hildete Falcão tiveram início no mês de maio de 2017. De acordo com a SES, a maternidade foi Idealizada para parturientes de baixo risco. A unidade terá em sua estrutura operacional 38 leitos de internação; três leitos de PPP (Pré-parto, parto e pós-parto) em um mesmo local; 10 leitos de UTIN (UTI Neonatal); outros oito leitos de pré-parto; uma sala cirúrgica e duas salas de parto normal.

Por Karla Pinheiro

Comentários