SES divulga primeiro exame de criança morta com suspeita de dengue

0
A primeira suspeita da SES foi de que a criança tenha sido  vítima de dengue grave (Foto: Agência Brasil)

O Instituto Adolfo Lutz liberou o primeiro exame da menina de 10 anos que morreu em maio deste ano com suspeita de dengue grave, no município de Itabaianinha. De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (SES), o exame de PCR,- que identifica se existia algum processo inflamatório,- deu negativo.

A diretora de Vigilância em Saúde da Secretaria Estadual de Saúde (SES), Mércia Feitoza, acrescenta que ainda aguarda um segundo exame para chegar ao laudo. “Temos que ter o resultado do segundo exame. Precisamos da histopatologia das peças que foram coletadas, mas não temos data prevista para recebermos o resultado. O Adolfo Lutz é um laboratório de referência nacional e com a demanda de todo país por causa da dengue e do sarampo o prazo se alongou”, diz.

Dengue
A Secretaria de Estado da Saúde de Sergipe (SES) divulgou na manhã desta quarta-feira, 21, um novo informe epidemiológico da dengue das últimas duas semanas que confirma o aumento no número de casos da doença no estado. O balanço das equipes de vigilância epidemiológica registrou 405 notificações com a confirmação de 200 novos casos de dengue.

Até o momento, o Estado de Sergipe registra oito mortes em decorrência da doença. Sendo cinco mortes de crianças e mais três de adultos.

por Raquel Almeida

Comentários