Tomógrafo parado há 15 dias volta a funcionar no Hosp. João Alves

0
Um dos tomógrafos voltou a funcionar (Foto: SES)

Um dos tomógrafos do Pronto Socorro do Hospital Governador João Alves Filho, que estava quebrado há pelo menos 15 dias, voltou a funcionar na tarde desta quinta-feira, 10. A informação foi divulgada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES).

De acordo com o coordenador da enfermagem do Hospital, Vinícius Vilella, o tomógrafo passa por fase de testes e após 24 horas será liberado para a realização dos exames. “Os pacientes de urgência já estão realizando esses procedimentos no próprio hospital e o fluxo está da seguinte forma: estamos fazendo os pacientes de emergência e os eletivos internados. Os eletivos do Centro de Oncologia continuam fazendo no Hospital Cirurgia”, explicou.

Em relação ao segundo aparelho localizado no Centro de Oncologia, a Secretaria de Estado da Saúde informou que já está providenciando a substituição de uma peça e que, por enquanto, os pacientes da radioterapia continuam realizando os exames no Hospital Cirurgia.

Ainda segundo a SES, os pacientes que precisaram realizar o exame durante o período que esteve quebrado não ficaram desassistidos. Todos foram encaminhados para o Hospital Cirurgia que realizou 220 exames, sendo 191 em pacientes da Área Verde Trauma e Azul, além de 29 exames em pacientes graves, internados na Área Vermelha do hospital.

“Logo que foi detectado o problema no equipamento, a Secretaria de Estado da Saúde instituiu fluxos para realização dos exames de tomografia computadorizada para não prejudicar a assistência. Foi criado um Plano de Contingência para o Estado, utilizando outros quatro equipamentos disponíveis, atendendo a necessidade de toda a Rede, desde o Pré-Hospitalar até o componente hospitalar, incluindo a demanda oncológica ambulatorial para planejamentos de pacientes com necessidade de Radioterapia” disse a pasta.

 

Com informações da SES

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais