Unidade Móvel leva testes rápidos de HIV e Sífilis aos municípios

0
Serão realizados testes rápidos nesta sexta-feira, 13, em Carmópolis (Foto: SES)

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), em parceria com os municípios, no mês Dezembro Vermelho, período voltado à sensibilização da população sobre a prevenção e o tratamento precoce contra o HIV (Vírus da Imunodeficiência Humana), a Aids (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida) e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST’s), está intensificando ações voltadas às realizações de testes rápidos de HIV, Sífilis e Hepatite B e C.

Serão realizados testes rápidos nesta sexta-feira, 13, em Carmópolis, onde a unidade móvel ficará estacionada na Praça Poeta José Sampaio. Na próxima segunda, 16, retornará ao município de Nossa Senhora do Socorro. No dia 18, quarta-feira, irá a Itabaiana, onde ficará na feira principal, próximo ao mercadão. Na quinta, 19, estará  em Nossa Senhora das Dores. A realização dos testes, em todos os municípios, serão das 8h às 13h.

Destacando a importância da intensificação na campanha, o gerente do Programa IST/Aids, Almir Santana, salienta que a Unidade Móvel vai aos municípios  e circula pela capital durante todo o ano, no entanto, em dezembro há uma mobilização maior. “No mês de dezembro, estamos intensificando, no sentido de levar o teste para onde as pessoas estão,  incentivamos os municípios e fazemos as ações em parceria. Estamos realizando os testes nos municípios que solicitaram nossa parceria.

O médico, ainda destaca a necessidade do diagnóstico precoce para a qualidade de vida, e incentiva a população a aderir às ações, a realizar os testes e, principalmente, a se prevenir. “Descobrir no início da IST é  extremamente importante para qualidade vida das pessoas, então quanto mais cedo, melhor será. Considero que o aconselhamento é tão importante quanto os testes, no aconselhamento as pessoas são orientadas independentemente se for reagente ou não. Quando a pessoa não tem IST,  é estimulada a continuar na prevenção. Além disso, mostramos que existe a janela imunológica, que é o período mínimo de trinta dias para o exame dar reagente. Se for positivo para algumas das infecções, realizamos o encaminhamento”, disse, Almir Santana.

Fonte: SES

Comentários