A facada de Bolsonaro resvala no ódio q pretendem difundir em Sergipe

0
No traço de Rafael Balbueno, pílulas de ódio: medicamento midiático. (Publicado no site Jornalismo B)

 

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

“Radical é quem se pendura numa ideia fixa. Fundamentalista, quem confunde faca nos dentes com pensamento afiado”. Com a simplicidade e a sobriedade que marcam a sua personalidade, história e carreira, o sergipano e ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Carlos Britto, usou sua conta no Twitter (@ayres_britto) para postar a frase acima que é, como disse, bálsamo para os olhos, ouvidos, corações e cérebros que querem mais compreensão e menos intolerância nas relações humanas.

A gritante polarização social e política que passa o país é um fenômeno que, à luz do presente, não pode ser dimensionado. Só no futuro os historiadores, sociólogos e antropólogos poderão compreender com mais clareza e precisão esta quadra? da realidade brasileira.

A prova destes polos antagônicos que vocalizam ódio e a intolerância foi a agressão quase letal sofrida pelo presidenciável Jair Bolsonaro. Dono de um controverso discurso e cujas palavras e expressões se não fazem apologia ao preconceito, no mínimo instiga aos seus seguidores atuarem com um conservadorismo capaz de retroagir quase ao século XIX. Lógico que nada justifica o ato criminoso sofrido por Bolsonaro. Mas as ideias que ele defende fizeram avolumar o polo oposto e criaram uma clara cisão perceptível hoje na sociedade.

Não se pode resumir o Brasil aos “bolsomitos, petralhas e/ou esquerdopatas”. Incentivar e defender esta polarização resulta em mais violência, preconceito e intolerância: e disso ninguém precisa. Usar esta argumentação e semeá-la em meio aos setores sociais para angariar votos é de uma desonestidade intelectual que se aproxima do fascismo, seja de direita ou de esquerda, pois não se deve esquecer dos exemplos históricos.

Pelo que se percebe tem coordenação de campanha aqui em Sergipe apostando nesta estratégia: “dividir para conquistar”. Estes métodos nazistas de criar uma divisão social para lograr êxito eleitoral é algo que nem a imprensa deve dar voz, nem as candidaturas concorrentes devem responder neste nível tão lastimável de incitação ao ódio.

A violência moral, a exortação da degeneração social é a política dos desesperados. Querer inventar uma falsa dicotomia de que em Sergipe há grupos políticos ligados a A ou a B é relativizar a história recente do Brasil e de Sergipe. E mais: os sergipanos, não precisam, não podem e não merecem ser expostos a uma propaganda tão enganosa, tão dissimilada, a fim de confundir a opinião pública e evitar tratar de temas realmente pertinentes. O time que mais perde nessa invasão diária de mentiras e fraudes é o povo que pouco se interessando pela campanha política.

Tentar criar divisão e estimular a hostilidades entre sergipanos de boa? não é coisa de gente séria e ética. São canalhas travestidos de políticos. Que vençam as propostas e não a mentira; que os candidatos expressem seus pontos de vista sem a necessidade de instigar litígios no seio da sociedade.

Isto é sério! E quando se vê casos como o de Bolsonaro, ou mesmo alguém fazendo referências fascistas à deficiência de Lula (por não ter os dez dedos das mãos); ou quando vemos mulheres sendo mortas, jovens no submundo do crime, crianças na prostituição, perguntamos: de quem é a culpa? A resposta é óbvia: de todos aqueles que criam falsas polêmicas para enganar o povo e se manter no poder. Usam de uma propaganda macabra para não esclarecer, mas confundir o eleitor com fins meramente eleitoreiro.

Estes métodos são tão assemelhados ao fascismo que colocam na vala comum direita e esquerda, os que assim procedem. Irmãos siameses ligados umbilicalmente pela mais tenebrosa consciência de que o povo é mero fantoche em nome de um pseudogoverno. Sergipe não precisa nem de caricaturas de Stalin nem de Hilter.

 

Operação Marcha à Ré: delação premiada começa a ser negociada Devido ao grande número de provas presentes nas investigações da Operação Marcha à Ré, que investiga o desvio de recursos do transporte escolar em Sergipe, através de um pregão eletrônico comprovadamente burlado, um advogado de um empresário envolvido no caso já começou a negociar a delação premiada do cliente. Inclusive já começou a dar detalhes do esquema montado no dia do pregão. Deixaram alguns rastros contundentes.

Não tem advogado renomado que dê jeito É muita dor de cabeça e o quadro de ansiedade e desespero toma conta de alguns dos empresários. A cada dia que a investigação aumenta provas aparecem junto com várias contradições dos envolvidos. A delação premiada deve amenizar a situação de um dos envolvidos, mas deixará o principal beneficiado numa situação vexatória. Será preciso muito lexotan para conseguir dormir a partir de agora.

Ex-governador e candidato ao Senado preso E ontem, 11, o ex-governador do Paraná e candidato ao Senado, Beto Richa, foi preso numa operação da Polícia Federal. Em todo país ex-governadores ficaram com medo. Ainda bem que em Sergipe não tem ex-governador e candidato este ano preocupado com alguma coisa. Já pensou? A campanha daria marcha à ré.

Heleno: ou vai ou racha agora E foi realizada uma reunião em Aracaju com o representante do bispo Edir Macedo, Eduardo Amorim e Heleno Silva. Na pauta: ou junta a campanha dele com André Moura, com os prefeitos votando nele, ou Eduardo Amorim perderá o apoio da Universal. O reboliço continua…

3º Capítulo da novela “Os Pothocas de Socorro Recentemente o famoso potchoca rei, em uma carreata no conjunto Bugio, em Aracaju, estava colando adesivos do seu “dono” e “pediu” para colocar um adesivo em um carro que estavam os adesivos do candidato ao governo e outro do Senado. O pedido foi quase uma exigência ao rapaz, dizendo que teria que votar em seu candidato ao Senado também. O rapaz sem graça deixou colocar. O potchoca rei desesperado, arrancou o adesivo do outro candidato ao Senado e colocou o adesivo do dele. Quando ele foi pedir pra colocar em outro carro, de uma moça que observou toda cena ela não deixou colocar. O pothoca rei foi firme na pressão, mas a moça foi irredutível e disse: “se você não tivesse arrancado o de …….. (o outro candidato), eu até deixaria…” Mais um exemplo que mostra o desespero. O pothoca rei quase sai no tapa com a moça covardemente já que pelo histórico não é simpatizante, mas não precisa dar chilique né?

TJSE orgulhando os sergipanos E o TJSE continua a cada dia orgulhando os sergipanos. Recentemente duas decisões mostraram que o Poder Judiciário está em sintonia com os anseios da sociedade. Depois da decisão que restabeleceu o preço menor para a coleta do lixo em Aracaju, o TJSE reafirmou a legalidade da greve dos médicos da capital. O prefeito Edvaldo Nogueira brinca de administrar, enquanto os aracajuanos passam por graves problemas. Já tem gente com saudade de João Alves. Aliás, o próprio prefeito Edvaldo também, já que convidou Vinicius Porto do DEM para ser o seu líder. Arrepare, Osmário!

Mais um exemplo de traição Já chegou ao conhecimento do PT que o candidato a deputado estadual Robson Viana está indicando lideranças na periferia de Aracaju para que votem com o candidato André Moura. Rogério está sendo contido para não se desconcentrar da campanha, mas setores da base partidária estão querendo fazer um ato, para denunciar a traição de Jackson ao candidato da coligação.

Em carta, Lula cita PSB, mas não menciona nem MDB tampouco PSD. O que dirão aqui em Sergipe? Enfim Lula desistiu oficialmente de disputar a eleição e indicou o então vice Fernando Haddad. Em carta endereçada ao “povo brasileiro”, se diz perseguido e pede que seus seguidores passem a apoiar a dupla Haddad-Manuela que encabeçarão a coligação “O Povo Feliz de Novo”.

Detalhe Mas um detalhe chama a atenção no comunicado de Lula: ele faz menção ao PSB que considera uma força progressista importante. E agora? Os petistas e governistas em Sergipe negarão seu líder maior? Aliás, não é a primeira vez o que cúpula do PT nacional corteja os pessebistas: o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, chegou a ser convidado para ser coordenador da campanha petista. Ou seja, o discurso da conveniência é sempre desmentido pelos fatos.

Prefeitura de Aracaju altera licitação do Lixo e muda ganhador do certame E o artigo do blog de ontem, 11, repercutiu na Câmara de Aracaju, através do vereador Elber Batalha (PSB). “A Justiça sergipana já determinou que o contrato com a Torre seja anulado e a Tecnal assuma a coleta de lixo em Aracaju. Dentre outras questões está a justificativa da inabilitação por mero formalismo, um simples endereço serviu de desculpas para a Prefeitura colocar a sua empresa preferida, Torre, no lugar”.

Histórico O parlamentar explicou que a empresa Tecnal Ambiental em Aterros Sanitários ganhou a licitação, que começou em maio de 2017 e foi desclassificada pela Emsurb, órgão da Prefeitura de Aracaju que realiza o certame, com a justificativa de que o engenheiro responsável pela empresa Tecnal não estava com seu endereço atualizado nos cadastros do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio Grande do Norte (CREA/RN), cidade sede da empresa. “Vejam a que absurdo chegamos. Para dar a vitória da licitação do Lixo de Aracaju à empresa Torre, a Prefeitura de Aracaju desclassificou uma empresa que fez proposta de menor valor, com base na justificativa da discrepância de endereço”, alertou.

Sem crédito “Não dá para acreditar na retidão e na moralidade desta gestão. Essa Prefeitura deve a alma a Torre. Os corredores do executivo municipal vivem com o cheiro fétido do Lixo. Quando a gente pensa que já viu tudo que é tipo de manobra do prefeito Edvaldo Nogueira para enfiar de goela abaixo a Torre nos contratos com a Prefeitura de Aracaju, a ponto de mandar arquivar a CPI do Lixo aqui na CMA, ele agora chegou ao cúmulo de desclassificar uma empresa que ganhou honestamente a licitação do Lixo. Eu quero só ver agora se Edvaldo Nogueira vai desrespeitar essa decisão judicial e se envolver novamente com a podridão dos contratos do Lixo em Aracaju”, finalizou.

Banese, do seu jeito? Ou do jeito que ele torra o dinheiro da Gente? Alguém do MP ou de algum órgão investigador pode questionar o Banese Card – que diz na teoria que é dos sergipanos – e seu critério para torrar o dinheiro na publicidade? Qual o critério para planejamento da mídia e divulgação dos seus produtos? Como são escolhidos os veículos de comunicação pelo Banese Card e sua agência de propaganda? Qual a base técnica? Ou tudo é direcionado de acordo com as conveniências políticas? Aliás, tem tanta gente trabalhando no marketing do Banese Card que mais parece uma agência de ponta do Sul do país.

Desculpas É preciso rever essa política de marketing do Banese. Inicialmente, vão dar a desculpa que é de acordo com o Ibope, audiência de programas e sites. Mentira. Geralmente anunciam em quem segue a linha editorial do governo de plantão. Tudo é direcionado, mesmo, para atender às conveniências da politicagem!

Capital social Ocorre que a Banese Card é empresa de cujo capital social o Banese detém parte significativa, o que impõe aos seus gestores o dever de licitação, de transparência e de prestação de contas, acaso tivesse Tribunal de Contas e Ministério Público, em Sergipe. É vergonhosa e inaceitável a condescendência de alguns órgãos com os criminosos de colarinho branco, a exemplo dos olhos que se fecharam para os desvios de recursos públicos praticados por certo candidato ao Palácio dos Despachos, com a pose de homem de bem…

Banese e BanseCard é uma caixa preta Qual o motivo da insistência do Banese em manter uma bandeira que nem o comércio de Sergipe aceita? Amarram o servidor sergipano a uma bandeira que não traz nenhum benefício. Por exemplo, não existe plano de pontos para viagem. O plano de pontos do BaneseCard apenas fica limitado a desconto ínfimo na fatura que deve ter um consumo extremamente alto para um pequeníssimo desconto.                                              

Exemplo do absurdo praticado pelo Banese Card Como o blog postou ontem, 11, no twitter questionamentos sobre o marketing do Banese Card “choveram” reclamações dos leitores. Um deles enviou zap informando que o sistema estava fora do ar na segunda e ele não conseguiu pagar a fatura do Banese Card. E agora não tem mais o direito de pagar com o parcelamento. Agora ou paga o total ou parcela em 18 vezes pagando juros exorbitantes. E ninguém fiscaliza!

Cadê o Ministério Público? Deu ontem, 11, no Fax Aju do jornalista Diógenes Brayner: “O fato deveria ser investigado pelo Ministério Público: Instituto que publicou pesquisa recente de opinião teve encontro sexta-feira com um candidato majoritário. Cobrou R$ 300 mil para colocá-lo na posição que ele quisesse.”

Candidato não aceitou E finalizou Brayner: “O candidato não aceitou e foi posto em posição mais baixa na pesquisa divulgada. Esse Instituto faz uma pesquisa a cada 20 dias e cobra por resultados favoráveis. É uma imoralidade que o MP precisa combater com urgência.”

Falência do ensino médio O Brasil é um dos países com o maior número de pessoas sem diploma do ensino médio: mais da metade dos adultos (52%) com idade entre 25 e 64 anos não atingiram esse nível de formação. O alerta foi feito pelo vereador Vinícius Porto tendo como parâmetro pesquisa realizada pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). De acordo com o parlamentar, o problema tem origem na adolescência, quando jovens entre 15 e 17 anos, que deveriam cursar o Ensino Médio, simplesmente abandonam a sala de aula. “A evasão escolar é alarmante e preocupante”, afirma ele.

Atrativos Para Vinícius Porto, um dos principais motivos para a evasão está na falta de interesse dos alunos pela escola e as aulas. “É preciso fazer com que o ensino seja mais atrativo para os estudantes e que eles encontrem na sala de aula prazer pelo aprendizado e conhecimento. É importante encontrar outras formas, outras linguagens para incentivar a participação e interação dos alunos e reverter o atual quadro”, sugere o parlamentar.

Desempenho Ainda com base na pesquisa, Vinícius Porto destaca que outros países latino-americanos têm melhor desempenho que o Brasil. Na Argentina, 39% dos adultos na faixa de 25 a 64 anos não concluíram o ensino médio, no Chile, o percentual é de 35% e, na Colômbia, de 46%. “Segundo a OCDE, apesar do Brasil investir uma fatia importante de seu PIB na Educação, os gastos por aluno, sobretudo no ensino básico, são baixos. O Brasil investe uma parte relativamente alta tanto de seu produto interno bruto (PIB) quanto do total de gastos públicos na educação. Porém, o gasto por aluno ainda está atrás da maior parte dos países parceiros e da OCDE”, relata o parlamentar.

Investimento “Investir em educação é saudável para o Brasil”, reforça Vinícius Porto ao destacar que a educação traz desenvolvimento econômico e social, além de gerar habilidades para o indivíduo, as quais são benéficas tanto por ele quanto por outros ao seu redor.

Radialistas usam Tribuna Livre para falar sobre democratização da comunicação em Sergipe A Tribuna Livre de ontem, 11, na Câmara Municipal de Aracaju (CMA), foi ocupada pelo secretário de Política Sindical da Federação dos Radialistas do Brasil e presidente de honra do Sindicato dos Radialistas de Sergipe (STERTS), Fernando Cabral, para tratar sobre a democratização da comunicação no estado de Sergipe.

Desafios Ele falou um pouco sobre os novos rumos da comunicação no Brasil e os principais desafios para a implantação de um novo marco regulatório para a área. Cabral enfatizou a necessidade de uma comunicação igualitária, com representatividade popular, onde os diversos segmentos sociais sejam ouvidos para a consolidação da verdadeira democracia.

Inovações “O ser humano vive hoje uma época de inovações tecnológicas e convergência midiática. Cada vez mais se fala em uma comunicação sem fronteiras, que conecta todo o mundo. A TV digital e a internet banda larga já fazem parte do cotidiano, embora nem todos tenham acesso. Mesmo diante deste cenário, a atual legislação do setor das comunicações é arcaica e defasada, pois o Código Brasileiro de Telecomunicações está em vigor desde 1962 e até hoje não sofreu alterações”, lembrou.                                                                                    

Gigantes da mídia nacional têm encontro hoje em Aracaju Cerca de 50 profissionais de marketing e propaganda estarão reunidos na manhã de hoje, 12, para discutir estratégias de mídia que alcancem o consumidor moderno. Agências de propaganda e anunciantes participarão do evento “A Mídia no Divã” organizado pela PubliMídia, empresa especializada em estratégias diferenciadas.

Cinemark e Globosat discutirão as novas formas de alcançar os clientes “Nosso compromisso é contribuir com a união e crescimento do nosso mercado de propaganda”, afirma Lúcio Flávio Rocha, diretor da PubliMídia.
O evento é gratuito e marca os 13 anos de existência da empresa em Sergipe. Na oportunidade, executivos das empresas Cinemark e Globosat estarão em Sergipe apresentando cases de sucesso e tendências para o mercado.                                                                                 

Oficina No próximo dia 28 de setembro na Faculdade Pio X, no Campus do Bairro Jabotiana, será realizada a oficina “Planejamento de Obra com o uso da Plataforma BIM,” das 8h às 12h. O evento terá como instrutor o professor e mestre Rogério Henrique Frazão Lima, arquiteto e urbanista, com uma vasta experiência na área. O evento é uma realização da Associação Sergipana dos Empresários de Obras Públicas e Privadas – ASEOPP e do Clube de Engenharia de Sergipe. Tem o apoio do Sebrae/SE, CREA-SE e da Faculdade Pio X.

Minicursos sobre Aromaterapia No próximo fim de semana, no sábado, 15, e no domingo, 16, serão realizado dois minicursos sobre Aromaterapia. No sábado será no Campus da UFS de Lagarto e no domingo no auditório do NAT em Aracaju. O curso começa às 8h e vai até às 17h. Inscrições pelo email- cursospraticas2015@gmail.com Facilitadora: Neumênia Barroso França mais conhecida como Neu Barroso, 40 anos, líder e treinadora de equipes há 7 anos, aromaterapeuta especialista em aromatologia (estudo científico do uso dos óleos essenciais na saúde) e Psicoaromaterapia (estudo dos efeitos psíquicos dos óleos essenciais).

Inscrições do concurso literário de Monte Alegre de Sergipe chegando ao fim Nos últimos tempos o estado de Sergipe vem respirando um ar literário que enobrece a todos os amantes da leitura e escrita com a criação de concursos e movimentos literários. Tal fato vem descobrindo novos escritores e estimulando aos veteranos a produzirem ainda mais. Dentro desse universo, o município de Monte Alegre de Sergipe, situado no alto sertão sergipano, vem se destacando devido às diversas ações de incentivo à leitura e escrita dos seus cidadãos protagonizadas por estudantes e professores.

História Em 2016, uma Comissão Organizadora formada por Carlos Alexandre, Izaque Vieira, Márcia Fernanda e Marcos Antônio organizou o I Concurso Literário de Monte Alegre de Sergipe, focando nos gêneros textuais: Crônica e Poema. Foram 78 escritores inscritos, advindos de diversas partes do nosso país que colocaram seus textos para apreciação dos avaliadores. Todos receberam um certificado de participação e os ganhadores foram premiados no dia do aniversário do município, 25 de novembro de 2016.

Prazo Este ano, a Comissão Organizadora coloca a disposição de toda a população monte-alegrense, sergipana e brasileira o II CONCURSO LITERÁRIO DE MONTE ALEGRE DE SERGIPE. Nesta edição, os amantes do Conto terão seu espaço reservado, pois os gêneros contemplados pelo Concurso são: Conto, Crônica e Poema. As inscrições se encerrarão no dia 20 de setembro de 2018. Não é momento de ficar de fora. Produza os textos e encaminhe-os para o e-mail: concursoliterariodema.se@gmail.com. Vale ressaltar que o custo simbólico da inscrição é de R$ 10,00. Outras informações podem ser obtidas pelo endereço eletrônico acima. Lembre-se que a liberdade de escrever, nos torna dono do mundo. (Profº Carlos Alexandre Nascimento Aragão/ Membro da Comissão Organizadora).

PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018

Nota de Esclarecimento sobre publicação de ontem, 11, enviada por moradores de Salgado publicada neste espaço: Venho, por intermédio deste texto, manifestar o meu desalento em relação à nota depreciativa em relação à minha pessoa que restou publicada no renomado blog do jornalista Cládio Nunes.

Desempenho as minhas atividades como servidor policial civil do estado de Sergipe há mais de 32 anos anos e me notabilizei, modéstia à parte, por conta do enfrentamento direto e diuturno à marginalidade.

Outrossim, tenho o privilégio de ser reconhecido pelos meus pares e superiores como um profissional da segurança pública que sempre pauta a sua conduta visando sobretudo defender, dentro dos ditames de um estado democrático de direito, a população sergipana, sobretudo aquela mais carente.

No tocante à notícia que restou veiculada pelo respeitado e competente jornalista, informo que estava em momento de folga e diferentemente do que foi dito, não utilizava veículo oficial do estado. Em realidade, o automóvel Tucson, de placa OEO 5701, trata-se de veículo locado por mim mesmo, haja vista a finalidade a que vem se destinando durante este período.

No mais, acredito piamente que a imprensa é um inequívoco porto seguro, em cuja estrutura todo e qualquer regime democrático deve se pautar e se guiar como horizonte. Todavia, críticas e denúncias infundadas sempre farão parte do nosso cotidiano, e é justamente a imprensa livre e independente que também nos socorrerá em situações semelhantes.

Obrigado.

Agente de polícia Raimundo.

Observação do blog: a denúncia dos moradores de Salgado foi por conta também do uso da farda da PC e não por pedir votos que é normal em qualquer democracia.

Preço do GNV em Sergipe Pelo zap: “Alguém sabe explicar por qual motivo o preço do GNV em Sergipe é absurdo? Sendo que Sergipe é uns dos maiores produtores do Brasil? Até em Alagoas o GNV é mais barato. “

A Bancada Federal de Sergipe Por Antônio Samarone: “Para ser deputado federal em Sergipe, não precisa o candidato conhecer os eleitores, nem ser conhecido por eles. Não precisa dizer as razões do seu pleito, em pouco tempo os eleitores não se lembrarão em quem votaram. A votação do federal dependerá apenas de quem o candidato contratou para apoia-lo. Não precisa sair em cima de uma caminhoneta, acenando para o eleitor. Na verdade, é o candidato quem escolhe os eleitores que votarão nele.” Todo o texto.

Dick Vigarista, o trapaceiro das campanhas Do jornalista Geninho (DRT 0002362/SE): “Um verdadeiro Dick Vigarista adquiriu ao longo de campanhas politicas, a cultura de trapacear para prejudicar os concorrentes dos seus provedores. Nesse contexto, já se disfarçou de manicure para “alisar” e observar as mãos dos seus supostos clientes, já tentou vincular o nome de pessoas idôneas aos de pessoas nem tão idôneas assim. Esse seu “talento”, todos sabem, flui somente com o intuito de favorecer aos malandros que o mantém. O que Dick Vigarista nunca fez foi ler os autos dos processos das operações Torre de Babel, Marcha Ré, o porquê do desmanche da DEOTAP e da perseguição a delegada Daniele Garcia e quem foi o mentor da NEFROFAKE. Poderia também o Sr. Dick Vigarista fazer um DIAGNÓSTICO SITUACIANAL da saúde, da segurança e das finanças do estado de Sergipe e publicar no horário eleitoral. Igualmente, o nobre trapaceiro poderia trazer informações comparativas entre os governos de João Alves Filho, Marcelo Déda, do seu senhorio Jackson Barreto/Belivaldo e publicá-las. Nesse caso, certamente o vigarista Dick iria expor a obra que marcou a gestão do seu patrão Jackson Barreto, os bonecos da Rua da Frente. Faço uma sugestão para que o marqueteiro mor das orgias palacianas, publique também nos horários eleitorais, os registros de alguns bacanais bacanas, que aconteceram sempre aos finais das noites de caminhadas políticas.

PELO E-MAIL E FACEBOOK

NOTA DE ESCLARECIMENTO – DER/SE

Em relação às notas ‘Qualidade do asfalto: obra eleitoreira e a vigilância do MP’ e ‘Feito de isopor’, publicadas nesta coluna no dia 11 de setembro, o Departamento de Infraestrutura Rodoviária do Estado de Sergipe – DER esclarece que os serviços de capeamento asfáltico têm sido realizados em tempo hábil e com ótima aceitação por parte da população. Porém, quando os pavimentos estão com problemas de buracos, depressões, ondulações, entre outros, faz-se necessário a aplicação de uma primeira camada corretiva com o objetivo de regular e nivelar a superfície do pavimento e, posteriormente aplicar a segunda e definitiva camada asfáltica. Nos casos dos municípios de Nossa Senhora da Glória e Porto da Folha, foi necessário executar esse tipo de procedimento, sendo que os serviços ficarão prontos nos próximos dias, quando será aplicada a segunda camada de asfalto nos pavimentos devidamente corrigidos. Convém ressaltar que nos municípios já contemplados, os serviços foram executados com ótima qualidade, tendo inclusive o reconhecimento da população, a exemplo dos moradores de Aquidabã, Barra dos Coqueiros, Campo do Brito, Carira, Cedro de São João, General Maynard, Indiaroba, Malhador, Muribeca, Propriá, São Francisco, Simão Dias, Tobias Barreto. A Diretoria do DER encontra-se a disposição para esclarecer quaisquer dúvidas sobre as demandas apontadas nas notas publicadas, tanto aos cidadãos quanto aos veículos de comunicação.

Obs: o blog comprovou in loco a péssima qualidade do asfalto colocado em vários municípios, inclusive com fotos enviadas pelos leitores.

ESPECIAL

Caos em Riachão do Dantas: Ex-prefeita cassada Gerana Costa dilapida o patrimônio Público Municipal e deixa o município no caos.

O Vereador Júnior Lopes – MDB denunciou na tribuna na sessão legislativa de  ontem, 11, a situação de caos que o município de Riachão do Dantas foi deixado logo após a cassação da prefeita gerana Costa. Segundo o vereador Ela abandonou o município ao saber da decisão do TRE/SE em afastá-la, nem sequer havia sido notificada e ela já tinha abandonado o município, não apareceu mais, deixando a situação de caos instalada.

A população ficou durante mais de oito dias sem os serviços essenciais, as aulas da rede pública municipal de ensino foi suspensa, pois não tinha nem veículos para transportar os alunos e muito menos merenda para oferecer. O vereador denunciou a dilapidação do patrimônio público, “tem salas na prefeitura que não existe nem computador e nem arquivo, por onde começar?.

No almoxarifado da merenda escolar do município foram deixados 3 kg de arroz e 2 kg de frango.” O vereador foi mais além, indagou a todos solicitando informações: “onde está o recurso que foi aprovado nesta casa para a pavimentação do conjunto José Lopes de Almeida localizado no Povoado Tanque Novo? Onde foi parar o recurso aprovado nesta casa destinado à construção da base para a distribuição de água no povoado volta?

O Povo quer saber.

Segundo ele as contas do município estão zeradas, sem recurso. “A ex prefeita cassada deve explicações ao povo”. A frota de veículos municipal não tinha condições de operar pois o serviço de abastecimento não era oferecido pelos postos de combustíveis por conta de uma dívida muito alta deixada pela prefeita cassada, “o Hospital estava sem Alimentos e sem médicos, diga que é mentira minha senhores vereadores?.”

O vereador Finalizou seu discurso dizendo que “assim que o prefeito interino terminar o relatório das condições em que foi deixado o município pela ex-prefeita Gerana Costa, encaminhe a esta casa e ao Ministério Público para que sejam tomadas as medidas necessárias.

O patrimônio público de Riachão do Dantas está delapidado. O caos está instalado. A Ex-Prefeita Gerana Costa abandonou o município de maneira irresponsável logo após ser cassada e a população está sofrendo sem a oferta dos serviços essenciais.

PELO TWITTER

www.twitter.com/Milton_Junior80 O debate em redes sociais resumem-se expor ideias e receber de volta memes pejorativos, agressões morais, fake news e outros. A culpa não está na internet e sim nas pessoas.

www.twitter.com/fmncaldas Se impostos resolvessem o problema de um País, seríamos a maior potencia do mundo. Com impostos baixos as pessoas compram mais, aumentam seus bens e o governo arrecada mais, com impostos altos a população compra menos e não acumular bens, isto é, empobrece.

www.twitter.com/ayres_britto O problema é quando o sujeito mascara com palavras fluentes um pensamento gago.

www.twitter.com/frednavarro Palavra da hora (de novo!): “desconstruir”. Desde Duda Mendonça, passando por João Santana, sem destruir o oponente não se constrói uma vitória que preste.

www.twitter.com/FalaSergipe Os candidatos começam a intensificar suas campanhas. Vale tudo por um mandato. Politico sem mandato nem o vento bate nas costas.

www.twitter.com/emanuelcacho Hoje comprovei a competência e capacidade de gestão do Des. Cezário Siqueira Neto (Presidente do TJ/SE). Ele entende que o advogado é parceiro da justiça!!!

www.twitter.com/JailtonSantana_ Sonia Meire- PSOL, “as mulheres ricas viajam para fora e vão fazer abortos em clinicas particulares e ninguém fica sabendo, as pobres mesmo quando sofrem aborto espontâneo são criminalizadas”.

Siga Blog Cláudio Nunes:

Instragram

 Facebook

 Twitter

Frase do Dia
“Não odeies o teu inimigo, porque, se o fazes, és de algum modo o seu escravo. O teu ódio nunca será melhor do que a tua paz.” Jorge Luis Borges.

Comentários