A força dos parentes

0

Ao aprovarem a súmula proibindo o nepotismo no serviço público, os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) não imaginavam o poder de fogo que têm os parentes e aderentes dos políticos. Desde a decisão até agora, pouca gente perdeu o emprego por pertencer à família do chefe de plantão. Em Sergipe, com exceção de um decreto assinado em 2008 pelo governador Marcelo Déda (PT), sobre o assunto, pouco ou quase nada foi feito contra o nepotismo. As prefeituras do interior estão cheias de agregados dos prefeitos, as Câmaras de Vereadores não ficam atrás. Desconhecem-se as exonerações feitas no Legislativo e por aí vai. Pelo visto, o Supremo vai precisar fazer mais do que aprovar uma súmula para moralizar o serviço público brasileiro.

Candidatura lançada

“Tenho a convicção de estar substituindo um homem ético, de presença, companheiro, solidário, de elevada estatura moral, capaz de derrotar a oposição nas eleições para presidência da República em 2010.” A afirmação foi feita pelo governador em exercício Ulices Andrade (PDT), em Canindé de São Francisco, ao agradecer publicamente a Marcelo Deda (PT) e Belivaldo Chagas (PSB) pela oportunidade que lhe deram de chefiar o Executivo sergipano.

Verão e alegria

 

Está tudo pronto para abertura do Verão Sergipe 2009. Nesta sexta-feira (16), a praia da Caueira, em Itaporanga D’Ajuda, receberá o grupo sergipano NaurÊa, que levantará a platéia ao som de seu inovador ‘sambaião’.  Na seqüência, será a vez dos Titãs, uma das mais tradicionais bandas de rock do país. Os paulistas vão relembrar sucessos de mais de 20 anos de carreira. A baiana Daniela Mercury encerrará a primeira noite de animação.  Participe e divirta-se!

 

Está de volta

 

Depois de um curto período de férias em Pernambuco e no Rio de Janeiro, o governador de Sergipe, Marcelo Déda (PT), retorna ao batente nesta sexta-feira. Ele chega em Aracaju ao meio dia e reassume o governo durante solenidade marcada para às 15 horas no Palácio de Despachos. Durante o período em que o petista esteve descansando, o Estado foi governado interinamente pelo vice Belivaldo Chagas (PSB) e pelo presidente da Assembléia, deputado Ulices Andrade (PDT).

 

Sem novidade

Conforme era esperado, os 15 conselheiros do Sebrae Sergipe elegeram ontem a chapa encabeçada por Emanoel Sobral, que ficará na superintendência do órgão pelos próximos dois anos. Também foram eleitos Marcelo Barreto (diretor administrativo financeiro), Gilson Figueiredo (diretor técnico) e Sadi Gitz, presidente do Conselho Deliberativo. A eleição fez parte de um acordo entre parte do grupo antes liderado pelo ex-superintendente Zezinho Guimarães e os empresários ligados à Associação Comercial de Sergipe e ao governo de Sergipe. Pelo entendimento, ficaram de fora o próprio Zezinho e José Tomaz, que presidiu até ontem o Conselho Deliberativo.

Eleição na Acese

 

Os empresários vinculados à Associação Comercial e Empresarial de Sergipe – Acese – participam nesta sexta-feira da eleição da diretoria e do Conselho Deliberativo da entidade para o biênio 2009/2010. A votação vai começar às 14 horas e prosseguirá até 18 horas na sede da Associação. Logo após, será feita a apuração dos votos. O processo da eleição acontece com a chapa “Opção pelo Desafio”, a única inscrita para o pleito e que é liderada pelo empresário Sadí Gitz.  A posse da nova diretoria acontecerá no dia 29, a partir das 20 horas, no auditório Atalaia do Centro de Convenções de Sergipe.


Prepare o bolso


Quem perder o emprego sem justa causa e receber aviso prévio indenizado sairá com menos dinheiro. O governo retomou a cobrança da contribuição para a previdência social sobre esse benefício, suspensa desde 1999. A medida, na prática, aumenta o custo da demissão num momento em que várias empresas estão dispensando funcionários. Agora, tanto o empregador quanto o trabalhador demitido terão de contribuir para a previdência sobre o aviso prévio. Para o empresário, a tributação é de 20% sobre a folha de pagamento. O empregado vai pagar de 8% a 11% conforme a faixa salarial, com limite máximo de R$ 334,29.


Contrato milionário


A construtora Norcon deu início à utilização dos recursos acordados com a Caixa Econômica Federal (CEF) no ano passado. O protocolo de intenções no valor de R$ 3,6 bi liberou os primeiros R$ 4 milhões, através de um novo contrato assinado entre as partes. Esses primeiros valores integram um montante de R$ 17,2 mi que financiarão as obras do condomínio Canto Belo, localizado no bairro Jabotiana, em Aracaju. O primeiro condomínio lançado pela construtora na zona Oeste já está sendo erguido e
contará com 320 moradias. 
 

De dia é Maria


A Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT) vai lançar uma campanha nacional pela aceitação do nome social das travestis e transexuais nas escolas. O movimento enviará a todas as secretarias de educação um manifesto pedindo a assinatura de portarias que autorizem o uso dos nomes sociais. “Não dá mais para assistirmos milhares de alunos deixando as escolas porque se sentem constrangidos em serem chamadas por nomes que nada têm a ver com sua orientação sexual”, reclama o presidente da ABGLT, Toni Reis.


 

Alô, alô, responde
 

“Continuas a não responder/ E o telefone/ Cada vez chamando mais/ É sempre assim/ Não consigo ligação meu bem/ Indiferente não se importa/ Com os meus ais”. Esse trecho da música, que foi sucesso no vozeirão de Maria Alcina, se encaixa como uma luva para o prefeito de Itaporanga, Cézar Mandarino (PSC). Ele ficou irritadíssimo ao tomar conhecimento que a operadora OI cortou todos os telefones da Prefeitura porque a ex-prefeita Gracinha Sobral não pagou as contas de novembro e dezembro. Diante do ocorrido, Mandarino bem que poderia cantarolar para a antecessora: “Responde com toda sinceridade/ Alô, alô, responde/ Se gostas mesmo de mim de verdade”. É claro que não.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários