Abaixo a censura

0

O dublê de político e empresário Edvan Amorim (PR), agora também candidato a deputado estadual, foi derrotado em mais uma tentativa de censurar a imprensa sergipana. Ontem, o Pleno do Tribunal Regional Eleitoral negou, por unanimidade, provimento ao recurso impetrado por ele contra o autor deste blog. Na decisão monocrática o magistrado já havia reconhecido que “os comentários apresentaram-se dentro dos contornos da liberdade de manifestação, respeitando-se a igualdade de condições dos candidatos e resguardando-se os interesses do Estado Democrático de Direito. Aplicar uma pena ao jornalista por críticas veemente à atuação de um sujeito público seria judicializar a disputa política, em evidente retrocesso à democracia e subestimação da capacidade intelectiva do eleitor”. A mesma decisão permite ainda que Edvan Amorim continue sendo chamado pelo blog de dublê de político e empresário.

Salário de fome

O governo estadual começa a pagar os salários de setembro na próxima sexta-feira. Até terça-feira que vem todos os servidores já terão recebido a ninharia. A grana é tão pouca que não resiste um único dia nas mãos da maioria dos servidores, todos já acostumados a passar o mês com os bolsos cheios de compromissos não pagos. Decididamente, este foi um dos piores governos para funcionalismo público.

STF quer saber

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Luís Roberto Barroso, pediu ao governo de Sergipe informações sobre as dispensas de licitações para a compra de remédios no período de 2003 e 2004, quando o candidato a governador Eduardo Amorim (PSC) era secretário estadual da saúde. A informação foi dada ontem pelo governador e candidato a reeleição Jackson Barreto (PMDB). Segundo ele, Amorim comprou medicamentos sem fazer licitações a um laboratório de Maceió que tinha como endereço uma oficina mecânica.

Língua grande

E o PSB sergipano vai processar o filiado e ainda candidato a deputado estadual Manoel Messias, o “Sukita” (PSB). Tudo porque o rapaz insistir em insinuar que a cúpula do partido falsificou a assinatura dele para retirá-lo da disputa eleitoral. Segundo o presidente estadual do PSB, Paulo Viana, “Sukita” tem tido um comportamento desequilibrado e agressivo, além de não “atinar para seus erros, pelos quais é o único responsável”. Vixe Maria!

Sem prestígio

Decididamente, os principais candidatos à Presidência da República não vão dar as caras em Sergipe neste primeiro turno. Ontem, Aécio Neves (PSDB) mandou o coordenador da campanha, José Thomaz Nono, visitar os tucanos sergipanos. Dilma Rousseff (PT) e Marina Silva (PSB) não apareceram no Estado e nem mandaram representantes. Esse desinteresse por Sergipe mostra que para os três presidenciáveis os votos dos sergipanos são de pouquíssima ou nenhuma importância.

Mais empenho

O candidato à reeleição Jackson Barreto (PMDB) quer distância do perigoso clima do “já ganhou”. Ontem mesmo, ele reuniu prefeitos, vereadores e lideranças políticas para acertar as últimas ações de campanha. O peemedebista alertou os aliados para a importância de se manter a militância nas ruas e pediu mais empenho dos liderados visando garantir a reeleição no primeiro turno e possibilitar a vitória do candidato a senador Rogério Carvalho (PT).

Rádio perde

O rádio jornalismo sergipano sofreu grande desfalque com a demissão de Jason Neto da FM Liberdade. Até agora a emissora não deu explicações para o afastamento do comunicador, que durante vários anos apresentou, de forma competente, um programa jornalístico diário. Os ouvintes perdem com a saída de Jason Neto, porém a grande prejudicada é a própria Liberdade FM, que ficou sem um âncora sério e que não usava o espaço para fazer politicagem barata.

Grana para o 13º

A Caixa Econômica Federal abriu linha de crédito para as empresas financiarem o pagamento do 13º salário de seus funcionários. Os empréstimos são destinados às micro e pequenas empresas com faturamento fiscal anual de até R$ 15 milhões. O empréstimo de capital de giro poderá ser utilizado pelas empresas não só para pagamento do 13º salário dos funcionários, como também para pagamento de férias, impostos e outras despesas comuns nesse período. Tá nessa?

Aposta-se tudo

Veja o que publica hoje o jornalista Eugênio Nascimento no blog Primeira Mão: “Cavalos, bicicletas, motos, carros de passeios, caminhões, casas, sítios e dinheiro estão sendo colocados em apostas eleitorais no interior de Sergipe desde a semana passada. As apostas não acontecem somente em Itabaiana, como pensam as pessoas. Em Lagarto, Simão Dias, Riachão do Dantas, Nossa Senhora da Glória e Tobias Barreto tem sempre alguém nas praças disposto a tentar a sorte apostando na vitória dos candidatos que apoiam ou mais simpatizam”. E você, já fez sua fezinha?

Segunda via

Os eleitores que perderam o título e desejam  pedir a segunda via devem procurar o cartório eleitoral mais próximo até amanhã (25), último dia para a emissão do documento antes das eleições do próximo. Os interessados em solicitar a reimpressão do título devem comparecer no cartório do seu município ou zona eleitoral. Quem não pedir a segunda via, contudo, não estará impedido de votar: o eleitor que souber a sua seção eleitoral, mas não tiver o título, poderá votar apresentando apenas um documento com foto.

Preços mantidos

Uma ótima notícia para que gosta de uma geladinha: as bebidas frias – cervejas, refrigerantes, refrescos, isotônicos e energéticos – não terão aumento de preço até o fim do ano. Empresários do setor asseguraram que os preços permanecerão inalterados até que um novo modelo tributário para o setor entre em vigor. O novo sistema de tributação para as bebidas frias está previsto para valer a partir de 2015.

Recorte de jornal

Publicado no Sergipe Jornal em 2 de junho de 1930

Resumo dos Jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários