Arrumando a casa

0

Os prefeitos com direito à reeleição estão aproveitando este ano para arrumar as casas de olho no pleito de 2020. Até lá, os gestores municipais tentarão melhorar os serviços públicos visando angariar a simpatia da população. Precisarão trabalhar muito, principalmente na captação dos recursos federais necessários à execução de obras projetadas ou já em execução. Não será tarefa fácil, pois o governo do capitão Jair Bolsonaro (PSL) tem fechado a torneira para tentar recuperar a economia. Na espreita, a oposição torce pelo fracasso dos prefeitos, fato que aumentará sua chance de sucesso nas eleições do ano que vem. Portanto, mesmo este sendo um ano sem disputa eleitoral, a classe política não moverá uma palha sem pensar no pleito do próximo ano.

Doce de leite

Sindicalistas vão protestar contra o possível retorno às atividades do conselheiro do Tribunal de Contas de Sergipe, Flávio Conceição. A manifestação contra a desaposentaria do dito cujo está marcada para a próxima quinta-feira, quando o TCE julga se Conceição retornará ao “batente”. Ele foi aposentado depois de ter sido condenado sob a acusação de ter metido a mão grande no dinheiro do povo. Após conseguir absolvição na esfera penal – ainda cabe recurso – Flávio quer voltar ao trabalho. A manifestação de quinta vai lembrar ao TCE que a “Operação Navalha não pode terminar em pizza e doce de leite”. Homem, vôte!

Em campanha

E o deputado federal João Daniel quer permanecer na presidência do PT sergipano. Ele preside o partido desde março passado, quando o senador Rogério Carvalho se licenciou do cargo. Na busca de um consenso em torno de seu nome, Daniel tem conversado com as diversas lideranças petistas. O deputado vai precisar gastar muita saliva para conquistar o apoio da tendência Articulação de Esquerda, que já lançou o professor Dudu como candidato à presidência do PT estadual. Marminino!

Mito em baixa

Não convidem para a mesma reunião o presidente Jair Bolsonaro (PSL) e os policiais federais. Presente à última reunião da União dos Policiais do Brasil, o deputado federal Fábio Henrique (PDT) testemunhou a revolta da galera com o capitão de pijama. Segundo o pedetista, os policiais não escondem a decepção com Bolsonaro e o PSL por conta das maldades “plantadas” contra a categoria no projeto da famigerada reforma da Previdência. Crendeuspai!

Bem na fita

Uma concorrida convenção homologou, ontem, as candidaturas de Simone de Dona Raimunda e Galego do Samba, respectivamente, a prefeita e vice de Riachão do Dantas. Foram levar o apoio à dupla o governador Belivaldo Chagas (PSD), o d-governador Jackson Barreto (MDB), os deputados federais Fábio Mitidieri (PSD) e Valdevan Noventa (PSC), a deputada estadual Diná Almeida (Podemos) e outros menos votados. Então, tá!

Outras convenções

Nesta segunda-feira, ocorrem as convenções do PSC e do PT para oficializar as candidaturas de Manoela Costa e Pedro da Lagoa, respectivamente. Marcada para 1º de setembro deste ano, a eleição complementar de Riachão do Dantas visa substituir a ex-prefeita Gerana Gomes Silva (PTdoB) e o ex-vice Luciano Goes (PSB), cassados sob a acusação de forjarem uma pesquisa eleitoral na campanha de 2016. Os mandatos dos eleitos para administrar aquele município sergipano terminarão em dezembro de 2020. Ah, bom!

Fica como está

Depois de muito disse-me-disse, o governo federal manteve Cezar Mandarino na superintendência da Codevasf em Sergipe. Ele está no cargo desde julho de 2016, quando foi indicado pelo então senador Eduardo Amorim (PSDB). Agora, foi a senadora Maria do Carmo Alves (DEM) quem patrocinou a permanência de Mandarino na chefia da estatal. O senador Alessandro Vieira (Cidadania) tentou emplacar na Codevasf o advogado Milton Andrade, porem o nome do moço foi rifado por parte da bancada federal de Sergipe. Danôsse!

Política na chuva

As últimas chuvas caídas em Aracaju agitaram os pré-candidatos a prefeito. Uns saíram pela periferia prestando solidariedade aos desabrigados, enquanto outros partiram para as criticas, muitas injustas, ao prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB). Por sua vez, o gestor comunista arregaçou as mangas para socorrer as vítimas e adotar providências visando reduzir os transtornos causados pelo aguaceiro. Independente dos políticos, a sociedade aracajuana se mobilizou para socorrer as famílias atingidas pelas fortes chuvas. Legal!

Molecagem

A chamada grande imprensa defende, com unhas e dentes, a famigerada reforma da Previdência. Alguns jornais mais afoitos publicam editoriais afirmando que se esta patifaria não for aprovada “chegaremos a um ponto em que não haverá dinheiro para pagar as aposentadorias”. É mentira. Aliás, a posição da imprensa burguesa comprova que esta indecente reforma é um tapa na cara dos trabalhadores. Portanto, diga não a este crime de lesa-pátria. Cala-te boca!

Invocado

Pichação num muro da avenida Tancredo Neves, em Aracaju: “O Brasil é o país onde a arte é crime e a corrupção é arte”. Vixe!

Fique rico

Tá quebrado e pensando em tomar um empréstimo? Faça isso não. Os bancos cobram juros mais altos do que os agiotas. Quer dinheiro fácil? Então faça um joguinho simples na Mega-Sena. Custa apenas R$ 3,5. Caso acerte as seis dezenas a serem sorteadas na próxima quarta – coisa muito fácil – você embolsa a ninharia de R$ 16 milhões. É pouco? Então faça também uma fezinha no Jogo Bicho. Cruzes!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Folha de Sergipe, em 24 de maio de 1908

Resumo dos jornais

Comentários