Auditoria da Fazenda em Se

0

 

 

O Ministério da Fazenda fez uma auditoria e concluiu que o Distrito Federal não cumpriu a Lei de Responsabilidade Fiscal em 2006. Entre outras razões, porque contratou serviços sem licitação de mais de R$ 150 milhões e ultrapassou o limite legal de despesas da Câmara Distrital e do Tribunal de Contas do DF. De fato, o novo governador, José Roberto Arruda , ao assumir descobriu um rombo de cerca de R$ 700 milhões em contas a pagar, que está auditando.Além de uma série de punições para o estado, como a proibição de contrair empréstimos, o descumprimento da LRF pode, em tese, jogar os governantes responsáveis na cadeia.

 No caso, Joaquim Roriz, hoje senador pelo PMDB, e a tucana Maria de Lourdes Abadia, que o sucedeu nos últimos seis meses do mandato. Como os dois governaram em 2006, se a lei for cumprida à risca e a Justiça entender que houve responsabilidade do governador, ambos correm o risco de ver o sol nascer quadrado. Em tese, vejam bem, em tese, pois na prática sempre se dá um jeitinho nesses casos, segundo temos visto por aí.

Mas o fato é o seguinte. Tanto o governo federal quanto Arruda, aliado dos ex, estão numa saia justa. O governador esteve quinta-feira com o ministro Guido Mantega e pediu, olhos nos olhos, para que sua administração, afogada em dívidas, não seja punida por tabela. Não acha justo. Mantega autorizou-o a contrair empréstimos com o aval da Fazenda – prerrogativa que lhe é dada pela própria LRF. Mas exigiu em troca um duro ajuste fiscal no DF, que está sendo colocado em prática.Quanto aos dois ex-governadores, aparentemente a situação é séria. O Ministério da Fazenda está enviando ao Ministério Público, a quem cabe fazer a denúncia, toda à documentação sobre o descumprimento da lei por Roriz e Abadia.

  Para quem acha que o caso descrito acima é semelhante a Sergipe, não tenha dúvidas. Basta o atual Governo estadual pedir ao Ministério da Fazenda que faça uma auditoria nos últimos atos do ex-governador João Alves, principalmente nas leis enviadas e aprovadas pela Assembléia no final da gestão. A LRF foi descumprida várias vezes. É publico e notório.

  Uma auditoria seria ótima até mesmo para o ex-governador, que, através do ex-secretário Gilmar Mendes vem alardeando que o governo estadual foi entregue saneado financeiramente. Além da auditoria o Ministério da Fazenda pode também acabar com a polêmica sobre a certidão negativa. A auditoria seria ótima para todos, para o Estado e para todos os sergipanos.

 

 

Situação de carteiras para escolas é estranha

De um leitor: “Esta questão da falta de carteiras para as escolas da rede estadual é muito

estranha.  A SEED, através do Senhor Manoel Ciro, este funcionário de alto  salário da DESO, junto com Luciana (uma comissionada muito poderosa do governo passado) compraram, através  inexigibilidade, junto a Cequipel, mais de 30.000 carteiras e para onde foram estas carteiras?   Esta mesma dupla, junto com José Ewerton Siqueira da Codin, não destinaram os computadores comprados pela SEED para as escolas da rede estadual.  No entanto, estas mesmas pessoas continuam mandando e desmandando na SEED.  Eles fazem parte do problema de capinagem comentado por você recentemente.   Onde anda as mudanças prometidas?”.

 

 

Petista com depressão em Tomar do Geru

De um leitor petista de Tomar do Geru: “Aproveito o espaço para comentar as nomeações para diretores de escola, pois também tenho vínculo com a SEED, estou triste de acompanhar que em Tomar do Geru os diretores das escolas (estaduais ) vão  permanecer, pois, a truculenta prefeita Iara é do partido do peixinho e esta fazendo pouco caso dos militantes históricos.Tem companheiro com depressão, entendo, mas não compreendo que em nome da governabilidade quem foi massacrado por defender o nome de Déda esteja nesta situação.Fato semelhante acontece em Lagarto onde a diretoria de Educação permaneceu com a irmã  do Dep. Valmir, aquela que nos desqualificava e dizia que João, podia quebrar estado, mas não permitisse que Déda chegasse ao poder.  Como ficará essa militância???????”

 

O que o aperreio da falta de verbas publicitárias não faz.

Dê uma lida nas manchetes abaixo e ganhe uma água mineral com gás se acertar em qual jornal foram publicadas: 19-03-2007, Déda e a falta de compostura; 12-03-2007, É preciso um incêndio para sensibilizar? ; 26-02-2007, A LRF e a mentira dos governantes; 17-02-2007, Insatisfações e o personalismo de Déda; 12-02-2007, Prefeitinho bom de festa; 22-01-2007, Déda e um ano perdido;15-01-2007, Médicos e a saúde da baderna; 27-11-2006,Quanto valerá o prestígio de Déda?; 13-11-2006, Para onde vai a Segurança Pública?  (Déda não tinha nem assumido e já era cobrado).

 

Só falta marcar a data de filiação de JB no PMDB

Com o PTB nacional dividido e brigando por cargos. Com o PMDB pela primeira vez em muito tempo unido em torno do Governo Federal em nome de um governo de coalização. Com as divergências em Sergipe sanada com os dirigentes, principalmente Benedito Figueiredo. Qual o caminho natural do deputado Jackson Barreto? Retornar ao partido. Será bom para ele e para o PMDB que ficou sem representante em Brasília com a derrota de Jorge Alberto para a Câmara dos Deputados. Um casamento perfeito onde todos vão ganhar, principalmente os pais dos noivos. Entenderam?

 

Ministros precisam ser investigados antes das indicações

O caso provocado pela indicação do deputado Odílio Balbinotti (PMDB-PR), afinal, foi muito bom para o presidente Lula, porque ocorreram antes da nomeação.Já pensaram o angu que seria provocado se o tal mega-empresário das sementes de soja viesse à tona depois da nomeação. Vem faltando ao Governo Federal levantar a vida desse pessoal que é indicado para cargos importantes, especialmente de Ministros. O que fazem tantos órgãos a exemplo da Abin e outros que não assessora o Presidente dando a ficha das malandragens praticadas por todos que indicados para o staff do Planalto?Apesar de Lula demonstrar agora no segundo mandato alguma

Tranqüilidade, ela pode ser demasiada e cair em outra confusão parecida com o do primeiro, no quesito da confiabilidade das pessoas que o cercam.

 

Tânia receberá homenagem em Estância

A deputada Tânia Soares (PCdoB) recebe hoje, 20, da Câmara de Vereadores de Estância a Medalha de Honra ao Mérito Parlamentar. A honraria, aprovada por unanimidade, foi concedida pelos relevantes serviços prestados a história e politicamente ao Município e ao Estado. O documento mostra que a comunista é motivo de orgulho a Corte Legislativa e de compromisso com a história das  mulheres estancianas e sergipanas. Tânia, que é natural do município, também foi agraciada com Voto de Congratulações e Reconhecimento de Orgulho.

 

Corsa branco de um órgão federal

Na última segunda-feira, 19, mais precisamente às 18h45, um corsa branco com placa HRZ-7286, circulava pelo estacionamento do Shopping Jardins. O corsa tem a placa branca com o nome Sergipe, ou seja, é de um órgão federal. Porém, não tinha nenhuma outra identificação. Será que estavam fazendo alguma fiscalização naquele horário?

 

Dialogo com sindicalistas

A sala de reunião do Palácio dos Despachos foi palco ontem de uma reunião que pode ser considerada histórica. Lideranças da CUT e representantes de diversos sindicatos e segmentos sociais tiveram uma reunião com o governador Déda. Espera-se que seja a primeira de uma série para que as negociações salariais e reivindicações sejam discutidas de forma transparente. Para o presidente da CUT no Estado, Antônio Carlos Góis, a audiência marca uma nova relação entre os movimentos sindicais e o Governo do Estado. “A partir de agora os trabalhadores, através da CUT, passam a ser visto como um ator social importante para o desenvolvimento do Estado e não como um inimigo do Governo, como antes éramos vistos”, afirmou o secretário geral da CUT e representante da Federação dos Bancários na Bahia e em Sergipe, José de Souza.

 

Desrespeito do Itaú com os clientes

Na última sexta-feira um leitor desta coluna cliente do Itaú passou o maior sufoco e vergonha. Estava no ambiente e o sistema do banco não funcionou na hora de pagar a conta. Saiu do local e procurou um cash 24 horas.  O cliente passou pela metade da cidade e não conseguiu retirar o dinheiro nem tão pouco utilizar o cartão com débito em conta.O cliente pergunta: a quem reclamar? E o pior, o banco Itaú não está nem aí para este tipo de problema.

 

Mais problemas com bueiros

De um leitor:Ao ler notas na sua coluna do dia 16/03/2007 e na segunda-feira dia 19/03 , sobre bueiros entupidos, venho lhe informar que há meses estou mandando e-mails para a Emurb pedindo que desentupam um bueiro que fica na altura da Rua José Roberto Ribeiro, nº 187, Conjunto Jardim Jussara no Bairro Jardins e eles me respondem que a minha reclamação está anotada e agendada para um posterior atendimento. Estou aguardando até hoje e nada da Emurb aparecer para desentupir o referido bueiro, que está causando um grande problema para os moradores desta rua, pois quando chove a rua enche a ponto de entrar água nas casas das pessoas inundando salas e dependências das suas casas perdendo móveis e sofás. Já narrei este fato para a Emurb e ninguém se interessa para resolver o problema da nossa rua deixando no ar a importância que a empresa tem para com os moradores de Aracaju”.

 

Festa do Asa de Águia na Sarney

No último domingo foram várias brigas e confusões no show do Asa de Águia num espaço da rodovia Sarney. Culminou com um assassinato. Existe um acompanhamento das entidades competentes, quanto ao acesso de crianças nesses shows?  Essa morte que houve a pessoa estava com a arma dentro do show? São coisas que tem que ter uma fiscalização melhor, envolve muita bebida e muitas crianças.

 

Carroças no MP

Hoje, a partir das 9hs, o promotor Elias Pinho, do Ministério Público, faz mais uma audiência com representantes de diversos segmentos da sociedade para encontrar uma solução mais viável para o trânsito de carroças no centro de Aracaju. Além do Sindicato dos Carroceiros, a audiência terá representantes da SMTT, CDL, Emsurb, Emurb, Fundat  e outros.

 

Deputados vão debater situação da saúde pública

A situação da saúde pública no interior do Estado será discutida durante audiência entre o secretário da Saúde, Rogério Carvalho, e deputados estaduais na próxima segunda-feira, 26, às 8 horas no palácio Serigy, sede da Secretaria de Estado da Saúde. A informação foi passada  pelo líder do Governo na Assembléia Legislativa, deputado Francisco Gualberto (PT).A pedido de deputados da oposição, como Arnaldo Bispo e Antônio Passos, ambos PFL, Gualberto se encarregará de conduzir a reunião para que o Estado possa resolver o problema do atendimento precário em muitos dos hospitais do interior, principalmente na cidade de Itabaiana. “Tenho consciência de que o governador Marcelo Deda foi eleito para reconstruir o Estado. Mas não podemos admitir que 60 dias sejam suficientes para refazer o que foi desfeito durante os últimos quatro anos”, disse Gualberto.

 

Aracaju: Uma pintura Natural I

Do estudante de jornalismo Ângelo Divino: “Era inimaginável erguer uma cidade em cima de mangues, pântanos e lagos. Transferir a antiga capital sergipana, São Cristóvão, para um lugar desconhecido foi um punhado de ousadia e coragem por parte do visionário Inácio Barbosa, presidente da então Província. No mínimo, Inácio foi taxado de louco ou de leviano por parte de seus inimigos políticos. Ele encontrou o então bucólico povoado Santo Antônio de Aracaju em forma de um diamante bruto e insignificante.Mas ele sabia que podia lapidar aquele diamante rude e transformá-lo em uma jóia de um valor incalculável. E o fez. Em 17 de março de 1855 nasce a menor capital brasileira, nasce uma cidade beijada por um rio e cujas praias são formosas.Cidade que externa uma obra de arte inata. Aracaju é uma pintura natural com seus pescadores e seus barcos flutuando paulatinamente pelo rio Sergipe e, a Barra dos Coqueiros, como plano de fundo esverdeado”.

 

Aracaju: Uma pintura Natural II

Continua Ângelo no seu texto: “Tenho a absoluta certeza que se Pablo Picasso estivesse vivo, não pensaria duas vezes em agregar a sua coleção de pinturas a cidade de Aracaju. Mas o mesmo rio que embeleza as retinas de nativos e turistas, está morrendo por dentro. Há quem se preocupa em revitalizar com unhas e dentes rios mais distantes e não enxerga a poluição do Rio Sergipe, aqui bem na nossa cara. Nossos avós foram privilegiados, adoravam se banhar na antiga Praia Formosa, lazer inerente aos moradores da época. Hoje a Praia Formosa, atual calçadão da 13 de Julho, exala o cheirinho da classe nobre aracajuana: esgoto misturado com maré. Tirando as adversidades comuns a qualquer cidade, Aracaju está de parabéns, ainda é uma mocinha linda, cheia de sonhos e esperanças. Mas, infelizmente, não tem culpa de estar escondida atrás de um vulcão em erupção chamado Bahia, cujas lavas contaminam veementemente a nossa cultura”.

 

Frase do Dia

“Há pessoas que transformam o sol numa simples mancha amarela, mas há também aquelas que fazem de uma simples mancha amarela o próprio sol”. Picasso.

 

 

 

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários