Ciclistas esquecidos

0

Com 56,4 quilômetros de ciclovias, Aracaju poderia ser um exemplo para o país. Não é porque, além das obras físicas, não implantou uma política de proteção aos milhares de ciclistas que arriscam as vidas ao pedalarem no meio de um trânsito violento. O transporte muito mais sustentável, eficiente, limpo e não violento é marginalizado em nossa capital. Tirando os passeios ciclísticos promovidos, de quando em vez, pela Prefeitura, alguém já viu em Aracaju uma única campanha educativa sobre o uso da bicicleta? De que adiantam 56,4 quilômetros de ciclovias se o ciclista não é orientado a usá-las e se os deseducados motoristas não respeitam esse importante meio de transporte? Diariamente, são registrados acidentes contra os corajosos usuários de bicicletas, mas as mortes destes não passam de frias estatísticas policiais. Pior é que essa triste realidade vai perdurar enquanto as autoridades de trânsito, especialmente a SMTT, não atentarem que a violência e o descaso contra o ciclista são uma questão social.

Sem farda

Houve quem estranhasse o fato de o deputado estadual capitão Samuel ter tomado posse trajando terno em vez da farda de gala da Polícia Militar. Pois podem se acostumar com a nova vestimenta do parlamentar. Ele está impedido de usar o fardamento desde dezembro passado, quando foi diplomado deputado e, automaticamente, entrou para a reserva remunerada da PM. Da indumentária que vestiu durante anos, capitão Samuel só pode utilizar o coturno, única peça da farda que ele usou na solenidade de posse na Assembléia Legislativa.

Em extinção

O Batalhão Especial de Segurança Patrimonial (Besp), criado no último governo de João Alves Filho (DEM), está caminhando para sua extinção. É que muitos de seus integrantes, todos militares da reserva, completaram ou estão completando 70 anos, idade que os impede de continuar no Besp. Outros já pediram desligamento depois do bom reajuste salarial conquistado no primeiro mandato do governador Marcelo Déda (PT). O terceiro motivo é que o próprio comando da PM não vê muito sentido em manter aquele Batalhão.

Ainda ameaçado

Muita gente pensou que a compra da Fábrica Confiança pelo empresário Ricardo Franco havia englobado o Estádio Sabino Ribeiro, extinguindo o processo que pode levá-lo a leilão. Infelizmente, o campo proletário não se encontrava no lote arrematado pelo empresário. Isso significa dizer que o tradicional estádio continua correndo risco de ser leiloado. O mesmo poderá acontecer com a vila de casas da fábrica, que também está em outro lote da massa falida.

Dia de posses

O governador Marcelo Déda (PT) empossa daqui a pouco mais um lote de secretários. Na solenidade marcada para o auditório do Banese, ali na avenida Augusto Maynard, serão empossados Jorge Alberto (Casa Civil), Oliveira Júnior (Planejamento), Marcelo Freitas (Trabalho), João da Graças (Assuntos Institucionais), José Sobral (Agricultura), Zeca da Silva (Desenvolvimento Econômico) e Chico Dantas (Governo).

Hora do Leão

O programa para o preenchimento da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2011 estará disponível na internet para os contribuintes no dia 1º de março, no endereço www.receita.fazenda.gov.br. Em razão da proximidade do início do prazo para apresentação da Declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física 2011, a Receita voltou a advertir que não envia aos contribuintes e-mails e nem intimações para regularização de dados cadastrais.

Encostas protegidas

Já está assinado o contrato do empréstimo de R$ 5 milhões do Ministério da Integração Nacional para a contenção de sete encostas em áreas de risco de Aracaju. E a assinatura do contrato para a liberação do empréstimo de US$ 30 milhões do Banco Interamericano de Desenvolvimento acontecerá até o início de março. A garantia é do prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B), que foi recebido em Brasília pelo secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, e o ministro Fernando Bezerra.

Boas falas

Em seu discurso de posse, o novo presidente do Tribunal de Justiça, desembargador José Alves Neto, prometeu se empenhar visando encontrar soluções para as reivindicações dos servidores daquele Poder. Não poderia ter havido nada melhor para quem tentou sem sucesso uma melhoria salarial na gestão do ex-presidente do TJ, desembargador Roberto Porto. “Acho que é irresponsável dar esperanças, mas pretendo incentivar os servidores”, prometeu Alves Neto.

Comanda o pleito

As eleições municipais do próximo ano serão comandadas em Sergipe pela desembargadora Aparecida Gama. Pelo critério de rodízio do Poder Judiciário, ela será a próxima presidente do Tribunal Regional Eleitoral, em substituição ao atual presidente, desembargador Luiz Mendonça. Magistrada experiente, a atual corregedora do TJ não terá dificuldades para conduzir o pleito que, aliás, é um dos mais complicados por envolver interesses paroquiais.

Do baú político

Quando era Presidente da República, Juscelino Kubitschek pisou em solo aracajuano, mas não entrou na cidade propriamente dita. Veio a convite do então governador Leandro Maciel para inaugurar a ponte sobre o rio Poxim. A obra foi fundamental para melhorar o acesso entre a cidade, o balneário de Atalaia e o Aeroporto Santa Maria. Leandro batizou a ponte de Jucelino Kubitschek e o convidou para inaugurá-la, assim como o Edifício Walter Franco, também construído pelo governo do Estado no centro de Aracaju. O presidente desembarcou, cumprimentou as autoridades e seguiu para descerrar a fita simbólica da primeira obra. No caminho, segundo contam os udenistas, foi aconselhado pela turma do PSD a não prosseguir com a programação festiva para não encher a ‘bola’ de Leandro. Para decepção do governador e de seus aliados, Kubitschek atendeu ao apelo e, alegando necessidade de embarcar às pressas para Minas Gerais, retornou ao aeroporto. Só depois que deixou a Presidência, Jucelino veio, de fato, a Aracaju para batizar o hoje deputado federal Otávio Leite (PSDB/RJ), filho de Fernando Leite. 

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários