Cinform: leilão do prédio será na próxima quinta-feira, 28

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Será realizado no próximo dia 28 de fevereiro, a partir das 8h30, no Auditório do Tribunal Regional do Trabalho da 20ª Região (Prédio Amarelo), localizado na Av. Carlos Rodrigues da Cruz, s/n, Bairro Capucho, Centro Administrativo Governador Augusto Franco, em Aracaju, e através do site www.lancese.com.br , o leilão do prédio onde funcionava a sede do Cinform e outros bens da empresa a exemplo de máquina de confecção para chapas de impressão, máquina de confecção de mapas de impressão e máquina de impressão de jornais, com quatro torres, com separação de cores (CMYK), marca Manugraph Industries Ltda.

O valor arrematado com a venda do imóvel, localizado à Rua Porto da Folha, 1.116, Bairro Getúlio Vargas, em Aracaju, será utilizado para o pagamento das dívidas com os credores, entre eles, os mais de 100 ex-funcionários que acionaram a Justiça do Trabalho e aguardam ansiosos para receberem os direitos trabalhistas.

Para os interessados em adquirir o prédio onde funcionou o Cinform seguem algumas informações úteis: o imóvel possui escritura pública lavrada em 13 de janeiro de 2003 no Cartório do 6º Ofício da Comarca de Aracaju, no livro de notas nº 275, fls. 190, matrícula 11.671. O terreno do imóvel é plano, com formato irregular, medindo de testada pela Rua Porto da Folha 47,85 metros, perfazendo uma área total de profundidade de 2.567,60 metros quadrados equivalente igual a 53,65 metros.

O imóvel possui edificações em alvenaria, estrutura de concreto, obedecendo aos códigos de lei e medindo 1.890,96 metros quadrados, com quatro pavimentos, sendo o último um terreno, dispondo de acessibilidade para os pavimentos superiores por meio de escada e elevador. O prédio possui a construção um bom estado de conservação, sem vício de construção aparente, bem como, possui finalidade comercial/industrial.

Quem pretender arrematar os bens deverá comparecer no local, no dia 28 de fevereiro a partir das 8h30, ou ofertar lances pela Internet através do site www.lancese.com.br. O interessado em participar do leilão via internet deverá cadastrar-se previamente no site acima, com antecedência mínima de 24 horas da data do evento e de modo absolutamente gratuito. Quaisquer esclarecimentos, bem como cópias do Edital com os bens a serem leiloados poderão ser obtidos com o Leiloeiro Oficial Valério César de Azevedo Déda pelo e-mail: contato@lancese.com.br ou pelos telefones (79) 3211-6418 / (79) 99904-0506/ (79) 99984-0984 / (79) 99978-5008.

Solidariedade a Valmor Barbosa: um governo que não respeita nem os aliados Só em Sergipe Del Rey o ex-governador Jackson Barreto continua mandando com o respaldo do governador que deveria ser de direito: no último fim de semana algumas obras foram inauguradas. Nada demais se a maioria não tivesse sido feitas por Valmor Barbosa, secretário que saiu há poucas semanas. Pois bem, Jackson que indicou o novo secretário, que pura coincidência é parente dele, Ubirajara, mandou retirar o nome de Valmor e colocar o nome do protegido. Algumas autoridades que estavam nas inaugurações ficaram com vergonha.

Dinheiro gasto nas novas placas Não seria o caso do MPE questionar o quanto foi gasto nas novas placas e cobrar do gestor e seu mentor? Ubirajara nunca colocou os pés nas obras inauguradas sem brincar não sabe nem onde ficam. Pelo jeito vão ter que mudar muitas placas no mínimo umas 50 pelos prefeitos que o blog consultou no fim de semana. Uma falta de consideração e respeito com um aliado de 10 anos. É Sergipe Del Rey…

As entranhas nos podres poderes de SE. Vazamento de investigações A sociedade sergipana espera que seja feita uma apuração rigorosa do vazamento do pedido da prisão do prefeito de Lagarto. O blog soube que no TJSE a corregedoria vai pedir ajuda até externa. Que tal pedir o apoio da PF? É um caso grave demais para deixar o responsável sem punição.

E os mercados municipais de Aracaju? O MPE está fechando matadouros para que a carne seja comercializada de acordo com a legislação, sobretudo, sanitária. Porém, é preciso alertar os promotores que nos principais mercados de Aracaju as carnes estão sendo comercializadas fora da refrigeração adequada. É só começar pelo maior, no centro de Aracaju.

Reclamações continuam E no fim de semana garantiram ao titular deste espaço que o MPE vai fiscalizar a pasta da inclusão social do estado por conta de diversas reclamações de servidores, além de comissionados com outros vínculos como um exemplo de  pessoas que trabalham em prefeituras e mandando na pasta, através de uma consultoria. Até os técnicos ligados ao governador estão sendo destratados. Enquanto isso os comissionados têm que trabalhar das 7h às 17h diariamente, mas outros novatos que fazem parte da empresa de consultoria não trabalham. O blog está apurando mais alguns dados repassados, inclusive de indicações por parte de gente poderosa.

Crescimento da Energisa Valor: O consumo de energia no mercado cativo e livre das distribuidoras da Energisa avançou 7% em janeiro ante o mesmo mês de 2018, para 3.047,6 gigawatts-hora (GWh). O desempenho foi o melhor para o mês desde 2013, segundo informou a companhia. No mercado cativo, foi registrado crescimento de 6,9% enquanto que no mercado livre, o avanço foi de 7,77%. Ao considerar o fornecimento não faturado, o volume foi de 3.044,4 GWh, o que significa aumento de 7,9% na mesma base de comparação.

São Cristóvão: convênio com o Ipesaúde Hoje, 25, no auditório do Paço Municipal, a partir das 9h, Praça São Francisco, será assinado o convênio entre a Prefeitura de São Cristóvão e o Instituto de Promoção e de Assistência à Saúde de Servidores do Estado de Sergipe (Ipesaúde). O acordo vai permitir com que os servidores municipais (ativos, inativos e comissionados) possam aderir ao plano de saúde, aproveitando os benefícios ofertados. O evento contará com as presenças do prefeito Marcos Santana, do presidente do Ipesaúde, Christian Oliveira, e equipe.

Adesão Após assinatura e publicação do ato no diário oficial, os servidores sancristovenses já poderão aderir ao convênio. A parceria Prefeitura de São Cristóvão e Ipesaúde faz parte de uma série de adesões que estão acontecendo envolvendo os municípios sergipanos e o plano de saúde. “Vamos assinar o convênio com o Ipesaúde como forma de garantir um plano de saúde descente, e um atendimento de qualidade ao servidor de São Cristóvão”, frisou o prefeito Marcos Santana.

Reformulação Em julho de 2018, com a implementação da Lei nº 8.439 de 05 de julho de 2018, foi liberado para que os municípios aderissem ao Ipesaúde. Vale ressaltar que a ampliação da assistência para os servidores dos 75 municípios acontece mediante interesse dos prefeitos que se habilitam em participar da parceria. “Nós nos preparamos para essa ampliação, quando iniciamos a reformulação do modelo de atendimento. Esperamos chegar a aproximadamente 130 mil beneficiários (Estado inteiro), que poderão usufruir de um serviço de qualidade, que já vem sendo oferecido pelo Ipesaúde”, disse o diretor-presidente, Christian Oliveira.

GIRO POLÍTICO PELO INTERIOR PARA 2020

Poço Verde Em Poço Verde o prefeito Igor Oliveira vai disputar a reeleição mesmo com a rejeição em alta. Deve disputar contra Edna de Toinho de Dorinha já que ela derrotou o pai de Igor, o ex-prefeito Everaldo no próprio município para deputado federal. O outro candidato deve ser o professor Lorinaldo da Rede Sustentabilidade.

Amparo do São Francisco O atual prefeito, Franklin Freire que tem o apoio do ex-senador Amorim e do ex-deputado André Moura vem perdendo espaço político para o vice-prefeito, Adjalmir que é apoiado pelo deputado Fábio Mitidieri. Lá a rejeição do atual prefeito também é alta o que ajuda o candidato Adjalmir.

Socorro E em Nossa Senhora do Socorro lideranças dizem que se o deputado Samuel Carvalho e o ex-prefeito Zé Franco estiverem unidos em 2020 não tem para ninguém: não adiantará candidatura à reeleição do padre Inaldo e muito menos do ex-prefeito Fábio Henrique.

PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018                                                                                                 

Amparo do São Francisco Pelo zap de alguns moradores: “Vergonha a cidade com vários problemas, conjuntos na lama e faltando saúde para todos o prefeito faz o calçamento de um beco e faz publicidade nas redes sociais. Um beco…”

Depósitos de bebidas dos restaurantes Pelo zap: “E na sexta-feira um famoso restaurante do Bairro Treze de Julho recebeu a fiscalização no seu depósito de bebidas. O garçom responsável no momento disse que não tinha nota fiscal… é mole…”

O Carnaval de rua do Aracaju. Por Antônio Samarone: “O Carnaval brasileiro nasceu do entrudo português. Uma festa popular nos três dias que antecedem a quaresma, onde se lançava água de cheiro e farinha do reino uns nos outros. A festa da cabacinha em Japaratuba é uma reminiscência desses carnavais.” Todo o texto aqui.

Pergunta que não quer calar pelo zap: Responda nobre jornalista: por que o senador Alessandro Vieira que se elegeu com o discurso de combate à corrupção e defesa da moralidade até o momento não propôs uma CPI para investigar o governo Bolsonaro, que está envolto em um mar de lama?

Aquecimento global: forte motivo para aprimoramento da gestão de recursos hídricos “Em 2018 às variações bruscas do clima causaram furacões devastadores na Carolina do Norte, incêndios terríveis na Califórnia, nos Estados Unidos. Enchentes violentas no Japão e uma seca brutal entre março e setembro em toda Europa. O sertão nordestino sofreu as consequências da pior seca da história, que afetou quase 15 milhões de brasileiros. O planeta terra está ficando cada vez mais quente: 2018 foi o quarto ano mais quente desde 1880, ficando atrás 2015, 2016 e 2017. De 1880 para cá, a temperatura média mundial subiu cerca de 1°C. Firmado em 2015, o Acordo de Paris, aprovado por 195 países, inclusive o Brasil, é o mais relevante tratado climático global e a maior esperança de conter a catástrofe. Ele define que devem ser realizadas medidas de prevenção, como a substituição de fontes fósseis de energia pelas energias limpas, a redução do desmatamento e métodos sustentáveis de agricultura.”

PELO E-MAIL E FACEBOOK

Deus nos livre de Almeida! Por Edson Júnior*

O jornalista Luiz Eduardo Costa publica em seu blog artigo intitulado “Um alento para a crise, surge um candidato: Almeida Lima”, texto saboroso sobre uma hipotética candidatura do lendário Rolando Lero sergipano ao governo do estado em 2022.

Luiz baila com as palavras, num sensacional enredo de ironias e qualidades ausentes no prematuro candidato. “Feliz do estado, feliz de um povo que dispõem dessa enorme reserva de potencial politico, de popularidade e amor para dar, como é exatamente o caso de Almeida Lima, lançado tão extemporaneamente candidato”, ressalta.

Almeida Lima não gostou da brincadeira bem humorada do jornalista e no sábado, 22, postou um vídeo em seu perfil no facebook fazendo considerações ao artigo de Luiz Eduardo, com o claro objetivo de fustigar o atual governador de Sergipe. Com o título BELIVALDO: UM GOVERNO SEM RUMO, o ex-secretário reafirma que será candidato e que está se preparando para a batalha eleitoral de 2022. E mais uma vez dispara críticas contra o governador Belivaldo Chagas, que talvez nem se recorde do servidor que dispensou no episódio da “inauguração” do Centro de Nefrologia, aquela mancha que rendeu ao então secretário da saúde uma ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público do Estado por suposta prática de improbidade administrativa.

Desde que foi exonerado, Almeida escreve artigos e concede entrevistas recheadas de ressentimento, talvez pela forma como foi dispensado. A um dos artigos, publicado no período eleitoral de 2018, deu o título “Deus nos livre de Belivaldo! Que futuro nos espera?”. Tentava, ali, criar embaraços ao Galeguinho Belivaldo na disputa pela reeleição ao governo. Não colou. O povo não reconheceu as maledicências “almeidianas” e reelegeu Belivaldo Chagas.

No vídeo, com jogos de câmera e cuidadosa interpretação, Almeida também direciona sua metralhadora para as gestões do saudoso Marcelo Déda e do primo Jackson Barreto, que o colocou no governo após o longo período em que estavam de relações cortadas. Ingratidão ou novo rompimento? Diz Almeida: “Sergipe viveu 23 anos, de 83 a 2006, sem avanços, é verdade! Mas o estado sobrevivia. Mas, nos últimos 12 anos, de 2007 para cá, só houve retrocesso. E agora a bancarrota, a ruína”.

Mais a frente, meio que se autoproclamando o Sassá Mutema do momento, ou o “alento para a crise”, ironicamente retratado por Luiz Eduardo Costa, dispara sobre o sucessor de Jackson Barreto: “Como posso cruzar os braços se temos um governador há dez meses e não disse a que veio?”.

Por falar em Jackson, em 1994, quando renunciou à prefeitura de Aracaju para disputar o governo do estado, a chave do município foi entregue ao seu vice, Almeida Lima. Após a apertada derrota no segundo turno para Albano Franco, Jackson não recebeu de Almeida a recíproca nem como primo, nem como aliado, nem como o criador da criatura. Dizem que Jackson esquentava a cadeira para ser recebido pelo primo e às vezes nem conseguia. Não acredito, seria muito injusto e grosseiro, predicados que não cabem em Almeida.

Logo depois, em 1996, de maneira inflexível, definiu como seu sucessor o jovem presidente da Emurb, Garibalde Mendonça, peitando o nome sugerido por Jackson, João Augusto Gama. Resultado: rompimento feio entre os primos, voltando às boas (?) a partir de 2014. O resultado das eleições mostraria que Almeida não era o fenômeno que talvez imaginasse ser. Gama (PMDB), candidato de Jackson, venceu com 47.728 votos, seguido por Ismael Silva (PT) com 47.053 votos; Maria do Carmo Alves (PFL), com 40.764 votos; e em quarto lugar, o candidato de Almeida, Garibalde Mendonça (PDT), com 38.141 votos.

Em 2000, Almeida sofreria nova derrota, desta vez para o fenômeno Marcelo Déda. Uma “pisa”, recorro a Jackson no termo: Marcelo Deda (PT) – 122.018 votos; Almeida Lima (PDT) – 51.987 votos; Antônio Carlos Valadares (PSB) – 51.018 votos; Adelmo Macedo (PHS) – 3.545 votos; e Ismael Silva (PV) – 2.522 votos.

Tempos depois, Almeida cola no ex-governador João Alves Filho e consegue ser eleito senador, em 2002, para mandato único de oito anos na alta câmara legislativa do país.

Na eleição de 2012, Almeida, então filiado ao PPS, candidata-se à prefeitura, tendo como vice o jornalista Rivando Góis. No debate derradeiro, na Tv Sergipe, anunciou que estava abandonando a disputa. Deixou seu parceiro de chapa e apoiadores de olhos “pocados”. Almeida sabia que não teria respaldo popular na disputa e amargaria uma sonora derrota. Preferiu arregar. Trocou a derrota pela fuga, uma vergonha por outra, imaginando mais honrosa.

Já em 2018, chegou a sugerir que Jackson Barreto não disputasse o senado e terminasse seu mandato como governador. Tivesse acolhido o lero do primo, Jackson não teria amargado a derrota para o senado, Belivaldo não teria sucedido Jackson e Almeida seria secretário até o fim do governo – ou ele próprio candidato ao governo, quem sabe. Uma equação e tanto.

Pelo conjunto político da obra, Almeida deveria ser aconselhado a vestir um belo pijama e escrever suas memórias. Muitas coisas nos escaninhos do seu tempo poderiam recontar sua passagem na política e também na gestão pública. Se aceitar a tarefa, serei um dos leitores a comprar um exemplar da obra.

Esse seria um conselho que ele deveria passar a considerar para não receber do povo um “Deus nos livre de Almeida” em 2022 que ele driblou em 2012, quando abandonou a disputa pela prefeitura no minuto final da partida.

* Edson é jornalista.

DO BLOG ESPAÇO MILITAR

ENQUANTO OS MILITARES ALAGOANOS RECEBERÃO O VALOR DE R$ 26,73 POR REFEIÇÃO, OS MILITARES SERGIPANOS RECEBEM MÍSEROS R$ 8,00. DÁ PRA QUE? O BLOG ESPAÇO MILITAR PUBLICA PESQUISA SOBRE O VALOR MÉDIO DE UMA REFEIÇÃO EM ARACAJU, CONFIRAM.

No último dia 21 do corrente mês e ano, o governador do Estado de Alagoas, José Renan Vasconcelos Calheiros Filhos, assinou e publicou o decreto nº 64.211, onde consta que a verba alimentícia para os militares estaduais terá o valor de R$ 26,73 (vinte e seis reais, e setenta e três centavos) por refeição, que será depositado mensalmente em conta corrente.

Enquanto isso, o Governo de Sergipe, paga míseros R$ 8,00 (oito) reais por refeição para os policiais militares e R$ 10,00 (dez) reais para os bombeiros militares. Importante salientar que no caso dos policiais militares, o valor está sem reajuste, desde quando foi criado o cartão alimentação, ou seja, agosto de 2013. Enquanto isso, os gêneros alimentícios subiram muito ao logo deste período, sem que o valor fosse reajustado.

O blog Espaço Militar já denunciou este fato por diversas vezes, sem que o Governo do Estado tomasse alguma providência no sentido de reajustar tal valor. Só diz que está estudando e nunca conclui o estudo.

Publicamos mais uma vez uma pesquisa do site www.precomediosodexo.com.br, com o valores médios das refeições em Aracaju:

* Comercial – R$ 27,27

* Self-Service – R$ 35,07

* Executivo – R$ 43,82

* Á la carte – R$ 68,04

Portanto, segundo a pesquisa realizada, no mínimo, o valor por refeição paga aos militares sergipanos deveria ser de R$ 27,27 (vinte e sete reais e vinte e sete centavos).

Como perguntar não ofende, alguém do Governo do Estado aceitaria o desafio de fazer uma refeição no valor de R$ 8,00 (oito reais)?

PELO TWITTER                                                                                                                                                                

www.twitter.com/Jabbnascimento Inviável se manter as hienas políticas definindo raposas para cuidar do galinheiro. TCEs precisam de uma varredura ética e moral. Salvo raras exceções.

 

www.twitter.com/ThalesBrandao Aqui no Nordeste – as redes hoteleiras querem inflar os lucros – no período de Carnaval. Uma hospedagem em um hotel 4 ou 5 estrela – passou de R$ 300 conto uma diária para R$ 1.500. O mercado se aquece, o serviço encolhe – devido a demanda frenética e os consumidores gastam.

www.twitter.com/ClovisCBMelo Seria o inocente cafuné brasileiro uma prática não tão inocente? É o que sugere o escritor baiano Antônio Risério. Segundo ele, o hábito de acariciar a cabeça seria no Brasil colônia uma disfarçada prática homoerótica entre mucamas e sinhás. (Laurentino Gomes).

www.twitter.com/ISMARVIANA “É palpitante a inconveniência da antiga educação que preparava a mulher para viver com a convicção de sua inferioridade e de seu dever de absoluta sujeição ao homem, sem as nobres reservas do entendimento e da consciência.” Joaquim Manuel de Macedo.

www.twitter.com/ayres_britto Ontem, a pré-história; hoje, o preconceito. Duas eras, o mesmo desencapado fio de estupidez.

Siga Blog Cláudio Nunes:

Instragram

 Facebook

 Twitter

Frase do Dia
“Só sei que através da história a Verdade e o Amor sempre venceram.“ Mahatma Gandhi.

Comentários