Da série: AJU tem prefeito? Obras inacabadas, IPTU e a atuação do MPE

0

                                                    Blog Cláudio Nunes: a serviço da verdade e da justiça

            “O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

 

“Ano novo e obras velhas e inacabadas. Cobro a conclusão do corredor de ônibus da Hermes Fontes desde janeiro do ano passado, até o Ministério Público já provoquei. Uma obra que começou antes da eleição de 2020, estamos já em 2022, será que fica pronta este ano?”

 O questionamento do vereador Ricardo Marques (Cidadania), de Aracaju, já foi feito pelo blog várias vezes no ano passado a pedido de dezenas de leitores. A mais recente foi há um mês, no dia 13 de

Foto: assessoria do vereador Ricardo Marques

dezembro, com o título: Corredor da Hermes Fontes um ano pronto: incompetência/obsessão do prefeito. A repercussão foi tão grande que gerou um novo artigo no dia seguinte com o título: “2ª Parte: Av. Hermes Fontes: temor de inaugurar e frustrar população?” O blog aproveita para lembrar ao MPE que a Prefeitura cortou dezenas de árvores para realizar a obra do corredor e prometeu plantar 550 novas árvores na região para justificar o crime ambiental. Cadê? 

 Outro dado levantado pelo vereador Ricardo Marques é a quantidade de obras paradas e inacabadas. São muitas. É incompetência administrativa mesmo? Ou o prefeito está esperando o aniversário de Aracaju, 17 de março, para inaugurar as obras? Ou está amargurado porque as lideranças do grupo – assim que ele manifestou o desejo de ser candidato ao governo este ano – lembraram da palavra empenhada de Edvaldo ao disputar à reeleição em 2020: que não seria candidato em 2022?

 No caso do corredor das Avenidas Hermes Fontes e Adélia Franco, o MPE, como uma instituição autônoma, precisa defender os interesses da coletividade. E a maioria dos promotores tem o respaldo e o respeito necessário da sociedade aracajuana para atuarem com a firmeza necessária para restabelecer a ordem na gestão de Aracaju, cujo prefeito passará, mas os prejuízos saem dos bolsos dos contribuintes.

 Com o sonho frustrado de ser governador, Edvaldo parece que deseja descontar nos aracajuanos. Estão aí as obras abandonadas, o prazo curto para pagar a cota única com o desconto do IPTU e muitas outras ações maléficas. O caso do prazo pequeno do IPTU o blog ainda tem esperança: por onde anda a tão combativa promotora Euza Missano?

 

Conbasf precisa explicar ao MPF e a Justiça Federal. Ao invés de licitar fez contratação direta para empresa gerir transbordo do lixo da região. Empresa que “ganhou”, não tem os equipamentos e subcontratou os serviços O Consórcio Público da Região do Baixo São Francisco (Conbasf), que integra mais de 20 municípios, mais uma vez estará na mira do MPF e precisa da explicações, através da 9ª Vara Federal com sede em Propriá e toda sociedade ribeirinha porque optou por fazer uma “contratação direta” para uma empresa gerenciar o transbordo de responsabilidade do consórcio, ao invés de realizar de imediato uma licitação.

 Estranho, muito estranho! Será que o MPF sabe que o prefeito de Telha, Flávio Dias, optou por escolher” uma empresa que não tinha os equipamentos necessários e sublocou de outra empresa? Não seria mais barato uma empresa que têm todos os equipamentos? E como foi essa escolha? 

Transbordo meia sola Aliás, o transbordo construído pelo consórcio está sendo usado por conta de uma liminar da justiça estadual porque na verdade não atende a todos os parâmetros necessários para receber uma licença ambiental. Para quem não sabe num transbordo legal e sério o lixo jamais é colocado no chão ou os carros coletores ficam esperando para despejarem. Tem toda uma sistemática que não está sendo realizada.  O blog acredita que a ADEMA precisa interferir naquilo que é de sua competência. O blog acredita ainda que o MPF e a Justiça Federal vão colocar o feito à ordem. E, principalmente, multar o prefeito Flávio Dias, responsável por todo este imbróglio.

Justiça suspende cobrança da taxa de esgoto em Itabaiana O juiz da 1ª Vara Cível de Itabaiana, Herval Vieira, concedeu uma medida liminar na Ação Popular impetrada pela Câmara Municipal e suspendeu a cobrança da taxa de esgoto praticada pela Companhia de Saneamento de Sergipe – DESO. A suspensão deve ser feita já a partir de janeiro, sob pena de multa mensal no valor do triplo do preço cobrado em cada mês de referência. 

Vitória Para o presidente da Câmara, Marcos Oliveira, a decisão judicial “é uma vitória de todos os itabaianenses que estão lutando contra essa cobrança abusiva, e nós vamos até o final para garantir o direito de todos os usuários”. A Ação Popular foi impetrada em 3 de dezembro do ano passado, quando começaram inúmeras reclamações dos moradores sobre o valor cobrado correspondente a 80% da conta de água, sendo que não foi apresentada nenhuma planilha de custos com as informações sobre a tarifa. 

Cobrança abusiva Além disso, de acordo com Marcos Oliveira, a taxa de esgoto vinha sendo cobrada de maneira irrestrita a todas as pessoas, sejam elas baixa-renda ou não. “A população vem passando por dificuldades e nós constatamos tais irregularidades. A Justiça acertou ao suspender essa cobrança abusiva”, frisou o presidente.

 A verdade dos fatos O blog anunciou, ontem, que publicaria, hoje, toda a verdade sobre uma nota divulgada pelo site da arquidiocese de Aracaju sobre o pe. David, um sacerdote idoso e doente que foi desprezado e jogado à míngua pelo arcebispo d. João Costa. Como o arcebispo se encontra gozando as férias por aí, e por causa de muitas informações recebidas sobre o caso, na próxima segunda-feira o blog divulgará com mais detalhes os fatos e irá desmascarar toda uma estrutura farisaica, maldosa e raivosa que se instalou na arquidiocese de Aracaju. “Ai de vos, fariseus hipócritas”, disse Jesus.

 

Sukita acumula mais uma condenação judicial O ex-prefeito de Capela, Manoel Messias Sukita, não cansa de aumentar sua ficha no judiciário. Desta vez a condenação é por danos morais, mediante ofensas e falsas afirmações sobre a vida pessoal do ex-prefeito de Ilha das Flores, Cristiano Cavalcante, que atualmente é esposo da atual prefeita do município do Leste Sergipano. As ofensas contra Cavalcante, sua família e sua honra por parte de Sukita se enquadram como calúnia e difamação, dentro do que foi avaliado pelo judiciário.

Lapso de loucura Vale ressaltar, inclusive, que não é a primeira vez que o ex-prefeito, que já chegou a ser preso três vezes por desvios de recursos públicos, é condenado por esta prática de crimes contra a honra das pessoas. Ainda de acordo com a decisão, as postagens e afirmações de Sukita ultrapassaram o limite da crítica, um verdadeiro lapso de loucura por parte do ex-prefeito. Com a decisão, ficou decidido o pagamento do valor de R$ 12 mil em danos morais, acrescido de 1% de juros ao mês a partir da data, bem como o pagamento das custas processuais e honorários de advogado no valor correspondente de 10% do valor total da ação.


Cidadão sergipano tinha as três doses da vacina contra Covid-19 registrado no Certificado Nacional e depois do hackeamento do site do ministério só tem duas doses registradas Do cidadão Lealdo Gomes Feitosa: “Eu tomei as duas vacinas da AstraZenica respectivamente em 05/04 e em 04/07/21 e tomei em 02/12/21 a terceira dose, ou seja, a dose de reforço da Pfizer e foi registrado no Certificado Nacional de Vacinação Covid-19, Certificado esse emitido às 17:56 em 03/12/2021, com o código CGEC.HYTM.ZHX3.D46X. Ocorre que, após o hackeamento dos dados do ministério da Saúde, foi emitido outro Certificado agora com o Código EXN3 HFXF.VD88.67BP, emitido em 10/012022 às 09:53, ocorre que para minha surpresa, só existe o registro das vacinas da AstraZenica, sendo omitido o registro da dose de reforço da Pfizer que tomei em 02/12/2021, do Lote FL5729, CNES**2600366. Dessa for, solicito o imediato registro da terceira dose por mim tomada em meu Certificado Nacional de Covid-19.”


Nova diretoria da OAB/SE realiza primeira sessão do Conselho Seccional Com a presença massiva dos conselheiros seccionais, conselheiros federais e da diretoria da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Sergipe (OAB/SE), a primeira sessão extraordinária do triênio 2022-2024, conduzida pelo presidente da instituição, Danniel Costa, aconteceu na noite da última quarta-feira, 12, e abordou o tema sobre a anuidade. Após a abrangente discussão sobre variáveis acerca da pauta, a votação estabeleceu a primeira decisão do novo Conselho Seccional. “Com grande satisfação tive a honra de conduzir os novos conselheiros na primeira sessão deste triênio. Na reunião de ontem, ficou muito claro que o novo conselho vai respeitar as opiniões divergentes e valorizar, acima de tudo, a retórica”, ressalta Danniel Costa, presidente da OAB/SE.

Pauta A pauta discutiu o desconto no valor da anuidade para adimplentes e inadimplentes; com votação ampla, o pleito recebeu 45 votos a favor do relator (20% de desconto para adimplentes e 10% para inadimplentes) e 6 votos contra (20% de desconto para adimplentes e inadimplentes). Resumo da reunião: Desconto de 20% sobre estes valores para pagamento até o dia 18/02, podendo ser parcelado até a mesma data no cartão de crédito em 2x; Se existir pendência financeira de exercício anteriores, o desconto será de 10%;Para ter o desconto de 20%, as pendências de anos anteriores podem ser sanadas até 31/01; A certidão de Inteiro Teor terá validade de 90 dias (antes era 60) e os emolumentos foram reduzidos, conforme tabela.

Debate democrático Segundo o diretor tesoureiro da OAB/SE, Ismar Ramos Filho, as divergências suscitadas buscaram melhores condições para classe, principalmente para o jovem advogado. “A primeira sessão deste ano foi marcada por um debate democrático e por conselheiros que se mostraram proativos e comprometidos com a pauta. Estamos todos muito satisfeitos com a conduta dos novos membros”, afirma o advogado.

 

 

Policiais, bombeiros e delegados fazem ato unificado em Aracaju Infonet: O Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Sergipe (Sinpol/SE), a Associação dos Delegados de Polícia do Estado de Sergipe (Adepol) e a Associação dos Oficiais Militares de Sergipe (Assomise) realizaram na tarde desta quinta-feira, 13, uma caminhada em direção ao Palácio dos Despachos. O objetivo do ato foi reivindicar um posicionamento do Governo do Estado em relação ao adicional de periculosidade, o pagamento das reposições inflacionárias e o corte nas horas extras dos policiais civis, militares e bombeiros do estado. Toda matéria aqui.

 

 

Direitos das mulheres sergipanas: Talysson tem reunião com Lenice Ramos Com um Projeto de Lei em tramitação na Alese sobre a Dignidade Menstrual, o deputado estadual Talysson de Valmir (PL) recebeu em seu gabinete, na quarta-feira (12) a jovem Lenice Ramos, idealizadora e ativista do movimento “Atheneu Onu Mulheres” e o seu professor Yuri Norberto. Dentre várias pautas dos direitos femininos, a principal foi o PL protocolado pelo Deputado que fala sobre a necessidade de alunas em situação de pobreza, matriculadas na rede estadual de ensino, receberem de forma gratuita absorventes higiênicos.

Direitos femininos Lenice ficou conhecida nacionalmente por seu trabalho à frente da luta pelos direitos femininos em Sergipe. Uma das suas principais causas é a “Dignidade Menstrual”. Ela defende que “a distribuição pelo Estado de absorventes às jovens em condição de pobreza é um direito, defendido, aliás e inicialmente, pela ONU em 2014.” O deputado Talysson tem um projeto, protocolado ainda em junho de 2021, sobre o tema e que encontra certa dificuldade para ser pautado na Casa Legislativa.

Urgência “O Projeto ainda não foi pautado e colocado para votação na Alese. Peço urgência devido à importância do projeto, ao número de estudantes que serão beneficiadas e à atualidade do tema. Alguns estados brasileiros já aprovaram, por que Sergipe ainda não?” Questiona Talysson. “Quando soube do trabalho de Lenice, convidei-a para se juntar a nossa luta pela aprovação do Projeto na casa e ela prontamente nos atendeu.”

Urgência II A convite do eputado, a jovem Lenice esteve em seu gabinete, acompanhada do seu professor/orientador Yuri Norberto, para discutirem maneiras de mobilizar e conscientizar a sociedade sergipana sobre a necessidade e a urgência da propositura. “Eu penso que seja importante termos um deputado que se dispõe a ouvir uma jovem, que tem iniciativas parecidas, e que quer ajudar ao povo de verdade.” Observa Lenice.

Luta “Muitas meninas sofrem com a falta de condições e de informação. A nossa luta vai além de apenas absorventes, a nossa luta é por cada menina que sofre com a carência de algo tão básico. Várias delas, até por ser um tabu o assunto, acabam por improvisar soluções que as prejudicam, como: o uso do miolo de pão e panos. A realidade não pode ser negada, várias delas sofrem com infecções e outros problemas decorrentes do não uso dos absorventes”, enfatiza Lenice. “A minha única vontade é que esse Projeto seja logo pautado, aprovado e sancionado pelo governador. Não quero que o sofrimento de várias meninas sergipanas continue. Trazer Lenice e o seu trabalho pra luta é só mais um indicativo de que a necessidade existe e precisa de uma posição urgente do Estado”, reforçou o parlamentar.

Central de Interpretação de Libras – CIL volta a funcionar no CEAC Desde ontem, 13, a Central de Interpretação de Libras – CIL voltou a funcionar no CEAC (Centro de Atendimento ao Cidadão) da Rua do Turista, de segunda a sexta-feira, de 07h às 13h. Desde setembro de 2020, o serviço esteve temporariamente alocado na sede da Secretaria de Estado da Inclusão e Assistência Social (SEIAS), em razão da pandemia, com atendimento presencial e remoto.

Serviço No CEAC, a Central oferece o serviço de tradução para a Língua Brasileira de Sinais (Libras) presencialmente e online, através de videochamadas pelo whatsapp (79) 3222-9447. Mas os intérpretes também podem ser requisitados para acompanhar a pessoa surda a serviços públicos, como agências bancárias, hospitais, delegacias, tribunais, etc. Basta agendar com antecedência na Central, através do e-mail centraldelibras.se@hotmail.com ou pelo telefone (79) 3222-9447, com o auxílio de um amigo ou parente. Confira o recado do intérprete Alisson Farias: https://www.instagram.com/p/CYoaZCwl9LE/


PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018

A “indústria” dos pedintes em Aracaju Postado em um grupo de WhatsApp na última quarta-feira: Boa tarde meus amigos do grupo, agora flagrei um verdadeiro absurdo que está se generalizando em nossa cidade. Pedintes nos sinais de trânsito, cada dia aumentando. Ocorre que é uma empresa, que tem carro e moto, o Corsa desse vídeo sai distribuindo nos sinais, jovens do sexo masculino, feminino, mães com CRIANCINHAS, onde cada um sai com placas de papelão com dizeres pedindo esmolas. Acredito que esse rapaz bem vestido, que inclusive dirige o Corsa seja o chefe ou o coordenador da equipe. Temos amigos do MP no grupo, entendo a necessidade da intervenção do Puder Público. Obrigado pela a atenção de todos.”


Ajuda através de instituições sérias Este espaço já chegou a fazer uma campanha “Não dê esmolas” mas sim dignidade e cidadania através de instituições sérias que ajudam as pessoas e ao mesmo tempo promove ações, como cursos, para que os mesmo sejam inseridos na sociedade. Em Aracaju, infelizmente, principalmente neste período de pandemia, dezenas de pessoas se aproveitam para ganhar dinheiro fácil e chegam a desdenhar de quem trabalha e ganha um salário mínimo com dignidade. Resta torce que a polícia e outros órgãos fiscalizem e coloquem estes aproveitadores na cadeia.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



PELO E-MAIL nunesclaudio@infonet.com.br E FACEBOOK

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



O Sorriso Maroto… Por Antônio Samarone, médico sanitarista      http://blogdesamarone.blogspot.com/


Não está sendo fácil conviver com o fascismo. Acho que contraí “melancolia”, uma doença extinta, uma doença da alma.

Será se a melancolia, como o sarampo, está voltando? A quem recorrer?

A psiquiatria desmembrou a melancolia em dezenas de transtornos, e quer tratá-los com drogas que regulam a neurotransmissão.

Não é fácil enquadrar o sofrimento mental como mercadoria. Acho que a psiquiatria de mercado não tem respostas, tratam a depressão como um desequilíbrio químico.

Pensei em procurar um psicoterapeuta. Qual? A psicoterapia vai do exorcismo às teorias cognitivas, passando pela psicanálise. A psicoterapia é herdeira do xamanismo.

Melancolia não é tristeza, acabrunhamento ou amargura. Melancolia também não é depressão, muito menos Burnout. Então, o que é melancolia, se é que ainda existe?

Voltei à medicina hipocrática. Ele não é o pai atoa.

“Se deres ao homem um remédio que remova fleuma, ele vomita fleuma, se lhe deres um remédio que remova bile, ele remove a bile”. A melancolia é um excesso da bile negra, no paradigma humoral.

Hipócrates descreveu o comportamento do melancólico:

[Eles são] às vezes taciturnos e solitários, evadem-se para lugares isolados; desviam-se dos homens, olham o seu semelhante como um estrangeiro; mas também não é raro, nos que se consagram ao saber, que a sua disposição à sabedoria os incite a esquecer qualquer outra preocupação.

Assim, uma das características da melancolia é o isolamento dos indivíduos. Na literatura, Hipócrates é convidado para emitir um parecer sobre Demócrito, considerado louco pela sociedade.

Na carta dirigida a Damagetes, tem-se a narrativa do encontro entre Demócrito e Hipócrates. O médico é conduzido pelos cidadãos até o lugar onde Demócrito se encontra, e observa a sua situação com profunda tristeza.

“Demócrito está melancólico e não louco, concluiu o pai da medicina.

O filósofo se recolheu para deixar sua alma em paz. A procura da suspensão de perturbações está de acordo com a ataraxía democritiana.

O filósofo precisa de um momento consigo mesmo para refletir acerca de si, dos homens e da relação que eles mantêm com a sociedade. O isolamento demonstra sua atitude perante a sociedade.”

A descrição física de Demócrito (sujo, com uma túnica grosseira e barba longa) corresponde a um dos sinais elencados pelos cidadãos: ele se esqueceu de tudo, até de cuidar de si próprio.

Esse descuido com o próprio corpo revela-lhe o comportamento diante do corpo social, pois ele também se omite quanto à sociedade naquilo que seus concidadãos esperam dele.

Hipócrates pergunta a Demócrito pelo motivo do seu riso. Ele responde que ri da irracionalidade dos homens, da sua ganância, de suas guerras e de suas preocupações com o efêmero.

Sobre a ganância, a personagem de Demócrito afirma, nas Cartas, que leva à desmesura de querer sempre mais e nunca se satisfazer.

“Quando não são ricos, desejam a riqueza; adquirindo-a, eles a escondem e subtraem-na aos olhares”. Nos fragmentos de Demócrito, encontramos dois que também condenam a atitude gananciosa, caracterizando-a como capaz de provocar sofrimentos. O primeiro fragmento aconselha aos homens não sofrerem em demasia por aquilo que não possuem.

“Sensato é quem não sofre pelo que não tem, mas se alegra pelo que tem”.

O segundo condena aquele que age com desmedida, e preocupa-se excessivamente com seus bens: “Afortunado quem deseja com medida, infortunado quem sofre pelo que muito tem”.

Nas Cartas, sobre a suposta melancolia de Demócrito, o autor defende que não vem da bile negra, contrariando a tradição hipocrática. Ela não é uma doença do corpo, mas sim um estado d’alma.

O riso é uma terapia e tem um poder curativo, podendo purgá-la; ele não é a expressão da loucura do filósofo, mas de sua grande sabedoria diante dos homens.

Então, se num primeiro momento a sociedade pareceu sábia por se preocupar com a saúde de um de seus cidadãos, no final tem se mostrada ignorante, por não entender o riso de Demócrito.

Só me faltava essa, segundo a medicina hipocrática o remédio para a melancolia é o sorriso.

PELO TWITTER

www.twitter.com/DannielAlvesCo1 A OAB/SE irá reivindicar junto ao governador Belivaldo Chagas a participação da nossa instituição no Comitê Técnico-Científico da Covid-19, e assim dar a nossa contribuição nas decisões que vierem a ser tomadas, com medidas eficientes e equilibradas. Esse é o momento de união…Em resposta a @LucasmktdigitaI e @BlogClaudioNun Nossa intenção é garantir que a Instituição seja ouvida e aponte caminhos para enfrentarmos esse momento, sem nenhuma ideologia partidária por trás disso.




 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

www.twitter.com/afonsoborges Sacada genial do @otempo: o calendário eleitoral. Guardem, gente – é a “bula” de 2022. A.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

www.twitter.com/fortalordinaria Rapaz, um cuscuz com manteiga é bom demais!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 







 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Frase do Dia
“Hoje, a intimidação; amanhã, a história, memória implacável e justa dos tempos e pessoas.” Cláudio Nunes, 2018.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Entrevista aqui: https://www.vaticannews.va/pt/papa/news/2022-01/papa-francisco-entrevista-midia-vaticano-sao-jose-paternidade.html

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais