Desenvolvimento X Inflação

0

Um dos temas mais debatidos na atualidade é a política econômica do país. Participando de encontro dos BRICS, em Durban, na África do Sul, a presidente Dilma Rousseff fez uma declaração que agitou o mercado financeiro. Pelo menos a interpretação de sua fala que, segundo ela, foi manipulada, fez esquentar a chapa nos meios econômicos e financeiros do nosso querido Brasil.

Tudo se resume, de uma forma bem simples, no seguinte: Acentuar o crescimento faz crescer a inflação? Ou está, justamente, nesse crescimento, o remédio para controlar esse monstro que atemoriza os pobres mortais? Os economistas ortodoxos já preconizam a necessidade absoluta de o COPOM – Conselho de Política Monetária do Banco Central estancar a estratégia de baixar os juros (SELIC), tão reclamada, anos a fio, por todos os setores do empresariado nacional.

De repente, os juros, até então o grande vilão, pois os do Brasil são dos mais altos de todo o mundo, voltam a ser o centro das atenções das mesmas pessoas que defendiam sua redução, mas, desta vez, suplicando para que o governo volte a aumentá-los. Mesmo com  o processo de redução colocado em prática, os juros do Brasil ainda permanecem num patamar destacado, nos primeiros lugares dentre os mais caros de todo o planeta.

O economista Delfim Netto, ex-ministro da Fazenda do Brasil e considerado um dos mais completos experts em teoria econômica escreveu, em sua coluna semanal publicada pela revista Carta Capital, o seguinte: “Aumentar taxas de juros agora provocaria o travamento da produção e o desemprego que alguns economistas pedem alegremente.” E fecha seu artigo afirmando: “Só as mentes com sérias dificuldades consigo mesmas podem defender ou imaginar que uma elevação da taxa de juros baixará o preço do tomate…”

Depois de suas declarações em Durban, a própria presidente Dilma convocou a imprensa para uma entrevista, em que condenou a tentativa de manipulação de sua fala anterior, no plenário dos BRICS. E acentuou que o combate à inflação permanece nos planos do governo, que, entretanto, não permitirá que isso prejudique as ações para acelerar o nosso desenvolvimento econômico.

Jornada de Lutas da Juventude. Ato em Aracaju nesta sexta,05
Chegou a vez de Sergipe convocar a sua grande Jornada de Lutas da Juventude Brasileira. O ato acontecerá nesta sexta-feira, 5, a partir das 14h, com concentração na Praça da Catedral, no centro de Aracaju.Os estudantes lutarão contra os abusivos aumentos das passagens de ônibus, com ênfase no passe livre estudantil.

Santa Maria do Carmo e a explicação da Prefeitura
O blog recebeu os esclarecimentos da Prefeitura de Carmópolis sobre a imagem da santa queimada. Segundo as explicações a imagem foi retirada porque está corroída e seria recuperada. Estava no depósito municipal quando alguns servidores ao tentar debelar uma colmeia de abelhas africanas “atearam fogo numa tocha previamente confeccionada” e o mesmo se alastrou e atingiu a estrutura de toda imagem.

No mínimo exoneração dos servidores responsáveis
Caro leitor, uma imagem tão importante foi desprezada completamente. E episódio parece mais uma piada se não fosse um fato tão lamentável. No mínimo, a prefeita Esmeralda deveria exonerar os servidores responsáveis pelo “fogo” na imagem. Mas fica o dito pelo não dito e quem perdeu foi o povo de Carmópolis que perdeu uma imagem que era referência mundial e recebeu uma meia…

MPT condena Torre a pagar indenização no valor de cem mil reais
O Ministério Público do Trabalho em Sergipe obteve sentença favorável da Justiça do Trabalho, após ajuizar uma ação civil pública que condenou a empresa Torre Empreendimentos Rural e Construção LTDA, ao pagamento de indenização por dano moral coletivo, no valor de cem mil reais.

Desconto indevido
A empresa foi condenada por descontar dos salários dos funcionários valores equivalentes à manutenção de veículos e peças, ou seja, ela transferia para o trabalhador a responsabilidade pagar pelo desgaste ou quebra dos veículos. Outra irregularidade encontrada na Torre refere-se ao pagamento de  comissões “por fora” do contracheque. Ambas as práticas causam prejuízos as remunerações dos trabalhadores. As irregularidades foram constatadas pelo MPT que se baseou em decisões e depoimentos judiciais anteriores.

Pagamento
Foi determinado também que a Torre pague integralmente os salários dos empregados e não reduza indevidamente as remunerações dos mesmos, sob pena de multa diária de dez mil reais por cláusula descumprida. Esta será revertida a projetos sociais em benefício direto da população sergipana. (Ascom MPT/SE)

Aracaju: Moção é aprovada pedindo substituição de Feliciano
11 votos favoráveis e três contrários, foi aprovada ontem na Câmara Municipal de Aracaju, a Moção Nº 23/2013, de autoria do vereador Iran Barbosa (PT), dirigida à presidência da Câmara dos Deputados e à liderança do Partido Social Cristão (PSC) naquela Casa, apelando para que adotem as medidas regimentais cabíveis a fim de proceder à substituição do deputado Marco Feliciano (PSC) da presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara Federal.

Afirmações
Iran lembrou que são atribuídas ao parlamentar do PSC afirmações de caráter discriminatório em relação à África, aos africanos e aos seus descendentes, e de cunho homofóbico e preconceituoso dirigidas à comunidade LGBT, como também posições misóginas contra as conquistas sociais das mulheres brasileiras.A mais recente polêmica de Felicano foi afirmar que agora a Comissão de Direitos Humanos e Minorias iria avançar, tendo ele como presidente, porque antes “era ocupada por Satanás”.

Permanência insustentável
“A permanência de Marco Feliciano numa comissão tão importante e tão estratégica para os avanços que precisamos construir na área dos direitos humanos é insustentável. Não podemos concordar com o debate enviesado que estão tentando fazer, afirmando que quem é contra Marco Feliciano atua de forma violenta; é contra os pastores evangélicos e não conhece a bíblia. Essa é uma atitude desesperada de tentar tirar o foco do debate político e da construção de um Estado laico pautado pelo respeito às diferenças e livre de preconceitos e discriminações”, disse o parlamentar.

Redução
Diante do cenário de agravamento da seca nos 24 municípios sergipanos em situação de emergência, a Deso reduziu em cerca de 60% o custo da água vendida para caminhões-pipa. A empresa tem mostrado sensibilidade ao estado de calamidade das áreas afetadas pela estiagem, ofertando água potável a população com valor subsidiado. Com o ajuste definido, no dia 03, em reunião da Diretoria Executiva, o custo do metro cúbico de água passa dos atuais R$ 7,49 para R$ 3.

Maternidades públicas
A presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe, deputada estadual Angélica Guimarães (PSC), participou de um debate liderado pelo também deputado Gilson Andrade (PTC) sobre a Saúde Pública de Sergipe para cobrar do Estado mais maternidades públicas no sentido de amenizar o problema da superlotação da Maternidade Pública Nossa Senhora de Lourdes, em Aracaju.

Atendimento
Angélica Guimarães explicou que a Maternidade, além de ter sido construída para cuidar de partos de alta complexidade, não atende apenas a parturientes da capital. “Pacientes de Nossa Senhora do Socorro, de São Cristóvão, da Barra dos Coqueiros e até de outros municípios procuram a Maternidade Nossa Senhora de Lourdes. O que acontece lá, respeitando as devidas proporções, é a mesma coisa que ocorre no Hospital João Alves Filho”.

Complexidade
Em seguida, a presidente da AL, voltou a bater na tese de que a Maternidade Nossa Senhora de Lourdes só deveria ser opção para os casos mais complexos. “Está atendendo a todos os casos! A Santa Lúcia fechou; a Maternidade Hildete Falcão Baptista também; a quantidade de maternidades públicas é insuficiente para atender a demanda e é necessário que o governo do Estado institua, ao menos, mais um ponto de atendimento, a exemplo da Maternidade Santa Isabel, para partos de baixo risco”.

Memória – Aconteceu há 67 anos (1946)
NO MUNDO    –   Juan Domingo Perón (1895/1974) é eleito presidente da Argentina.  É reeleito em 1951 e deposto pela Marinha quatro anos depois. Em 1973, elege-se pela terceira vez, tendo Isabelita, sua terceira esposa, como vice, e morre durante o mandato. Líder populista, contou com a participação decisiva da mulher, Evita. O “peronismo” persiste, na Argentina, até os dias atuais, exercendo forte influência política no país.
NO BRASIL    –    Janeiro – Toma posse Eurico Gaspar Dutra na presidência da República. Fevereiro – Têm início os trabalhos da Constituinte. Abril – Dutra proíbe o jogo em todo o Brasil. Agosto – Fundação do PSB – Partido Socialista Brasileiro. Setembro – É promulgada a nova Constituição do país.
EM SERGIPE –    Nas eleições, uma novidade. A ED – Esquerda Democrática, que era uma corrente da UDN, formaliza-se como agremiação independente e consegue lançar candidatos próprios em todos os níveis. Em verdade, o pleito só aconteceria nos primórdios de 1947 (19 de janeiro). Estavam formados dois grandes blocos: um, formado pelo PSD e pelo PR. O outro, liderado pela UDN, tendo como aliados o PTB e o PCB. A eleição para presidente, que se apresentava iminente, viria concluir o trânsito institucional do Estado autoritário para o liberal-democrático. Estava em pleno andamento o processo de transição democrática, após o final da ditadura do Estado Novo (1937/1945). Os principais líderes da Esquerda Democrática eram Orlando Dantas e Antônio Garcia Filho.

Futebol
A rodada de número 12, de um total de 18, apresenta para o próximo fim-de-semana os seguintes jogos: No sábado, apenas uma partida – Às 20,30 horas, no estádio Fernando França, em Carmópolis – River Plate X Socorrense. No domingo, mais quatro partidas serão disputadas, todas começando às 16 horas. Confiança X Itabaiana, no Batistão, em Aracaju. América X Sergipe, no Governador Valadares (Maruim). Boca Júnior X Olímpico, no Augusto Franco, em Estância. E finalmente no Paulo Barreto, em Lagarto, a equipe local do mesmo nome enfrentará o Estanciano. /// Amanhã (06.04), em Santa Cruz de La Sierra (Bolívia), terá lugar o amistoso internacional Bolívia X Brasil, às 16 horas de Brasília. Parte da renda será revertida em benefício da família de Kevin, garoto que morreu atingido por um sinalizador marítimo, em recente jogo da Libertadores. A seleção brasileira terá em ação somente jogadores que atuam no Brasil.
/// O governo brasileiro começou a atuar ativamente para libertar os 12 torcedores corinthianos presos na Bolívia. O Ministério da Justiça enviou informações às autoridades do país que vão embasar a defesa dos torcedores presos em Oruro, acusados de envolvimento na morte de Kevin Espada. A iniciativa ocorreu porque até agora nem a Justiça boliviana nem o governo local haviam pedido nenhuma informação dos presos ao governo brasileiro. /// Comentários dão conta de que Marco Pólo Del Nero, vice-presidente da CBF, trabalha para transferir a abertura do mundial de 2014 para Brasília. /// 87 clubes participam da vigésima-quinta edição da Copa do Brasil.

PELO TWITTER

www.twitter.com/RicMarquesTV   Nunca posso esquecer: o mérito de nossa vitória é de Deus. A ELE toda a honra. #fato. #boanoite.

www.twitter.com/Narcizo_Machado   Acreditar eu não. Recomeçar jamais. A vida foi em frente, E você simplesmente, Não viu que ficou pra trás! – Bom Dia!

www.twitter.com/valter_jornal  "Cristo ensinou a amar. Feliciano está ensinando a odiar" (@Lucimara_Passos). É isto mesmo!

www.twitter.com/salesneto1  O mundo precisa de Paz, ñ de violência. Diga NÃO às armas. Só duas qualidades de gente usa arma: policial ou bandido.

www.twitter.com/ildamello   Deus no comando e alegria sempre.

ARTIGO

Pessoas a margem da Lei e da sociedade, ainda há esperanças?

A utopia dos “quatro erres” por José Raimundo de Sousa

São exatamente as pessoas em privação de liberdade que, aceitando as mensagens soteriológicas de Jesus fazem com que a utopia do retorno á sociedade continue brilhando em seus corações. Ao entrar o evangelho através do curso de teologia no presídio, (onde tem), surgem riscos de luz para uma maior reintegração dos apenados rompendo-se o circulo vicioso de violência-criminalidade que caracterizava a vida destas pessoas (se é que isso pode se chamar de vida!). Jesus se manifesta como senhor da vida, quer os presos vivos e livres do crime e, finalmente, que sejam reinseridos na sociedade.

A regeneração dos encarcerados concretiza-se a partir do encontro destes com Jesus, o deus dos marginalizados. Num primeiro momento, deve-se frisar que os apenados clamaram para que houvesse essa regeneração; num segundo momento, houve um encontro pessoal (essência dessa esperança). O poder publica não pôde proporcionar essa utopia, pelo contrario, as pessoas em privação de liberdade são desumanizadas e degeneradas por esse sistema podre. A regeneração e a recuperação supõem uma vontade divina para com estas pessoas, e não da boa vontade dos governantes através da administração dos presídios. Precisa-se realmente de um amor muito grande ao próximo para poder ajudar no resgate das pessoas á margem da lei e da sociedade.

Em Deus os presos confiam que essa “salvação” de inclusão social através da educação não sofra solução de continuidade e que seja tão permanente quanto eficaz (sendo extensiva aos demais internos). Ao serem abolidos os entraves que prejudicam a reintegração social dos encarcerados, percebe-se que a sua regeneração é muito mais profunda quando estes são aceitos na sociedade, fazendo com que não voltem a delinquir. Quando Deus “salve” o apenado da marginalização “sócio-penal”, tira-o também da marginalização religiosa e espiritual. Neste sentido, tirar o outro de qualquer marginalidade torna-se missão de todos, e isto não acontece à distância. É preciso aproximar-se da margem, ir até lá onde se encontram os marginalizados para estender-lhes a mão. Foi exatamente o que a Pastoral Carcerária e o Instituto de Ciências Religiosas  da Arquidiocese de Fortaleza fizeram no IPPOO II.

(O IPPOO II) é um presídio de fortaleza, onde por um trabalho exaustivo da Pastoral Carcerária, e outros interessados, conseguiram levar  uma faculdade (não publica), para o ensino superior aos detentos, cujos resultados fora surpreendente, tendo Dalí saídos grandes profissionais, a exemplo do NIGERIANO, Cornelius Ezeokeke, autor de livros, professor, hoje cidadão Brasileiro, após ter sido preso oito anos por trafico internacional de drogas.

Na verdade o que ocorre é isso, mas estes miseráveis não são os traficantes, são os mensageiros, e são quem paga na cadeia pelos crimes previstos em lei, já que os verdadeiros traficantes quase nunca são pegos e presos, pois contratam gente necessitadas, que atraídas pelo trabalho, e esperanças de sobrevida aceitam.  ( Livro PENAS MAIS RIGIDAS, JUSTIÇA OU VINGANÇA)?

É necessário que este belo exemplo de compromisso com a questão da ressocialização nos presídios seja seguido, através de um conjunto de ações práticas por parte do governo, em que este saia dos discursos alienantes e demonstre verdadeiramente o compromisso com esta temática  tão esquecida (a ressocialização dos encarcerados). Isto é o “poder” que o poder público ainda não dispõe.

Aproveitamos o ensejo para indagar o paradeiro das nossas universidades públicas, uma vez que o exemplo citado é de uma faculdade particular. (exemplo para o Brasil), Será que os encarcerados não têm direito  de continuar seus estudos? Só o poder publico pode responder a essas interpelações. É nisto que consiste a utopia dos “Quatro erres”:

Regeneração, ressocialização, Reinserção e reintegração, que postulamos serem essenciais e que nunca devem morrer, ou seja, ainda há esperança!
É uma temática que deveria estarmos vendo, vivenciando a cada dia nas cidades e no campo, no entanto estamos vendo exatamente o contrario, a degeneração da família pela droga, pela depravação, pelas programações televisivas nada aproveitável, e pela insensibilidade dos ditos homens da sociedade, das autoridades em todos os sentidos, até de religiosos na maioria, já que parte deles só veem o outro lado, fazem grandes aglomerações com shows que truviluscam os olhos, mas só em favor dos interesses, embora pela fé dos ingênuos até curam suas dores, mas aqueles nem lhes abrem olhos para o passo adiante daqueles sofredores.

Parafraseando o ex-presidente americano JOHN KENNEDY quando diz que se uma sociedade supostamente livre não pode ajudar os poucos que estão encarcerados,acabará não podendo salvar os muitos que estão “livres”.
Os aprisionados são tidos como os não homens, pela sociedade, tanto pelo que fizeram, como pelo preconceito. Este tipo de comportamento faz com que o maior prejudicado, seja a própria sociedade. A criminalidade é um mal que atinge a todos, incluindo o próprio criminoso. No entanto o maior criminoso é aquele que conduz criminosos ou que faz com que estes não sejam recuperados, beneficiando-se da violencialização.

*Presidente do CCEP- Conselho da Comunidade na Execução Penal de Sergipe

ARTIGO

Um Futuro Garantido            por Robson Carvalho de Menezes*

Um dos momentos ruins e chatos na vida profissional é aquele em que se começa a sentir sinais de desestimularão perante a sua carreira.

Muitos conseguem o tão sonhado salário, porém tendem a abrir mão da sua satisfação pessoal e passam anos trabalhando assim, às vezes até a aposentadoria. O salário garante o padrão de vida satisfatório para a família. Mas as décadas passam, a idade avança e o pique já não é mais o mesmo, e tudo que esses profissionais queriam era poder reduzir o ritmo.

Isso acontece muito com grandes executivos que trabalham dez, doze e até quatorze horas de trabalho. A empresa fecha no expediente normal, e eles ainda ficam lá em suas salas, na frente de seus computadores, produzindo como se fossem máquinas, muitas vezes quando vão embora as sextas-feiras ainda levam material para trabalhar em casa. Outro profissional que às vezes também trabalham em excesso são os professores que lecionam dia e noite, em duas, três ou até mesmo quatro escolas ao dia.

  Em tese seria bom reduzir o ritmo por conta da idade chegando e começar a cuidar mais de si próprio, o drama é que a grande maioria das pessoas não podem se der tal luxo, pois são escravas de suas rendas. Não conseguem viver mais com uma renda menor. Caso diminuam a carga horaria de trabalho ou perderem seus empregos fixos ou os extras, não conseguirão manter o padrão de vida.

Eu sugiro poupar dinheiro, para garantir um futuro tranquilo e saudável. Para aqueles que detêm de rendas extras fora do seu emprego fixo, a sugestão é não comprometer essa renda, como o próprio nome diz é “extra” e não fixo. Na teoria não devemos comprometer nossa renda fixa total, quanto mais uma renda extra. A renda “extra” ou adicional, conquistada através de consultorias, aulas lecionadas, palestras, prestação de serviços, horas extras trabalhadas e outras atividades devem ser guardadas para investimentos e aposentadoria.

Para aqueles que não possuem atividade extra como fundo financeiro adicional, também serve da mesma forma, é guardar um valor ou percentual para um futuro promissor. A felicidade se constrói com escolhas, e suas escolhas farão muita diferença na hora de decidir quanto economizar para sua aposentadoria e o padrão de consumo que deseja ter.

A riqueza e seu futuro promissor é algo que pode ser construído com um plano de objetivos e metas a serem alcançados. A fórmula é simples e só depende de você:

“Gastem menos do que vocês ganham e invistam a diferença”. Façam poupança.
Um futuro promissor a todos e sucesso ao poupar dinheiro.

*Esp. Finanças/Esp. Gestão Empresarial.
Sites: http://robsongestor.blogspot.com/
twitter.com/gestor_robson
Facebook: robsonmenezes_gestor@hotmail.com

Blog no twitter: www.twitter.com/BlogClaudioNun   

Frase do Dia
“Só a leve esperança em toda a vida disfarça a pena de viver, mais nada”. Vicente de Carvalho, poeta, político e jornalista brasileiro, nasceu em 05 de Abril de 1866 e morreu em 1924.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários