Dia-a-dia virtual

0

A internet tem sido a principal arma de defesa dos terráqueos contra o invisível e perigoso coronavírus. Aos poucos, todos têm recorrido ao mundo virtual para resolver dos mais simples aos mais complexos problemas. E essa tendência aumenta na medida em que as empresas e os serviços públicos encerram o atendimento presencial. Com restaurantes fechados, a saída é recorrer à entrega em domicílio, assim como usar a internet para consultar o médico em quarentena. Até o prazeroso sexo virtualizou-se. Duvida? Pois uma pesquisa divulgada pela revista IstoÉ mostra que o site das Brasileirinhas, maior e mais antiga produtora de filmes eróticos do Brasil, registrou o dobro de assinaturas diárias desde a última segunda-feira. Depois dessa, não se surpreendam se começarem a aparecer na telinha de seu computador, políticos safados propondo trocar álcool em gel por votos a serem depositados, de preferência online, na urna eletrônica. Danôsse!

Parceria contra o vírus

Prefeitos sergipanos têm recorrido à Secretaria Estadual da Saúde para discutir ações preventivas contra o coronavírus. Os técnicos estão orientando gestores e secretários municipais sobre as ações para enfrentar a pandemia, evitando que a doença se alastre pelo interior. As reuniões são coordenadas pela Federação dos Municípios de Sergipe. Muito bem!

Vão às urnas

Os médicos associados à Unimed/SE vão às urnas, nesta sexta-feira, para eleger o novo conselho de administração da entidade. Concorrem à presidência os médicos Carlos Alberto Mendonça e Virgínia Barreto. Quem ganhar o pleito receberá uma Unimed pra lá de organizada, graças ao trabalho desenvolvido pela presidente Denise Tavares e os demais conselheiros. Portanto, que vença o melhor!

Mudou de mãos

A Prefeitura de Aracaju é a nova responsável pela Orla da Atalaia, a Praia da Aruana e o Viral. A transferência da gestão destes espaços públicos foi feita, ontem, pela Secretaria de Patrimônio da União (SPU). Antes, aquelas praias eram administradas pelo governo de Sergipe. “Apesar deste momento de dificuldades em decorrência do coronavírus, assinar o termo de adesão de gestão das praias me deixa muito feliz”, comemorou Nogueira. Então, tá!

Prazo mantido

E a justiça eleitoral não acatou pedido para prorrogar a data-limite (4 de abril) para filiação a um partido político com vistas às eleições deste ano. A proposta se fundamentou na situação excepcional provocada pela pandemia do coronavírus. Segundo a ministra Rosa Weber, presidente do Tribunal Superior Eleitoral, o prazo de filiação seis meses antes das eleições é previsto na Lei das Eleições, não podendo ser mudado pelo colegiado do TSE. Ah, bom!

Vírus é prioridade

A Assembleia tem sessão plenária agendada para a próxima quarta-feira. O presidente Luciano Bispo (MDB) já orientou sua assessoria para priorizar na pauta todas as proposituras que tenham relação com a prevenção ao coronavírus. Ressalte-se que enquanto durar a pandemia, apenas deputados, assessores destes e servidores terão acesso às instalações do Legislativo. Certíssimo!

Agressão gratuita

E o senador Rogério Carvalho (PT) aproveitou o ataque feito contra a China pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro para alfinetar a família do dito cujo. Segundo o petista, “o Brasil não pode servir de instrumento para caprichos de figuras lamentáveis a serviço dos Estados Unidos”. Aliás, somente os quebra-facas dos Bolsonaros e os próprios acham correto agredir um país apenas para bajular o presidente George Bush. Marminino!

Unhas afiadas

Faltando mais de sete meses para as eleições municipais, muitos aliados do prefeito Edvaldo Nogueira (futuro PDT) não se cansam de fustigar os próprios correligionários visando desgastá-los politicamente. É como se fossem gatos afiando as unhas para defender sua parte na hora da ração. Misericórdia!

Sessões suspensas

A Assembleia suspendeu a realização de sessões itinerantes marcadas para o interior sergipano. Agendada para Estância, a primeira deveria ter ocorrido ontem, não fosse a pandemia do coronavírus. Também estão suspensas as plenárias marcadas para Propriá, Itabaiana, Lagarto, São Cristóvão e Tobias Barreto. O objetivo das sessões itinerantes é discutir os problemas dos municípios com prefeitos, vereadores e a população local. Boa ideia!

Sem zuada

Após terem sido rejeitados pelo PT, o ex-prefeito de Capela, Manoel Sukita, e o seu grupo político vão se filiar ao Republicanos. A princípio, haveria uma grande festa, tudo ao estilo de político capelense, mas a pandemia do coronavírus sustou o rega-bofe. Pelas redes sociais, o ex-prefeito informa que “vamos fazer as filiações, a partir dessa sexta-feira, através de agendamento individual”. Segundo Sukita, terão prioridade os pré-candidatos, em atenção ao prazo eleitoral que se encerra no próximo dia 4. Pois tá!

Recorte de jornal

Publicado no jornal O Estado de Sergipe, em 24 de dezembro de 1903

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários