Do chororô e Diário do governo que não corta despesas e privilégios

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Um cidadão que chegou para morar em Sergipe de janeiro para cá e ouvir as declarações do governador tem a certeza que Belivaldo Chagas assumiu o governo agora e não tinha conhecimento da situação financeira.
Já os sergipanos conscientes não aguentam mais o chororô diário do governador que não tem consciência do cargo que exerce. Belivaldo é governo há muito tempo e participa das decisões efetivas no mínimo desde 2015. Dizer o contrário é querer camuflar a verdade. Lamentavelmente o chororô de Belivaldo é respaldado por alguns ávidos pelo que o sistema propicia em todos os sentidos. Só Banese card fala por si.

Basta acompanhar o Diário Oficial para comprovar que a exoneração de todos os cargos comissionados no fim do ano foi apenas um discurso levado ao vento. São diversas nomeações de apadrinhados principalmente de Jackson Barreto que fez da pasta de desenvolvimento urbano (ex-infra estrutura) um quartel general para parentes e agregados.

O blog vem recebendo reclamações diárias que muitos gestores, como na inclusão social, mandam sem passar

Chororô de Belivaldo: sem dinheiro para pagar servidores e fornedores, mas tem para pagar remunerações de dezenas de pessoas em conselhos. Secretário da Educação membro do conselho da Emdagro? Só em Sergipe Del Rey.

pelo governador. O loteamento político esfacelou o governo já cambaleante por conta do caos financeiro provocado por ele mesmo. Ao lado um print da nomeação do secretário de Estado da Educação, Josué Subrinho para o conselho de administração da EMDAGRO. Ou seja, apenas para receber de mais um lugar. E como este caso, existem dezenas de outros. Se o governador deseja economizar acabe com as remunerações dos membros dos Conselheiros. Seria uma economia enorme. E corte de verdade os valores gastos com comissionados, não apenas reduza o número aumentando os valores dos cargos como fez agora.

A sorte de Belivaldo Chagas é que a oposição em Sergipe é uma fogueira de vaidades sem precedentes. As questões pessoais sempre vêm em primeiro lugar. A prova maior foi a divisão em 2018 onde o pior governador da história de Sergipe, que foi derrotado para o Senado, conseguiu eleger o seu sucessor.

A sociedade sergipana não aguenta mais este terrorismo psicológico que não é de agora: é só pegar os discursos de Jackson quando foi reconduzido ao governo em 2015. Belivaldo apenas copia o “mestre” sem o menor pudor.

A população está percebendo que o chororô é uma encenação. Falta gestor, falta governança, falta coragem para cortar privilégios. Pelo jeito Belivaldo continuará com o devaneio do chororô pensando que está enganando alguém respaldado pelos eternos “amigos” do poder.

 

Operação Caça Fantasma E o blog foi informado que tem membros do MPE acompanhando de perto os diários oficiais deste ano e suas respectivas nomeações. Estão listando tudo em várias tabelas por áreas. A ideia é após o Carnaval começarem as visitas “in loco.”

Parabéns Belivaldo por optar pelo bom senso no caso da carreata E ontem, 19, o governo informou À imprensa que aceitou a proposta da empresa Morumbi para solucionar o problema do pagamento da carreata de prevenção ao câncer que está pronta. Pagar 30% no ato, depois da vistoria e o restante num prazo de 30 dias após a vistoria dos equipamentos de mamografia e ultrassonografia, com tudo dentro dos parâmetros técnicos. Prevaleceu o bom senso. Parabéns governador, mesmo sabendo que essa crise foi desnecessária e autofágica.

“Belivaldo criou uma crise desnecessária no caso da carreta. Birra, Burra!” A frase é do ex-deputado João Fontes e foi postada nas redes sociais. Para Fontes, o episódio foi a “vaidade das vaidades!” e restou provado que não existe superfaturamento na compra da carreta de combate ao câncer. “Na verdade o governo de Sergipe vive em Estado de Calamidade Financeira sem precisar de decreto!”, registrou.

Escuta ilegal: de investigador a réu E notícias do estado onde está sendo apurada escuta telefônica ilegal, dão conta que um magistrado já descobriu que foi ludibriado por uma autoridade que pediu a autorização judicial para investigar um criminoso e inseriu no meio o número de um celular de um jornalista. O magistrado vai acionar não só judicialmente a autoridade, mas pedir processo administrativo para expulsá-la do serviço público.

G4 vira G5? Devido ao mau momento governista em geral, algumas situações parecem favorecer a oposição na Alese. Um bom exemplo é a união do chamado G4, composto pelos deputados Georgeo Passos e Kitty Lima, ambos da Rede, Rodrigo Valadares (PTB) e Dr. Samuel (PPS). Eles se mobilizaram em bloco e, com o apoio de Janier Mota (PR), conseguiram pressionar o governo a, finalmente, resolver o imbróglio da Carreta de Combate ao Câncer. Se o grupo unido demonstrou essa força, já há quem aposte que o G4 pode virar G5 e, quem sabe, evoluir pra um G6, G7 ou mais ainda. A conferir!

Falecimento do advogado Caio Marcelo Valencia Meneses Foi velado ontem, 19, em Ribeirópolis, o corpo do advogado Caio Marcelo Valencia Meneses que era o Superintendente do Consórcio Público do Agreste Central Sergipano – CPAC e morreu após passar mal durante um passeio de bicicleta ao lado do filho. O corpo seguiu para o município de Alagoinhas (BA) onde será cremado.

Julgamento do recurso de Valmir de Francisquinho O julgamento do recurso de agravo do prefeito afastado de Itabaiana, Valmir de Francisquinho, que seria realizado nesta terça, 19, foi adiado em decorrência do falecimento do advogado Caio Marcelo Valencia Meneses. O recurso deve entrar na pauta na próxima semana.

Solidariedade ao Judiciário e ao desembargador Diógenes Barreto Ontem, 19, quando o titular deste espaço foi à agência da Caixa da Praça Fausto Cardoso viu uma manifestação que deveria ser feita no município, mas jamais em frente ao Poder Judiciário. Alguns partidários do grupo adversário de Valmir de Francisquinho com faixas e camisas (inclusive com mini-trio) criticando o prefeito afastado, mas numa clara tentativa de pressionar o Judiciário no dia que o agravo seria votado. Alguém está pessimamente assessorado. Tentar pressionar magistrados é um grande risco. A solidariedade do blog ao desembargador Diógenes Barreto relator do agravo que tem uma atuação impecável na justiça sergipana.

Do senhor das diretas Uysses Guimarães: “Não se pode fazer política com o fígado, conservando o rancor e ressentimentos na geladeira. A Pátria não é capanga de idiossincrasias pessoais. É indecoroso fazer política uterina, em benefício de filhos, irmãos e cunhados. O bom político costuma ser mau parente.”

Sobre Recurso Valmir Monteiro  (nota atualizada)  Como forma de manter nossos leitores bem informados, o blog atualiza a informação referente à nota “Valmir Monteiro protocola recurso fora do prazo e perde mais uma na Justiça”. Na verdade, houve um equívoco da Justiça na contagem do prazo da defesa, que começou a contar no dia 29 de outubro de 2018. Nesse intervalo de tempo, além dos feriados dos dias 02 e 15 de novembro, a sexta-feira, 16, foi ponto facultativo (portaria TJ), e não poderia contar como dia útil. A defesa fará um agravo e tem certeza que o equívoco será corrigido, e o processo correrá normalmente.

Na Justiça O blog foi informado que a direção do Hospital e Maternidade Santa Isabel ingressou com um pedido de liminar na Justiça para que a Prefeitura de Aracaju repasse o dinheiro que deve à instituição. Segundo informações são dois meses de atraso.

Votorantim Cimentos Deu no jornal Valor: A Votorantim Cimentos aumentou seu capital em R$ 2 bilhões, em assembleia realizada em 14 de janeiro, segundo a ata publicada na edição de sábado do “Diário Oficial do Estado de São Paulo”. A emissão de 1,79 bilhão de ações ordinárias, ao preço de R$ 1,12 cada, foi totalmente subscrita pelo controlador Votorantim S.A. O capital social passou para R$ 7,72 bilhões, dividido em aproximadamente 9,53 bilhões de ações, a maior parte ordinárias.

Votorantim Cimentos II A Votorantim Cimentos é uma companhia de capital fechado – sem ações em bolsa -, mas o estatuto social, republicado na ata para registrar a mudança no capital, foi escrito como se a empresa já fizesse parte do Nível 2 de governança da B3, a bolsa de valores de São Paulo. O Nível 2 é um dos segmentos de listagem da bolsa, um degrau abaixo do Novo Mercado, que tem os critérios mais rígidos de governança e proteção dos acionistas.

Ipesaúde está ampliando assistência aos servidores municipais O Instituto de Promoção e de Assistência à Saúde de Servidores do Estado de Sergipe (Ipesaúde) está recebendo representantes de prefeituras e câmaras municipais do Estado, que pretendem requerer a celebração de convênio com a instituição. Com a medida, que é resultado da lei aprovada e em vigor desde julho de 2018, servidores ativos, inativos e comissionados poderão se tornar beneficiários.

Esforços A possibilidade de ampliação da assistência para os servidores dos 75 municípios sergipanos faz parte dos esforços do governo do Estado em fortalecer os serviços próprios do Ipesaúde, a partir de 2016, por meio das reformas das unidades do interior, e da sede em Aracaju, recredenciamento de clínicas, além de mudança na marcação de consultas e exames, que agora pode ser feita diretamente na rede credenciada.

Reformulação do atendimento De acordo diretor-presidente, Christian Oliveira, a adesão de novos servidores através dos convênios com os municípios é importante por estender os benefícios do Ipesaúde. “Nós nos preparamos para essa ampliação, quando iniciamos a reformulação do modelo de atendimento. Esperamos chegar a aproximadamente 130 mil beneficiários, que poderão usufruir de um serviço de qualidade, que já vem sendo oferecido pelo Ipesaúde”, disse.

Adesão Para que as prefeituras e câmaras municipais possam celebrar o convênio é necessário dar entrada no processo, no setor de protocolo, localizado na sede do Ipesaúde, na rua Campos, 177 em Aracaju, com a seguinte documentação: manifestação de vontade (ofício), ato de nomeação do prefeito, RG do prefeito, endereço, número para contato (Recursos Humanos), e-mail e CNPJ da prefeitura, certidões negativas (Fazenda Nacional; Fazenda Estadual; Fazenda Municipal; Seguridade Social; FGTS).

Prova de Vida para aposentados e pensionistas Para os beneficiários do regime próprio de previdência do Estado, provar que está vivo é indispensável para receber os benefícios que se tem direito. Por isso, os aposentados e pensionistas em seus meses de aniversário precisam ir até uma agência do Banese e realizar a Prova de Vida portando um documento de identidade legal e recente. Caso a pessoa não seja correntista do banco, deve ir até a sede do órgão, localizada na Avenida Barão de Maruim, em frente à Praça da Bandeira, com o mesmo documento citado acima. O inativo e/ou pensionista que não realizar o procedimento, terá o seu benefício automaticamente bloqueado no mês subsequente.

Casos especiais Para aqueles aposentados e pensionistas que não conseguem se deslocar é possível fazer a prova de vida por meio de declaração médica atestando a incapacidade. Clarita Marly Mesquita, por exemplo, garantiu a Prova de Vida da sua mãe, já que ela não pôde comparecer até o local. “Minha mãe recebe o benefício há mais de 30 anos, como ela é muito idosa, eu vim representá-la”, relata.

Fora do estado Para os segurados que moram fora do estado, é necessário enviar ao Sergipeprevidência, por via postal com Aviso de Recebimento, os seguintes documentos: Formulário preenchido da Prova de Vida; Documento de identificação com foto e CPF; comprovante de residência.

Fora do país Já os segurados que moram fora do país, deverão enviar ao Sergipeprevidência, por via postal com Aviso de Recebimento: Formulário de Prova de Vida devidamente preenchido; comprovante de residência; Documento de Identificação com foto; CPF (Cadastro de Pessoa Física); e Declaração de Vida expedida pela Embaixada ou pelo Consulado do Brasil no país onde tenha fixado residência, além dos demais documentos previstos na Portaria nº 154/2017, 29 de setembro de 2017, para cada caso específico.

SMTT: capacitação de colaboradores A Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA), através da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), realizará, nesta quarta-feira, 20, na sede da superintendência, reunião com representantes das empresas do transporte coletivo de Aracaju para informar que motoristas e cobradores de ônibus deverão passar por capacitação e treinamento. O objetivo é que eles saibam como agir em casos de abuso sexual contra mulheres no interior dos coletivos.

Parceria A medida, segundo Augusto Magalhães, diretor de Transporte Público da SMTT, é referente à Lei Municipal 5.012/2018. “A lei determina que trabalhadores do transporte público passem por esta capacitação para serem orientados e saberem como agir diante destas situações que, infelizmente, ainda acontecem. Convocamos os diretores das empresas e comunicaremos a eles que a lei deve ser cumprida e que motoristas e cobradores terão que fazer este treinamento”, explica. As empresas de ônibus têm parceria com o Sest Senat, que disponibiliza cursos nesta área.

Treinamentos Além disso, conta Augusto, a SMTT informará as empresas que elas também deverão oferecer aos seus colaboradores treinamentos de como atender idosos e pessoas com necessidades especiais que são usuárias do transporte público. “O objetivo da SMTT é fazer com que as empresas prestem um melhor atendimento aos usuários e com mais cidadania. Queremos melhorar a qualidade do serviço do transporte coletivo ”, disse o diretor.

PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018

Pré-candidatura de Toinho Toyota na Barra dos Coqueiros Deu no A Barra é Notícia: “Na noite do dia 18, o ex-prefeito e vereador Alberto Macedo, apesar de está aguardo a decisão do Prefeito Airton Martins, para escolha do seu sucessor. Entre os pré-candidatos a prefeito do grupo, Alberto Macedo, declarou ao Blogueiro Givaldo Silva, que a preferência dele é a pré-candidatura a prefeito de Toinho da Toyota (MDB), Eles são Pai, Amigos, irmãos, e os dois juntos tem uma história de vida. Segundo Alberto Macedo “Toinho da Toyota, tem origem humilde, uma história de lutas, e demonstra compromisso com a população da cidade. Sempre foi Fiel ao grupo político e Líder na Câmara Municipal do Prefeito Airton Martins, que apoiamos com fidelidade, ele está sempre atento aos problemas da saúde do povo, com a infraestrutura, de saneamento básico, do esporte, da educação e da assistência social de Barra dos Coqueiros”O vereador Wilson Bernardes, também apoia a pré-candidatura a prefeito de Toinho da Toyota, que é uma forte liderança da Atalaia Nova, e também de toda a região do Município. Toinho da Toyota, tem recebido diariamente apoios de lideranças e dos moradores da cidade. A cada apoio recebido “TOYOTA” acelera rumo a prefeitura municipal de Barra dos Coqueiros.”                      

Aulão de artes marciais As artes marciais através dos professores Yoakan e Wulices – duas grandes forças do karatê sergipano – fazem parte do aulão solidário que será realizado no próximo sábado, 23, a partir das 16h no Parque da Sementeira em Aracaju. As artes marciais do aulão: Kung Fu Garra d Águia , kickboxing boxe , Betão, Muay Taí – Boneco, Gosuin jitsu Felipe, a capoeira com vários mestres Elias , Mangalarga, M Moura, M Gesiskan, Bentivi, cavalo de fogo, Clube de karatê união e Máximo. “Estamos felizes pois acreditamos que será um grande sucesso porque a causa é nobre para arrecadar alimentos para o Lar Esmeralda uma instituição que cuida de crianças e jovens através da qualificação com projetos importantes,” explicam os organizadores.

Um drink com Ludwig É um programa com uma “nova concepção” de cunho Jornalístico/Cultural onde você terá a oportunidade de acompanhar temas os mais variados de âmbito geral, nesta primeira edição você irá conhecer de forma detalhada os seguintes temas: CHORINHO, BOLERO, CINEMA e ORQUESTRAS MUNDIAIS. Inscreva-se em nosso canal, ative o “sininho” e receba todo o conteúdo a cada vez que lançarmos. Clique no link e assista ao vídeo.

PELO E-MAIL E FACEBOOK

Lobotomia: cura milagrosa ou mutilação cerebral? por Antônio Samarone

Disse um filosofo: o único poder que os deuses não possuem é o de apagar o passado. Em medicina, no que toca as armas dos diagnósticos e das terapêuticas, a longevidade é muito breve.

Rosália Boaventura, 85 anos, demente desde os 20, por conta de uma lobotomia, realizada no Hospital Colônia Juliano Moreira, em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, em 1954. A sergipana de Altos Verdes, foi uma das primeiras pacientes do Dr. Aloysio Mattos Pimenta, que realizava esse esdrúxulo procedimento desde 1936, no Juquery, em São Paulo.

Sei que lhe bateu uma dúvida: lobotomia é o que eu estou pensando? É pior? A leucotomia Pré-Frontal e a lobotomia (depois viraram sinônimos) são intervenções cirúrgicas que destroem o lobo frontal do cérebro, desativando as suas funções. Já se usou quebrador de gelo e álcool absoluto. A cirurgia foi inicialmente utilizada em esquizofrênicos graves, depois generalizou-se para outras psicopatias.

Fulton e Jacobsen, no Congresso Internacional de Neurologia realizado em Londres, em 1935, demonstraram uma mudança de comportamento do chipanzé, animal selvagem e agressivo, que depois da retirada dos seus lobos frontais, tornou-se dócil e passiva.

O procedimento em humanos foi criado em 1933, pelo médico português, Dr. Egas Muniz, agraciado com o Nobel de medicina pela proeza, em 1949. A lobotomia foi usada amplamente no mundo por mais de vinte anos. Na época, essa “psicocirurgia” foi considerada avanço científico da psiquiatria orgânica. Egas Muniz recebeu o prêmio Nobel, em 03 de janeiro de 1950.

Em 1944, foi publicado o primeiro trabalho científico sobre o uso da lobotomia cerebral no Brasil. Das 160 cirurgias realizadas até então em internos do Juquery, com a técnica de Egas Moniz, Barreto, Antonio Carlos – analisou os resultados das cem primeiras. Um detalhe chama a atenção: Todas as cem pessoas operadas eram mulheres.

Como exemplo, ele relata o caso de uma mulher de 24 anos que fora submetida a vinte aplicações de eletrochoque e quarenta comas insulínicos sem que seu quadro de “esquizofrenia hebefrênica” fosse alterado. Submetida à lobotomia pré-frontal, com cinco cortes em cada lobo, diz o cirurgião, a paciente se recuperou completamente e depois de um mês teve alta, voltando a conviver com a família.

No Brasil, a lobotomia foi utilizada em pacientes de instituições asilares, entre 1936 e 1956. Eram intervenções que consistiam em desligar os lobos frontais direito e esquerdo de todo o encéfalo, visando modificar comportamentos ou curar doenças mentais.

A lobotomia foi proibida 1956, por a ferir o Código de Nuremberg, concebido para regulamentar e conter os abusos da experimentação médica em seres humanos ocorridos durante a Segunda Guerra Mundial.

Existe evidências que a lobotomia foi usada em opositores políticos, nos manicômios da União Soviética. E onde mais? Depois da proibição, o assunto foi posto em esquecimento. Atualmente voltou a se falar em psicocirurgias, em “outras bases”, cirurgias mais localizadas. Não confundir com cirurgias neurológicas.

Dona Rosália nunca soube que fez parte de um experimento médico. Só ficou sabendo que destruíram uma parte do seu cérebro muito tempo depois. “Se soubesse, não tinha permitido”, ela afirma até hoje. A realização da lobotomia era uma decisão da equipe médica, fundada na ciência. Não carecia do consentimento.

Perguntei a Dona Rosália o que ela achava desse retorno dos manicômios e do eletrochoque, ela nada me respondeu, mas fez uma cara de profunda repugnância, como se dissesse, vade-retro satanás, eu já conheço tudo isso.

Fiquei pensando, esse discurso de que a realidade é outra, que o choque agora é cuidadoso, que a ciência avaliza, não é nenhuma novidade. A ciência já avalizou cada barbaridade… Inclusive a lobotomia.

 

PELO TWITTER                                                                                                                                                                          

www.twitter.com/AntonioSamarone O PT está na gestão em Aracaju. Ocupa os melhores cargos. Atacar Edvaldo, pensando em 2020, é ambição precipitada, erro político… Pode parecer oportunismo!

www.twitter.com/ISMARVIANA Não há como mensurar capacidade de resistência diante de zonas de conforto. São nos momentos de tensão que o indivíduo percebe se é ou não forte.

 

www.twitter.com/davidmirandario Sempre bom lembrar que pautas humanitárias não tem lado político: combater o estupro, a fome, racismo, xenofobia, machismo, tortura, é um dever de todos. Em nenhum país desenvolvido isso é questionado. Respeitar o próximo não é política, é humanidade.

www.twitter.com/JailtonSantana_ Início de março vem com reajuste na tarifa de água/esgoto da @Deso_Oficial o reajuste será de 5,89% A ser aplicado nas faturas emitidas a partir de 01/03/2019.

www.twitter.com/WagnerDantas_ Um dia você vai olhar para trás e ver que os problemas eram, na verdade, os degraus que te levaram a vitória!

A foto é de ontem, 19, à tarde em uma das ruas alagadas pelo esgoto que passa no canal da Avenida Anísio Azevedo que fica ao lado do estádio Batistão. São várias ruas que o esgoto transborda e nada da Deso resolver. Um problema antigo.

 

Siga Blog Cláudio Nunes:

Instragram

 Facebook

 Twitter

Frase do Dia
“Um homem que rouba por mim fatalmente roubará de mim.” Theodore Roosevelt.

Comentários