Educação: não querem discutir qualidade

0

Na semana passada, na terça-feira, 02, este jornalista escreveu um artigo com o título “Déda e a educação em Sergipe” cobrando algumas decisões do governador na área e mostrando que alguns governadores têm tomado posições firmes para melhorar a qualidade da educação não no discurso retórico, mas na prática. Deu como exemplo um decreto combatendo a indústria do atestado médico e a publicação via internet dos professores faltosos, para que os pais dos alunos possam fazer a devida cobrança.

A maioria da meia dúzia de leitores deste espaço entendeu a posição deste jornalista que não foi direcionada a todos os professores, mas alguns que ficam cobrando, mas não fazem a sua parte e muitas vezes se apegam a “missão sindicalista” para esconder suas próprias falhas.

 

Porém, um dirigente do Sintese, Franklin Ribeiro e o dirigente da municipal do PT de Aracaju, José Carvalho Junior, enviaram e-mails com os discursos de sempre, defendendo o sindicato e colocando a culpa no governo de plantão. Sem falar nas criticas a este jornalista, já que ninguém pode comentar nada “dos intocáveis de Sergipe”. Como disse no artigo anterior “a carapuça” servirá para quem se enquadrar no que foi escrito, é claro que existem professores abnegados e com compromisso com a educação, mas muitos se escoram nas bandeiras do Sintese para fingir que ensina, mas não deixa de receber ao final do mês.

 

Como muitos professores este jornalista acredita que a educação tem jeito sim e a responsabilidade não é somente do governo de plantão, mas dos professores, pais e também dos alunos. O problema é que meia dúzia de professores avalia que é mais fácil afirmar que o ensino público vai mal por falta de salário ou  porque os nossos alunos não querem nada. Santa hipocrisia, os professores foram preparados para ensinar e quando prestaram o concurso público já sabiam quanto iriam ganhar e os alunos não têm nada a ver com isso, pois eles acreditam que como os professores foram preparados para ensiná-los, eles (os professores) deveriam no mínimo ter responsabilidade e dinamismo para transmitir os seus conhecimentos  de forma prazerosa e estimulante.

 

E este espaço vai continuar, sem medo de pressões ou retaliações. E os dirigentes do Sintese não se preocupem este espaço não é formador de opinião, até porque só tem meia dúzia de leitores. E ainda este mês o espaço vai analisar uma medida importante que vem sendo tomada em outros estados: o pagamento dos professores, com base especialmente no desempenho dos alunos. É pena que o governador não tenha coragem para tomar medidas como estas.

 

E o blog vai mostrar a incoerência também de alguns dirigentes analisando Marx e a Educação, já que muitos dizem que são “socialistas”. Estes dirigentes estão mais para stalinistas, onde vinculam o nome da entidade com seus candidatos. Ou seja, o culto a personalidade é a tônica, não importa a qualidade da educação ou o governo de plantão, o importante é manter o espaço de poder e a caixa preta intocável. 

 

Contra o governo, mas roendo o osso

Ainda no e-mail o dirigente petista José Carvalho Junior, ao fazer a defesa do Sintese e criticar este espaço, escreveu “Nós sabemos que não foi o Sintese, que implantou os programas Alfa e Beta, em que adolescentes cursam todo o ensino fundamental em apenas um ano, e no final tornam-se analfabetos funcionais”. Pois bem: o atual governo vem dando não só continuidade, mas expandido estes programas e pedindo o apoio das prefeituras. E estes dirigentes que criticam estão no governo, roendo o osso. É bom ser oposição assim…

 

Juquinha e os petistas

Ainda o petista José Carvalho Junior, pediu para que este jornalista comente o caso Juquinha. Já foi informado nesta coluna, na semana passada, que este jornalista esta recebendo todas as informações e vai tomar uma posição. Ao contrário dele e da corrente que faz parte, que trabalha contra o atual secretário José Fernandes Lima, mas não tem coragem de romper, ou melhor, de deixar de roer o osso…

 

Déda e a promessa do antigo Atheneu

O jornalista Rian Santos, em artigo no Jornal do Dia no último domingo, 01, lembrou a promessa do governador Marcelo Déda, feita há mais de um ano que transformaria o prédio do antigo Atheneu Sergipense (na rua da frente0, em um Centro Cultural do Banese. Para isso seriam investidos R$ 4 milhões. Leia apenas um parágrafo que reflete a realidade de um governo: “Tombado como patrimônio público em 1985, o Atheneuzinho pode ser transformar no símbolo de um Estado engessado. Mesmo diante da opulência de recursos, se comporta como um atleta fatigado. Se esforça para alcançar determinada marca, mas acaba com a língua de fora, vitimado pelos vícios acalentados nas madrugadas e pela gordura acumulada no estreito das próprias veias”.

 

Tiro no pé

Não vai dar certo a chantagem de um grupo de comunicação contra a nova prefeita de Carmópolis Esmeralda França (PT). A idéia era criticar sistematicamente a administração para manter antigos e viciados contratos de propaganda e eventos. Além da prefeita não se dobrar ao ataque, uma auditoria do TCE em curso identificou documentação que aponta para a relação promíscua entre as empresas do grupo e a administração do ex-prefeito Wolney Alves (DEM). Um novo escândalo à vista.

 

Amorim tratado como “big brother” pela família Alves

Nada de anormal na entrevista do empresário Amorim no Correio de Sergipe do último domingo. Cobrou muito dos governos estadual e municipal e criticou Jackson Barreto. O curioso é que ele foi tratado pelo jornal da família Alves por “big brother”. Com certeza o caminho do PSC em Sergipe no próximo ano será com o DEM, eles tem algumas afinidades que só Freud explica…

 

PM de Canindé no Mosqueiro

Por pura curiosidade: será que o comando da PM tem explicações para o veículo Fiat uno da polícia, mas precisamente do 4º BPM – PM 1668 – com o nome Canindé, que estava no povoado Areia Branca no Mosqueiro, ontem, 01, à tarde e por volta das 1h20 transitava na Avenida Melicio Machado com quatro homens, nenhum deles fardado.

 

Tropa de Choque de Renan

Deu no Painel da FSP do domingo,01: “Day after. De um senador tucano, aliviado com o anúncio do apoio do partido a Tião Viana (PT-AC): “Nós brigamos tanto com aquela turma do Renan Calheiros em 2007 e agora iríamos posar para fotos ao lado do Almeida Lima e do Wellington Salgado?” Lima e Salgado foram da “tropa-de-choque” de Renan”.

 

Anderson Góis é jornalista?

Alguns colegas jornalistas ligaram para este escriba para criticar o professor Anderson Góis – que foi candidato a prefeito de Aracaju – que está assinando uma coluna no jornal da família Alves – Correio de Sergipe – aos domingos. Cobraram uma posição do Sindicato dos Jornalistas para que o mesmo tome as providencias junto a DRT, já que o mesmo não é jornalista. Se Anderson Góis for jornalista tudo normal, mas se não é algo ruim para quem está ingressando na política, principalmente pelo PCB…

  

Ginástica em alta

A sergipana Luciene Cacho Rezende toma posse em fevereiro na presidência da Confederação Brasileira de Ginástica, a mais importante instituição esportiva do país depois da Confederação de Futebol. Um dos esportes mais prestigiados no mundo, a ginástica dos campeões olímpicos Diana dos Santos, Jade, Diego e Daniele Hypolito será agora popularizada no Brasil através de clubes, escolas e associações esportivas, um dos projetos inovadores da nova presidente. Uma honra para Sergipe.

 

Fogo amigo

A deputada Ana Lúcia, Secretaria da Ação Social do Estado, cogita mais uma vez voltar à Assembléia. Para o seu lugar iria alguém da ala Tendência de Esquerda, do PT, conforme teria sido combinado com o Governador Déda. Esse movimento parece ter dois objetivos estratégicos: fortalecer internamente a ala para poder pressionar mais e melhor o Governador e, externamente, enfraquecer o PSB, inicialmente retirando da Assembléia o deputado Gilmar Carvalho. Radares palacianos, entretanto, já identificaram os sinais de fumaça dessa inquieta e decadente tribo petista.

 

Termos de Concessão

Na próxima quarta-feira, dia 4, a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec), através da Fapitec/SE, estará realizando a Cerimônia de Entrega dos Termos de Concessão aos pesquisadores aprovados nos editais de pesquisa. O evento acontece a partir das 9h no auditório da FIES e a expectativa é de que estejam presentes cerca de 150 pesquisadores dos editais Universal, Apoio à Publicações, Difusão Científica e Popularização da Ciência.

 

Editais previstos para 2009

Na oportunidade, além da entrega formal dos Termos de Concessão, o diretor presidente da Fapitec/SE, José Ricardo de Santana fará uma apresentação das atividades e editais previstos para o ano de 2009, um balanço do ano de 2008 e ainda esclarecerá possíveis dúvidas sobre o processo de contratação de serviços, equipamentos e prestação de contas dos projetos e pesquisadores qualificados nos editais da Fapitec/SE. Para o evento também foram convidados representantes da UFS, Embrapa, Emdagro e ITP/Unit.

 

Areia Branca realiza Encontro Pedagógico

Acontece nesta segunda-feira, dia 2, na Escola Municipal José Romão do Nascimento em  Areia Branca, o I Encontro Pedagógico dos profissionais de educação do município. O encontro será das 08 às 12h e terá como tema principal “Os Desafios da Educação no  contexto sócio-cultural em busca de uma Educação Cidadã. A promoção é da Secretaria Municipal de Educação que tem à frente a professora Josineide Oliveira Alves. 

 

SE: verão mais movimentado da história

Qual é a imagem do verão? Para o nordestino, a resposta mais imediata seria sol e praia. Para o sergipano, o imaginário poderia ser acrescido de um bom futebol nas extensas faixas de areia da praia de Atalaia, um prato do crustáceo mais famoso na ‘Passarela do Caranguejo’, regado a uma refrescante água de coco ou cerveja gelada. No entanto, com as diversas ações implementadas pelo Governo de Sergipe e empreendedores do setor privado, novas imagens podem ser associadas ao verão: shows de porte nacional com entrada gratuita que integram o Verão Sergipe, muitos turistas circulando pela cidade, hotéis com lotação esgotada e novos estabelecimentos em construção a todo vapor. Tudo girando em torno deste, que já é considerado por gestores do turismo estadual e empresários do trade turístico, o verão mais movimentado que Sergipe já viveu.

 

Destino Sergipe

Coordenado pela Secretaria de Estado da Comunicação Social com o apoio da Empresa Sergipana de Turismo (Emsetur) e das secretarias de Estado do Turismo, Cultura e Esportes, o Verão Sergipe leva esportes, música e cultura para praias do interior do Estado. As ações para divulgar nacionalmente o destino Sergipe como um dos mais agitados e animados do país, com atrações de renome internacional e acesso inteiramente gratuito, deram bons resultados em termos de fluxo turístico. Além de fins de semana com shows nas praias da Caueira e de Pirambu, eventos como o Encontro Cultural de Laranjeiras, o Pré-Caju e o Projeto Verão, desenvolvido pela prefeitura da capital, levaram o selo do Verão Sergipe.

 

Plano de mídia

“O Governo de Sergipe investiu muito para que o verão sergipano deste ano tivesse essa movimentação. Agregamos todos os eventos da estação num único selo, o Verão Sergipe; divulgamos esse selo através de um plano de mídia ousado e agora colhemos os frutos do nosso trabalho. Nosso Sergipe entrou definitivamente no cenário do turismo de verão”, afirmou a secretária de Estado da Comunicação, Eloísa Galdino. Segundo Eloísa Galdino, o Verão Sergipe é uma das marcas da interiorização deste Governo. “Ao montar arenas como as da Caueira e Pirambu, nós estimulamos os turistas a conhecerem nossas praias e cidades do interior, e dividimos com os moradores desses lugares a experiência de conviver com os benefícios que o turismo pode trazer. Além disso, o estímulo dessa experiência está relacionado à própria elevação da auto-estima de sergipanos que vivem no interior e foram esquecidos pelos últimos governos”, destacou. (ASN).

 

 

DO LEITOR

 

Legado de Maria

Do leitor Jonas Marques Fonseca: “Sem sombra de dúvidas a ex-prefeita Maria Mendonça foi a grande revelação administrativa no meio político dos últimos tempos. Foi através dela, que podemos perceber que é possível uma administração séria e responsável, tratando com responsabilidade o dinheiro público e que nem todos os políticos são desonestos. Quando ela recebeu a Prefeitura de Itabaiana, encontrou um verdadeiro caos instalado na cidade:  ameaça de corte de energia, atraso de salários, falta de crédito, até mesmo a estrutura física da prefeitura praticamente entregue ao esquecimento. Pelo seu jeito de administrar respeitando rigorosamente as leis do nosso país, foi sacrificada e não compreendida por aqueles que mais beneficiaram-se de seu mandato, ou seja, o próprio povo. Na verdade a população não estava acostumada com essa nova maneira de lidar com o dinheiro público, passaram a fazer criticas infundadas e a jogar no lixo essa jóia preciosa que é a Prefeita Maria Mendonça. A história vai encarregar-se de fazer justiça a essa mulher, e pedimos a Deus para que proteja a nossa cidade de novos escândalos e que o prefeito Luciano Bispo olhe para trás que verá um belo exemplo a ser seguido”.

 

Aumento na tarifa

Do leitor Paulo Sérgio Silva: “Sou morador e cidadão de Aracaju e gostaria de expressar minha insatisfação e indignação com a qualidade e o valor da tarifa do transporte público da capital. O novo valor da tarifa, R$ 1,95, não condiz, em hipótese alguma, com o serviço prestado pela companhias de ônibus. Além disso, o aumento concedido pela SMTT, de 11,42%, está muito acima do IPCA de 2008, que ficou em 5,9% no geral, e no grupo transportes, foi somente de 2,32%. O que levou a SMTT a autorizar tamanho aumento, quase o dobro do índice oficial da inflação? O transporte público é uma concessão pública e, por isso, deve ser levada em consideração primordialmente o interesse da população. Com certeza, o novo valor da tarifa não atende às necessidades dos aracajuanos. Se somarmos a isso a baixa qualidade do serviço prestado, considerando a insuficiência e a precariedade da frota, a tarifa torna-se uma das mais caras do país! Todos nós cidadãos ainda aguardamos o cumprimento da promessa de licitação pública no setor de transportes. Já se passaram oito anos e continuamos na mesma situação! A quem isso interessa? Quem patrocina esse desfavor à população?”

 

Frase do Dia

“O mundo é perigoso não por causa daqueles que fazem o mal, mas por causa daqueles que vêem e deixam o mal ser feito”. Albert Einstein.

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários